15 momentos de Grey’s Anatomy para comemorarmos os 300 episódios da série

Hoje, 09 de novembro de 2017, é um dia especial para todos os fãs de Grey’s Anatomy!

A série atinge a sua marca de 300 episódios, e não havia momento melhor para tal feito. 12 anos, 14 temporadas, 300 episódios, e Grey’s Anatomy mantém sua popularidade como se fosse uma série novata. Seja pela Netflix, pela TV ou pela internet, a série move um público que dificilmente outra série moverá.

Claro que, graças a essa popularidade, muitos momentos ficaram eternizados na mente dos fãs. São muitos. Não há como enumerar “os 10 melhores momentos de Grey’s Anatomy“, ou “10 melhores mortes”… Ter 300 episódios na bagagem é sinônimo de que Grey’s Anatomy se tornou uma série imensurável.

Entretanto, não poderíamos deixar essa data especial passar em branco. E pensando nisso, sentei e me peguei pensando em quais momentos podem ser definidos como aqueles que carregam um fã por 300 episódios.

Repito, não estamos aqui listando as melhores cenas da série. Estamos apenas citando momentos inesquecíveis para nós. Aqueles que quando a gente defende a série, ou apresentamos para alguém, são os que podem vir imediatamente em nossas cabeças. Podem ser diferentes para vocês (e convido você a colocar nos comentários).

Porém, é dessa forma que o Mix de Séries apresenta uma singela homenagem aos 300 episódios de Grey’s. Momentos inesquecíveis, que ficarão no nosso coração de fã para sempre…

Quando Addison chega em Seattle atrás de Derek, o cirurgião fica confuso em relação aos seus sentimentos. Ele deve fazer uma escolha: Assinar os papéis do divórcio e ficar com Meredith ou não assinar e dar mais uma chance para o seu casamento com Adisson.  E nesse meio, Grey confessa seus sentimentos para Shepherd, criando um dos bordões mais usados pelos fãs da série durante todos este anos: “Pick me, Choose Me, Love Me”.

A palavra inoperável com certeza não existe para Derek. Quando um técnico de laboratório descobre um câncer na coluna, Shepherd tenta de tudo para ajudar o amigo, até mesmo, desafiar a ordem do Chefe Webber para não realizar a cirurgia. O procedimento é tão arriscado e complicado, que Derek desenha o clássico tumor na parede do quarto, para encontrar melhores opções e, também, contar com a ajuda de Meredith que está em casa se recuperando de uma cirurgia.  Após longas horas de procedimento, dezenas de pessoas assistindo, a cirurgia foi um sucesso.

Após os eventos traumáticos com o atirador no hospital, Cristina resolve “largar” a medicina. Porém, Derek resolve ajudar a amiga que o salvou no incidente. O médico leva Yang para pescar, a fim de tranquiliza-lá e esquecer o que aconteceu. Um episódio que conhecemos um lado diferente de Cristina, um lado sensível e frágil. No momento da foto em que a cirurgiã começa a chorar com o peixe em mãos, simboliza um novo começa para Yang. A própria Shonda já declarou que essa cena é a sua preferida da série.

Um dos momentos mais aguardados pelos fãs: Meredith, Alex, Cristina, April e Jackson precisam enfim realizar a prova para atendente. Por trás das salas de entrevistas, cada um esconde um problema, seja de saúde, emocional, atraso até quebra de promessa. A melhor parte é a tensão que o episódio passa, a incerteza de quem irá passar ou não.

Quando Alex Karev e George O`malley ficam presos em um elevador com um paciente em estado crítico, a única saída é salvarem a vida dele ali mesmo. Porém, Karev trava e não consegue usar as técnicas que por uma fresta da porta do elevador, Burke explica o que fazer. Resta então para O’Malley salvar a vida do homem. O procedimento é realizado com sucesso, um grande marco na vida de George e também na vida dos fãs, já que até hoje, esse momento continua um dos melhores da série.

April que anteriormente perdeu um filho, faria de tudo para não passar por isso novamente. E foi o que aconteceu: um parto de emergência em cima de uma mesa na cozinha, por um residente usando gelo como anestesia e uma faca como bisturi. Com Arizona, Jackson e Miranda do outro lado da linha auxiliando Ben Warren no procedimento, o residente realizou o parto de Kepner sem nenhum equipamento cirúrgico. De gritar de dor com ela e entender o que é o amor de mãe.

