American Idol – 16×06/07 – Hollywood Week

Imagem: ABC/Divulgação

Olar!

Chegou a Hollywood Week! Uma das fases mais amadas por quem realmente é fã do American Idol. Apresentações em grupo, individuais e cortes a seco, sem mimimi. Tá preparado? Vamos lá, então!

PERFORMANCES

Layla Spring – “Last Kiss” / Alyssa Raghu – “Wind Beneath My Wings” / Trevor McBane – “Washed By The Water” / Caleb Lee Hutchinson – “Don’t Close Your Eyes”

Edu: Esse grupo como todo foi incrível. Layla conseguiu se sair melhor que a audição, e veio com uma grata apresentação. Alyssa é minha favorita, e mais uma vez me surpreendeu. Trevor e Caleb foram outras maravilhas que eu amei por demais, e que também me ganharam. Merecido todos eles passando.

Gaby: Layla foi uma grata surpresa. Assim como Alyssa. Suas vozes foram impecáveis. Trevor pode virar um grande cantor, mas tem que mudar sua aparência e se soltar mais no palco. E Caleb me emocionou com sua performance mais íntima. E olha que eu não dava nada por ele.

Let: Que grupo, hein? Todo mundo no ponto certo, com a música certa. Amei Alyssa e Trevor, mas Layla foi realmente a melhor de todas. Tô apaixonada pela voz, pela escolha musical, por tudo. E até Caleb, que me dava ranço, me ganhou dessa vez. Começamos bem!

Luke: Layla me arrepiou aqui gente, que delícia de voz! Alyssa não foi muito diferente, até porque sigo não me conformando que ela tem apenas quinze anos e canta tudo isso. Trevor me impressionou ainda mais que na audição e olha que não estava com muita confiança que ele se daria bem nessa fase do programa. Quanto a Caleb, é outro que eu não estava apostando muito por aqui, mas olha, mesmo não sendo o maior fã de country, preciso dizer que o rapaz me ganhou com a song choice e aquela voz deliciosa de ouvir.

Noah Davis – “Mama Knows Best” / Milo Sposato – “Jealous” / Julian Sposato – “Love’s In Need Of Love Today”

Edu: Bom vamos lá. Depois aquela audição boa pra caramba, Noah me decepcionou. Cantar Jessie J é pra poucos, e ele conseguiu dar uma certa manchada nesse maravilhoso hino da britânica. Os irmãos pouco me ganharam, diferente do que rolou nas audições. Juntos acho que funcionariam melhores. Milo ainda conseguiu se sobressair um pouco mais que Julian, talvez pela song choice, e mereceu no final das contas passar. Entretanto, o sinal amarelo está aceso para o garoto.

Gaby: Noah estou sem palavras. Isso que é talento! Quanto aos irmãos do Neymar e do Bruno Mars foram apenas ok.

Let: Boa Noah, mas poderia ter sido bem melhor. Também acho que ele é dono de uma das melhores vozes da temporada, mas precisa ter mais cuidado com a song choice, se a voz vai sofrer com a música, escolhe outra, cara! O resto pra mim foi blé como antes.  

Luke: O jovem Noah mais uma vez mostrou que não está pra brincadeiras por ali. Particularmente acho o rapaz dono de uma das vozes mais interessantes da temporada e novamente gostei muito de sua apresentação. Sobre os gêmeos que segui com o certo ranço que peguei na audição, então pra mim ambos poderia ter sido eliminados.

Catie Turner – “Come Together” / Zach D’Onofrio – “Cry Me A River”

Edu: PRIMEIRAMENTE, ESTOU SHIPPANDO CATIE E ZACH LOUCAMENTE!! Ela, como sempre, veio com seu jeito todo original e mais uma vez brilhou de forma única. O garoto não teve a mesma sorte, e o senti totalmente deslocado. Doeu ver Zach partindo, e chorei com ele sem saber processar a informação e com Catie toda desolada com a eliminação do crush. Seus lindos!

Gaby: Gente, o que foi isso? Catie me conquistou de vez! O que foi ela consolando o seu crush depois da eliminação? Foi de cortar o coração e acabar com o sonho de um shipper nesse Idol.

