5 razões pelas quais sentiremos falta de Sophia Bush em Chicago P.D.

Imagem: NBC/Divulgação

Há quase um mês, os fãs de Chicago P.D. foram pegos de surpresa com a notícia da saída de Sophia Bush. A atriz não retornará para a próxima temporada, apesar de não ter descartado um retorno como convidada especial.

Mesmo assim, a saída da Detetive Erin Lindsay foi um balde de água fria para os fãs da série policial, e muitos estão lamentando essa enorme perda.

Uma das personagens mais amadas, o Mix de Séries aponta hoje 5 razões pelas quais sentiremos falta de Sophia Bush em Chicago P.D.

Muitos assistiam Chicago P.D. por causa dela…

Apesar de Chicago P.D. ser o primeiro spin-off de Chicago Fire e ter atraído muitos fãs da série de bombeiros, tem-se conhecimento que boa parte dos fãs de Chicago P.D. são também seguidores de Sophia Bush, que conseguiu angariar um imenso fandom durante sua estadia nas nove temporadas de One Tree Hill. Desde então, os fãs seguem a atriz de forma leal por todas as séries que ela passa. Sem ela, os motivos para assistir Chicago P.D. diminuem drasticamente…

Sua personagem tinha as melhores histórias!

Desde que Chicago P.D. estreou, Erin tinha as melhores histórias. Esse indício foi constatado desde o piloto, com a trama do filho de Antonio – que teve seu ápice com Erin no ônibus resgatando-o, lembram? Além disso, ela foi crucial na história de Nadia, levando a detetive ao fundo do poço, sem contar seus problemas com a própria mãe que renderam momentos inesquecíveis.

Erin é, de longe, a personagem mais envolvente!

Chicago P.D. tem uma galeria de policiais notáveis e empáticos, mas Sophia Bush concedeu à Erin um carisma que nenhum outro personagem possui. Apesar dela ser séria em muitos momentos e possuir uma carga dramática intensa, a personagem consegue cativar o espectador de forma que passamos a torcer por ela. Com isso, ficamos afim de vê-la mais em tela!

Sem ela o shipp Linstead está morto…

Um casal não pode ser feito de uma só pessoa. O que acontecerá a Linstead, o shipp de Chicago P.D.? Jay ficou sem a namorada e não teve nem tempo de a pedi-la em casamento, como havia planejado. Além disso, os dois formavam um ótimo casal e traziam uma certa leveza para a Inteligência. Final feliz, definitivamente, está fora dos trilhos desta série!

Voight não terá mais uma pupila! 

Uma das histórias mais interessantes de Chicago P.D. era como Voight tratava Erin, tornando-a sua pupila. Ela aprendeu tudo o que sabe com ele, tendo o policial se tornado uma espécie de pai para ela. Aliás, essa história ficou em aberto e tudo levou a crer que ele poderia ser realmente o pai biológico de Erin. Infelizmente, não tivemos tempo de ver esta história explorada. Voight terá parte de seu brilho apagado sem uma pupila a quem possa ter sempre com ele, como no final da terceira temporada, quando o big boss de P.D. vai matar o autor da morte de seu filho. Portanto, Erin sempre esteve presente em suas principais histórias e essa dinâmica fará falta…

Erin fará falta, e ficará para sempre no coração dos fãs de Chicago P.D.

Comments

comments

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.
  • Juk

    Eu nem assisto PD, mas o pouco que eu vi da série ela foi a única personagem que eu gostei. É uma pena.