13 Reasons Why: associação de pais quer tirar série do ar por causa de cena de estupro

Imagem: Netflix

Pais não estão contentes com série da Netflix

A segunda temporada de 13 Reasons Why continua despertando polêmica. Depois de abordar o suicídio na adolescência na primeira temporada, a nova leva de episódios mostrou uma controversa cena de estupro e uma história envolvendo tiroteio dentro de uma escola.

Isso foi suficiente para uma associação de pais, a Parents Television Council, tentar tirar a série do ar. Para a entidade, 13 Reasons Why é “uma bomba relógio para crianças e adolescentes”. Formado por católicos conservadores, a Parents Television Council defende a censura da série por considerar o conteúdo “potencialmente nocivo”.

Continua após a publicidade

Trama aborda assuntos delicados (SPOILER ALERT!)

Na nova temporada, o foco da preocupação é a história do personagem Tyler Down (Devin Druid).

Após a chocante cena onde é atacado por colegas da escola e estuprado com um esfregão, o adolescente, que vive cercado por armas de fogo, decide se vingar fazendo um massacre na escola.

No final do último episódio da temporada, Tyler é impedido por Clay (Dylan Minnette) de concretizar seu plano. Para especialistas, o desfecho causou controvérsia por apresentar uma forma perigosa de agir durante uma situação similar.

Quando alguém tem uma arma, você não fica com a pessoa e tenta tirar a arma dela. Você chama as autoridades“, explicou a diretora clínica da Sociedade de Proteção contra o Suicídio Adolescente, Phyllis Alongi, em entrevista à NBC.

Reações do publico

Nas redes sociais não foram poucos os comentários descrevendo a cena do estupro como “traumatizante” e “perturbadora”. Para muitos, a indicação de que o episódio exibiria cenas que poderiam ser sensíveis para alguns foi insuficiente.

Outros fãs tentam defender a série alegando que o papel do show é conscientizar e que apesar de “ser desconfortável” é preciso ser visto.

Quem também saiu em defesa da produção foi o showrunner Brian Yorkey. “Nosso interesse era na jornada. Precisávamos entender as experiências dele e o que colocou naquela reta”, destacou.

Continua após a publicidade

A Parents Television Council já havia criticado e defendido o cancelamento da série da Fox, The Mick, por piadas de conotação sexual infantil e outros conteúdos gráficos.

Leia mais: Criador de 13 Reasons Why defende cena de estupro na série

About Italo Marciel

Italo Marciel
Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.
  • marcelo almeida

    Banalizar o estupro, o suicídio, a pedofilia e a zoofilia comprovadamente só faz multiplicar os casos.
    Tem assuntos que não podem ser discutidos, sob pena de dessensibilização da sociedade.
    Quando aceitamos discutir, a virgem já foi deflorada faz tempo…

  • Mats Cordeiro

    Associação de pais deveriam investir mais em como dar suporte aos filhos dentro das próprias escolas. Na vida real. Só esse ano já aconteceram mais 20 casos de tiroteio dentro de escolas nos Estados Unidos. Isso será culpa da série ou do que acontece dentro das escolas? Não acho que a culpa também tenha sido dos pais que possuem arma em casa.

    Essa cena do Tyler foi bem pesada, mas quantos Tylers já não passaram por isso na vida real antes de decidirem cometer alguma atrocidade contra a própria vida ou contra a vida de outros? Não é algo legal de se ver, imagina para quem passa por isso?

    Acho que a serie está demonstrando a realidade, talvez algum “Bryce” esteja assistindo e decida pensar duas vezes antes de praticar bullying com aquele colega que ele acha diferente.

  • Victor Joao

    É só não assistir. Eu comecei a ver a segunda temporada, não consegui passar do terceiro episódio. Fui até o último para ver o que acontecia, deparei-me com essa cena grotesca e achei melhor não continuar. Mas isso não tira a liberdade de quem se interessar poder ver. Se os pais não querem que os filhos vejam, devem bloquear no controle dos pais.

  • Allan S

    As pessoas simplesmente precisam entender que nao adianta querer tapar o sol com a peneira, infelizmente é o que acontece em alguns casos na vida real, o que eu nao recomendo é ficar assistindo varias vezes repetidas essa cena apenas isso porque realmente é chocante