Let: NÃO POSSO MAIS COM COME TOGETHER, PAREM DE CANTAR ESSA MÚSICA PELAMOR! Superado o ranço com a música, Catie arrasou e não é novidade. Que voz, que loucura e que controle. Já Zach foi até legal e tals, mas não deu. Também fiquei revolts com a criação do shipp e a separação assim do nada. Pra quê?!?

Luke: Só eu também queria ter ganho um abraço da Catie gente? Ela é toda exagerada, mas impossível não ficar torcendo pra se dar bem toda vez que entra naquele palco e dessa vez não foi diferente. Agora como assim eliminaram o menino das meias? Achei muita sacanagem viu, ainda mais depois de tacarem na nossa casa o climina que estava rolando entre os dois. Me fazem shippar e separa o casal? SACANAGEM!

Maddie Pope – “Dreams” / Cade Fohner – “The Thrill Is Gone”

Edu: Maddie sendo maravilhosa, que música mais linda! Foi tudo singelo, para acalmar a alma. Cade está começando a se desenvolver melhor, e talvez devemos ficar mais de olho nele.

Gaby: Maddie mandou muito bem com sua voz. Cade foi apenas bom e dentro do esperado.

Let: Estou emocionada até agora com a apresentação de Maddie. Foi simplesmente incrível, lindo, apaixonada. Isso que é talento! Nem prestei muita atenção em Cade e por mim tanto faz também.

Luke: Precisa nem dizer que eu viajei junto com a Maddie né? Que apresentação linda gente! A voz estava maravilhosa e me fez sorrir o tempo todo aqui. Quanto ao Cade, ele foi bem, mas se eu dizer que estava torcendo pra passar, estaria mentindo.

Dennis Lorenzo – “Thinking Out Loud” / Jurnee – “You Don’t Do It For Me Anymore”

Edu: Ambos foram muito bons, e mereceram passar. Só que mesmo assim, Jurnee pra mim se destacou ainda mais. Essa música da Demi é maravilhosa, e ela conseguiu embalar a voz na medida certa à melodia. Amei e não foi pouco.

Gaby: Jurnee foi bem melhor que Dennis. Eu passava os dois, mas como não dá, só tendo a Jurnee tá bom demais.

Let: Nossa, o que é isso Jurnee? Tô no chão com essa apresentação. Mais um casamento perfeito, mais uma voz que ganhou minha torcida de vez. Dennis foi bem demais também, mais uma daquelas músicas que não tem erro.

Luke: Outros dois que pra mim mandaram muito bem, mas Jurnee me surpreendeu muito. Eu bem falei que com uma música diferente ela poderia mostrar seu verdadeiro potencial e foi exatamente o que aconteceu nessa apresentação. Fiquei ainda mais apaixonado pela voz dela!

GRUPOS

(GRUPO 1) Thaddeus Johnson, Shannon O’Hara, Michael J. Woodard, Kourtney Smith e Emmi B. – “Rather Be”

Edu: QUE TIRO DE APRESENTAÇÃO! Eu amei por demais, e já quero todos como um grupo mesmo até o final da disputa. Fiquei com uma pena de Emmi não ter passado, mas faz parte.

Gaby: Um grupo que tem 2 personagens de TV (Júnior de Eu, a Patroa e as Crianças e o Titus Andromedon de Unbreakable Kimmy Schmidt) e a voz poderosa de Shannon O’Hara, dificilmente iria nos decepcionar. E querem saber? Apresentação totalmente inesquecível e que TODOS os grupos deveriam seguir como modelo.

Let: Bóóóó! Eu amei hein! Eles pegaram uma música que já ficou batida e transformaram, fizeram do jeito deles. Adorei. Sinceramente, queria todo mundo passando.

Luke: Eita nós ein! Não estava esperando por essa versão toda diferentona dessa música que também está bem batida nos programas musicais. Gostei MUITO da apresentação que o grupo fez e achei justa a escolha dos jurados. Shannon e Kourtney foram os verdadeiros tiros da apresentação, porque sério, me arrepiaram total aqui.

