8 Personagens de The Good Wife que poderiam participar de The Good Fight

Imagem: CBS/Divulgação

The Good Fight é um spinoff de The Good Wife, mas estreiou sua segunda temporada com tanta garra e força que praticamente tornou-se uma série independente. Sua season finale se aproxima e não podemos deixar de comentar o sucesso da série exibida pelo streeaming da CBS.

Uma trama que consegue exibir o poder feminista, problemas reais da atualidade, tecnologia, tudo isso com muito bom humor. Quem gostou da série original, certamente se apaixonou mais ainda por TGF, por ser mais leve e ao mesmo tempo forte. Os casos e julgamentos enfrentados em cada episódio são muito palpáveis, porque muitos assuntos tratados ali estão acontecendo na nossa sociedade hoje. Além de tudo, a série possui umas sacanas geniais, que fazem você se interessar cada vez mais por este universo jurídico.

Mesmo se tornando uma série autônoma e forte, TGF nos dá o prazer de matar um pouco a saudade da nossa eterna queridinha TGW, convidando alguns personagens para participar das tramas. Muitos já passaram por lá, como Colin Sweeney, Elsbeth Tascioni, Mike Kresteva, Lemond Bishop, entre outros. E logicamente, podemos contar com as agradáveis presenças do elenco fixo que vieram da série mãe, como Diane Lockhart, Lucca Quinn e Marissa Gold.

Agora, nos vem a pergunta… Quem mais poderia participar da série para ela ficar mais icônica ainda?

Eis aqui algumas sugestões…

Continua após a publicidade

1 – Eli Gold

Um dos melhores personagens de TGW certamente agradaria muito os fãs. Eli é divertido e comprometido com o seu trabalho. Seria excelente ele num plot com a filha Marissa ou com qualquer uma das mulheres poderosas da série. Quem sabe algum político que ele anda assessorando se envolve em alguma polêmica?

Resultado de imagem para eli gold
Imagem: CBS/Divulgação

2 – Louis Canning

Sempre muito polêmico, seria interessante demais a aparição de Canning em algum julgamento. Canning também poderia se unir a alguma outra firma concorrente da Reddick, Boseman & Lockhart, principalmente nas tramas envolvendo a violência policial. Com certeza iria tirar Quinn e Diane do sério, assim como fazia com Alicia. Maia Rindell ficaria possuída de raiva com as atitudes de Canning, sim ou com certeza?

Resultado de imagem para louis canning
Imagem: CBS/Divulgação

3 – Grace Florrick

Mais uma empoderadora para o time das mulheres seria sensacional! Grace é a filha de Alicia Florrick e sempre se mostrou muito decidida em suas opiniões e posicionamentos acerca do mundo feminino. Em TGW, se mostrou uma herdeira legítima de Alicia por sempre buscar o que deseja e se posicionar notavelmente em qualquer lugar. E ela já estaria em idade suficiente para estar em uma faculdade de Direito, e buscando algum estágio pelas firmas de Chicago, não acham?

Resultado de imagem para grace florrick
Imagem: CBS/Divulgação

4 – Maddie Hayward

A personagem interpretada por Maura Tierney é uma ótima pedida para participar de TGF. Na série mãe, ela teve um plot muito interessante com Alicia, ao se reaproximar da advogada para poder se candidatar a Governadora e concorrer contra Peter Florrick. Por ser abertamente democrata, ela poderia ser uma ótima adição à equipe que está tentando criar um impeachment para Donald Trump.

Resultado de imagem para maura tierney the good wife
Imagem: CBS/Divulgação

5 – Kalinda Sharma

Kalinda sempre foi e sempre será a investigadora queridinha de todos. Um dos destaques de empoderamento feminino em TGW, Kalinda não poderia faltar em dar as caras na série derivada. Nem que seja para dar uma ajuda para Marissa, ou um evolvimento amoroso com Maia, quem sabe.

Imagem: CBS/Divulgação

6 – Blake Calamar

O investigador de TGW poderia fazer um freela junto com Marissa. De fato renderia boas risadas. Ou, quem sabe, em um episódio focado nos investigadores da Reddick, Boseman & Lockhart, Calamar poderia bater de frente com eles, ao trabalhar para uma firma concorrente? Fica a dica, Kings.

Resultado de imagem para Blake Calamar the good wife

7 – Laura Hellinger

No governo de Peter Florrick, Laura Hellinger se tornou promotora na Procuradoria do Condado de Cook. Mas e se com o passar dos anos, a advogada voltasse a atuar em casos militares – que foi a sua primeira premissa na série? Essa temática rendeu bons casos em The Good Wife, e certamente renderia ótimas tramas para The Good Fight.

Imagem: CBS/Divulgação

8 – Alicia Florrick

Claro, que não poderia deixa de citar a protagonista, Alicia Florrick. É quase certo que ela não vá participar, pois desde o começo da série foi muito comentado sobre isso. Porém, seria demais ver ela reencontrando sua colega Quinn, fazendo as pazes com Diane e enfrentando algum caso empoderador. Seria um sonho realizado dos fãs ao menos Alicia fazer uma pontinha na série! Ou ainda, e se Alicia voltasse como uma concorrente de Diane em um episódio? A briga certamente seria muito boa…

Imagem: CBS/Divulgação
Continua após a publicidade

Estas são as minhas apostas (e desejos). Sugere mais alguém dar as caras no spinoff? Deixe nos comentários sua sugestão.

Leia mais sobre The Good Fight no Mix de Séries

About Paula Reis

Paula Reis
Advogada e concurseira de plantão. No Mix, é editora de reviews e escreve a coluna Fashion Mix, as reviews de Game of Thrones e participa do Team Reality.