Izzie tinha Melanoma no estágio com 4 com metástase no fígado e no cérebro. Sua chance de sobrevivência era de apenas 5% e, por conta disso, ela havia decidido que não tentaria nenhum tipo de tratamento. A única pessoa que ela confidenciara isso fora Cristina, justamente pela personagem ser vista pelos outros internos como a mais fria. Entretanto, Cristina mostrou ser como qualquer outra pessoa, ao não conseguir realizar uma cirurgia sem antes dividir essa preocupação com Alex e Bailey. O momento em que ela para a cirurgia para dizer isso é inesquecível e chocante para Alex.

Meredith e Derek tiveram idas e vidas durante as cinco primeiras temporadas. Porém, o amor deles foi selado com um pedido de casamento nada convencional. Derek montou no elevador do hospital – um lugar especial para o casal, toda a trajetória dos dois juntos. Tudo isso para ele falar: “Eu quero passar o resto da minha com você”. No final das contas, ele acabou passando…

Talvez, um dos finais de temporada mais icônicos de Grey’s Anatomy. Na época, foi difícil acompanhar este momento. Saberíamos que os fãs teriam meses até descobrir o que aconteceria, e o coração ficou na mão. Izzie tendo uma parada cardíaca e sendo ressuscitada – mesmo com o NR. Ao mesmo tempo, o público descobre que o João Ninguém atropelado por um ônibus era George. Tudo isso ao som de “Off I Go”. De arrepiar…

Os episódios dos tiroteio são, sem dúvidas, um dos mais marcantes de toda série. E um desses momentos é a morte do doutor Percy e um outro lado de Miranda Bailey. Carregado sobre um lençol por Bailey e outra paciente (interpretada por Mandy Moore, de This Is Us), Percy lutava contra a vida e contra o tempo.  Miranda então nota que os elevadores, o único meio para salvar a vida do médico, não estão funcionando. As próximas cenas são de partir o coração, com os três sentados no chão sem esperanças, só esperando que o inevitável aconteça.

Em um dos mais icônicos episódios, Meredith apenas não queria sair da cama por achar que aquele seria um dia ruim. E foi. Ela passara o dia todo com a mão dentro de um paciente que estava com uma bomba em seu corpo. Entre momentos de tensão e emoção, a cena em que o projétil consegue ser removida pelo militar do esquadrão anti-bombas (interpretado por Kyle Chandler), em sequência da explosão ao som de “Just Breath”, é de fazer qualquer um chorar.

Enquanto Meredith atendia um paciente, o mesmo surta e a agride. Um episódio com um silêncio profundo, mostrando toda a recuperação da Grey em meio aos problemas dos colegas e seus filhos a evitando. Ao final, Meredith se encontra com o tal paciente, em um desfecho emocionante e super tocante.

Era para ter sido um casamento chique e sofisticado. Mas não foi. Meredith cedeu sua vez para Izzie, e acabou selando seu compromisso com Derek em um pequeno Post-It. “Você me amará, mesmo quando me odiar. Não fugir, jamais. Nós iremos cuidar um do outro. Mesmo quando nós estivermos velhos e fedorentos e idosos, e se eu pegar Alzheimer e esquecer você… Isso é para sempre!

Esse é um momento decisivo na vida de Meredith. Precisou que Cristina, logo quando estava saindo, dissesse para Meredith que ela deveria sair da sombra de Derek. Porque, durante todos os anos, ela nunca havia se destacado ou se colocado a frente como deveria. Quando Meredith estava quase deixando Seattle para se mudar para Washington por conta de Derek, é que veio o clique. “Você é uma cirurgiã talentosa, com uma mente extraordinária, não deixe as vontades dele passar por cima do que você precisa… Ele é um sonho, mas ele não é o Sol, você que é.

Então é isso.

Esses momentos representam um grande significado para nós na trajetória de Grey’s Anatomy. E não nos esquecemos da queda do avião, da morte de Denny,  da cena do “Você é minha pessoa”, e de tantas e tantas outras, que também são bem importantes.

Apenas gostaríamos de lembrar destas, que de alguma forma nos conduziram aos 300 episódios de Grey’s.

Por isso, cabe a você participar e nos dizer: quais momentos lhe conduziram aos 300 episódios de Grey’s Anatomy?

Matéria por Anderson Narciso e Letícia Garcia.
Imagens: ABC/Divulgação

Comments

comments

About Equipe Mix

Equipe Mix
Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.