 

(GRUPO 2) Marcio Donaldson, Maddie Zahm, Samuel James e Celsey Parrish – “Stayin’ Alive”

Edu: Eu demorei um pouco para entender o que eles estavam cantando, e estava que nem a Katy, com a mão no ouvido e com dúvida absurda. Diferente do grupo anterior, não houve dinâmica e entrosamento entre eles e foi tudo bagunçado. Além de Samuel, eu também teria mandado Celsey pra casa.

Gaby: Nada funcionou. As vozes não combinam, eles estavam em ritmos diferentes e pareciam personagens saídos da zorra total. Maddie foi um pouco melhor dos quatro, mas nada que pudesse ser aplaudido de pé e ter justificado a reação de Leonel. Se a audição de Maddie não fosse tão boa, ela não continuaria no programa. Aliás, eu eliminaria o grupo inteiro.

Let: Foi uma bagunça enorme! Por mim ninguém passava, e que ranço que estou de todos, até Maddie. Detesto grupo que não se entrosa, eles têm tempo pra isso.

Luke: Se fosse pra julgar apenas por essa apresentação preciso dizer que particularmente eu eliminaria todos, pois vamos combinar que foi uma derrapada feia. Ainda assim, estava com medo aqui, principalmente pela Maddie que entre todos era minha preferida ali, então fiquei feliz com a decisão dos jurados.

 

(GRUPO 3) Catie Turner, Alyssa Raghu, Victoria McQueen e Kyah Robinson – “La La La”

Edu: Quer apresentação em sintonia, grupo 2? Alyssa, minha princesinha, foi o grande destaque, nada novo por aqui. Catie e Kyah foram brilhantes também, mas Victoria achei uma verdadeira planta. Sinceramente não entendi a escolha dos três de passarem a garota, fiquei muito revoltado aqui.

Gaby: A música poderia ter sido outra, mas até que as meninas souberam usar e abusar de sua voz e o encaixe fizeram uma boa performance. Como Luke e Edu, para mim Victoria tinha que ser eliminada, pois Kyah mandou muito bem e, para mim, foi a melhor das quatro. Mas vida que segue.

Let: Eu achei bom, só isso, nada demais. Alyssa arrasou, mas Catie foi a melhor mesmo, dona da apresentação. Já as outras duas brincaram de estátua no palco, que isso!

Luke: Foi uma apresentação boa, mas em relação a decisão dos jurados eu discordei um pouco. Pra mim Kyah merecia ter seguido e se fosse pra eliminar alguém teria sido Victoria. O problema da Kyah foi ter ficado feito uma estátua ali no palco, mas a voz dela realmente é ótima. Sobre Catie, sempre acabo surpreso aqui quando ela abre a boca e dessa vez não foi diferente.

 

(GRUPO 5) Ada Vox, Kay Kay, Chekera Barrett e JoMarc Dee – “Want To Want Me”

Edu: Convenhamos, foi tipo Ada e backing vocals. Por mim só ela passaria.

Gaby: Ada foi a rainha e não teve para ninguém.

Let: Né, Edu, foi Ada e backing vocals mesmo, o grande destaque foi ela. Diva é diva né mores!

Luke: Luke me dando um susto ali ein. Ada foi a dona do grupo todo e mesmo os demais cantando bem, foi ela quem acabou se destacando na frente de todo mundo.

 

(GRUPO 7) Crystal Alicea, Lee Vasi, Britney Holmes e Gabii Jones – “Me And My Broken Heart”

Edu: Vocês vão me desculpar, mas não consigo superar o ranço por Crystal. Muito Maria do Bairro pro meu gosto, e tenho preguiça de gente assim. Mesmo assim, tenho que admitir, que ela mandou bem, e precisa a confiar melhor em seu taco. Todas mereceram passar, mesmo a insuportável “coitadinha”.

Gaby: Para mim, faltou autenticidade. Pareceria que elas estavam imitando TLC e Destiny Child.

Let: Tava com preguiça, mas logo gostei demais da performance. Crystal foi realmente o grande destaque, mesmo sendo mais chata que… sei lá o quê!

