Teen Wolf – 6×16 – Triggers

Imagem: Youtube/Reprodução

Com o casal Scalia pegando mais embalo a cada episódio, as esperanças de pelo menos mencionarem Kira até o final da série vão ficando escassas. Eu sempre soube que os shipps da série teriam uma rotatividade bem alta (assim como The Vampire Diaries), porque drama é o que alimenta os espectadores, mas jamais pensei que haveria tanto caos nessa temporada final, especialmente dado o descaso com o qual a personagem de Kira tem sido tratada.

Não me entendam mal, eu nem sou tão fã do casal Scott e Kira, mas o mero fato de a personagem ter saído da série com a premissa de que voltaria e Scott aparentemente não tendo problema nenhum em seguir em frente, mesmo com Kira podendo voltar a qualquer momento no universo da série. Ainda assim, mesmo com essa mudança total e completa do personagem Scott, devo admitir que o casal Scalia vem sofrendo um desenvolvimento bacana, ainda que as cenas dos dois sempre me pareçam meio batidas (a cena na armoria, com Malia deitada em Scott por conta dos lasers, por exemplo, foi MUITO batida).

Em comparação ao episódio anterior, a estrutura desse foi mais orgânica e as cenas seguem muito mais uma sequência lógica. Da mesma forma, o desenvolvimento dos personagens foi bem melhor, com cenas de Lydia e Theo sendo essenciais e trazendo algo que eu esperava há muito: crescimento de ambos.

Theo parece se adaptar com elegância ao papel que Stiles levava na vida de Scott, só que no caso dele é para Liam. Temos aqui um bromance mais interessante que Liam e Scott ou até que Liam e Mason, especialmente porque a vilania de Theo agora dá lugar a um protagonismo sarcástico e ácido. Traz algo que Peter acrescentava nos estágios iniciais da série e é uma oportunidade incrível, ainda que final, de salvar essa última temporada.

Devo mencionar ainda que o fato de finalmente darem o valor devido a Lydia e a seus poderes foi outro ponto forte de “triggers”. Demonstrar que ela, enquanto Banshee, consegue quebrar uma porta bem resistente só reforça que a personagem é, sem sombra de dúvida, uma das mais – senão A MAIS – poderosas da série inteira. Ela ter salvo a turma quase inteira ao fim do episódio também foi um belo aproveitamento dos poderes de precognição que ela possui.

Faltando quatro episódios para o fim da série, Derek e Stiles continuam sem aparecer, o que já impõe em mim um sério questionamento sobre como os escritores da série estão guiando essa temporada de despedida. Não só isso, conforme já mencionado a má escolha para criar um shipp novo também dá indícios de que ninguém sabe exatamente para onde levar o fim da série. Acho que as perdas de atores da trama inicial e de atores que tinham tramas importantes – Crystal, Colton, Tyler e Arden, estou falando de vocês – fizeram com que a ideia inicial perdesse o sentido e até hoje os escritores lutam para encontrar um novo ponto de equilíbrio. Com o desenvolvimento importante dado a Lydia e Theo, talvez eles tenham encontrado.

Por fim, a aparição “de para-quedas” do pai de Scott me faz pensar que ele é, certamente, a vítima acertada pelo tiro desferido no fim do episódio. Com a garantia por parte do elenco e da produção de que seria uma temporada de perdas, não seria absurdo pensar que descartariam um personagem que pouco acresceu à série desde sua introdução. Se fizeram o mesmo com personagens mais importantes em episódios anteriores, não é absurdo fazerem com ele agora.

Triggers

Nota do Episódio - 7.3

7.3

Review do décimo sexto episódio da sexta temporada de Teen Wolf, intitulado "Triggers".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Roger Olly

Virginiano com ascendente em gêmeos. Fã de The Magicians e Imposters. Faço reviews de New Girl, Teen Wolf e escrevo a coluna Spoiler Alert.