Luke: Alguém caiu naquele lance de que alguém teria que ceder a vaga? Pra mim não colou. Sobre a apresentação, achei que todas realmente foram muito bem e Crystal acabou conseguindo superar toda aquela insegurança e mandar bem na sua parte da música.

 

PERFORMANCES INDIVIDUAIS

Maddie Pope – “Don’t Ever Let Your Children Grow Up”

Edu: Maddie como sempre, muito incrível. Me arrependo de ter dito em sua audição que não iria muito longe, hoje já vejo o contrário. Ela vem se destacando a cada etapa, e tem tudo para evoluir ainda mais.

Gaby: Cantar uma música original é arriscado, pois pode ser um desastre. Porém, Maddie é talentosa e arrasou. Adorei a canção e já espero um álbum dela para escutar no Spotfy!!!

Let: Adoro original song, adoro cantor/compositor. Maddie arrasa e não é pouco, sem contar que tem uma personalidade incrível. Adore!

Luke: Gente, to curtindo demais essas ideia da maioria cantar música original. Maddie tem uma voz maravilhosa e compõe muito bem também. Achei a música deliciosa de ouvir e queria muito uma versão aqui pra mim. Acredito que ela fique por muito tempo ali.

Ron Bultongez – “Home”

Edu: Eu gostei da apresentação, e achei uma song choice certeira. Foi tudo na medida certa, sem exageros.

Gaby: Ron parecia que estava cantando bêbado. Eu até que senti a emoção, mas não conseguia entender metade das palavras que ele dizia.

Let: que inception um Idol cantar um ex idol, foi bem lindo! E sou suspeita quando o assunto é folk e essa música, então amei demais!

Luke: A música do menino Phillip Phillips gente <3 Adorei a apresentação, porque além da música ser maravilhosa e com uma ótima letra, o Ron fez jus entregando uma ótima performance!

Johnny Brenns – “I Lived”

Edu: Foi só elogiar o rapaz na apresentação passada, que dessa vez decepcionou. Amigo, por favor!

Gaby: Foi um desastre total. E eu realmente senti pena do Johnny.

Let: Jonny me lembra um participante de duas temporadas atrás (pensando no falecido American Idol) que sempre seguia essa regra: uma apresentação boa, outra ruim, uma boa, lutra ruim. Tá bem assim!

Luke: Gente, o que aconteceu com Johnny? Depois de fazer uma performance sensacional no piano ele volta com isso? Deixou demais a desejar, porque além de curtir muito a voz dele, acho essa música do One Republic muito boa, então fiquei foi bem decepcionado.

Deonte Baker – “Too Good At Goodbyes”

Edu: Quem acompanha meus comentários do Team Reality, sabe muito bem o ranço imenso que tenho de Sam Smith, não consigo gostar dele. Deonte fez justamente jus à versão original, entregando uma apresentação péssima e sofrível. Luke me representou absurdamente. Tchau!

Gaby: Eu não aguento mais escutar essa música! E a apresentação de Deonte ia bem até seus gritinhos exagerados.

Let: Ai as firulas, PARA GENTE QUE TÁ FEIO! Canta, não exagera. Odiei!

Luke: Não consigo entender o porque de querer enfeitar tanto assim. Ele já tem uma voz boa e a música normal já tem seus momentos, então ficou absurdamente exagerado.

Trevor Holmes – “Home”

Edu: O destaque foi apenas Katy e seu amor não correspondido. Trevor já pode rodar, francamente.

Gaby: Katy estava mais preocupada com o fora do Travor do que sua performance. E essa palhaçada que estão fazendo está me deixando bastante irritada. Por isso, se Trevor for eliminado, vai ser um favor. Next…

Let: Não esperava Home de novo tão cedo. Mas nem se compara, dessa vez foi chato. E parem com esse fake shipp, aff!

Luke: Olha só “Home” novamente! Só que dessa vez eu não gostei tanto. Trevor pra mim rolou até algumas rodadas atrás, porque estava sendo engraçado ver ele e Katia. Mas convenhamos que o tempo dele venceu por ali né?

Maddie Zahm – “Up To The Mountain”

Edu: Não sei o que acontece com Maddie. Ela era tão maravilhosa, mas senti falta de emoção nessa apresentação. Performance totalmente descartável e entediante, quase dormi aqui.

Gaby: Que voz! Faltou um pouco mais de conexão com a música, mas não dá para negar que Maddie tem talento.

Let: Eu amava e agora o ranço só cresce. Foi uma boa apresentação, mas Maddie pode fazer muito melhor. Já concordo que, talvez, o melhor seja vazar e voltar em outra temp mesmo.

Luke: Não senti a mesma emoção de antes assistindo Maddie, mas ela segue como uma das minhas queridinhas da temporada.

Britney Holmes – “Dive”

Edu: Toda aquela má impressão que tive de Britney, aos poucos vai sumindo. Não que tenha sido algo espetacular, porque não foi, mas mesmo assim a canção errada valorizou sua voz. A próxima rodada é sua última chance, hein?!

Gaby: Não foi a melhor apresentação da Britney no programa até agora. A escolha da música foi interessante e a ajudou um pouco com os agudos. Ela tem uma voz potente e tem um lado rock and roll rolando na veia dela que ela tenta esconder. Eu gostei da performance e espero que ela continue na competição.

Let: É, eu achei ok. Mas poderia ser muito melhor. Nossa new Neyde já foi boa, cadê?

Luke: Achei que não foi a melhor música pra ela. Curto a voz e tals, mas não senti nada assistindo.

Thaddeus Johnson – “Rise”

Edu: Cantar a música de um dos jurados em um reality show é meio de lei, mas aqui estamos vendo uma overdose de Katy Perry. Thaddeus começou de forma crua, mas foi evoluindo de forma única. Apesar de não gostar dessa música, até que curti a apresentação.

Gaby: Ele quis puxar o saco, né? Cantar a música de um dos jurados é um risco, mas a sorte de Thaddeus é que ele é ótimo e que a Katy não é metida.

Let: Cuidado com essa música, ela é boa demais e a dona tá ali na frente. Ufa que deu certo! Amei a performance, a voz e o domínio de Thaddeus.

Luke: Sei que muita gente tem ranço da música, mas gente, eu adoro e pra mim Thaddeus mandou muito bem. É uma música bem difícil de cantar e ele mandou bem demais!

Caleb Lee Hutchinson – “Your Man”

Edu: Gosto de Caleb, mas essa apresentação não lhe foi favorável. Achei tão sem sal, sem emoção.

Gaby: Puro karaokê, apesar de gostar da voz de Caleb e achar que ele possa ter jeito para cantor de barzinho de fim de noite.

Let: Cada vez mais chato esse ser. Vaza logo.

Luke: Já gostei bem mais das apresentações do Caleb, pra mim dessa vez ele não foi feliz na escolha da música.

Michael J. Woodard – “Maybe This Time”

Edu: Foi uma performance bacana, e me surpreendi por demais com Michael. Nunca pensei que ele fosse se superar tanto assim, e sua permanência é de lei, pelo menos nesse momento. Só achei meio exagerado Katy jogando a cadeira longe com a apresentação dele, não foi pra tanto assim.

Gaby: Uau! Quem diria que o grande Junior de Eu, a Patroa e as Crianças pudesse ter nos presentear com essa performance? Brincadeiras à parte, Michael é aquele tipo de act que ninguém dá nada, mas que esconde algo valioso dentro de si. Sua performance foi impecável e merecedora de eternos aplausos.

Let: Opaaa, Michael arrasou, hein! Juro que meu queixo tá no chão. Adoro gente que se supera.

Luke: Quem é essa pessoa ai gente? Porque com certeza não é o mesmo Michael das audições. Foi de arrepiar sim, porque ele foi crescendo com a música de um jeito que me deixou de cara aqui. Foi pra encerrar com tudo literalmente! Performance maravilhosa que nem ele estava acreditando muito.

E então amigos, o que vocês acharam dos resultados?

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.