Audiência – American Idol, For The People, Rise e mais: Análise de 10/03 a 16/03

Imagem: ABC/Divulgação (02); NBC/Divulgação

Sem sombra de dúvida, o maior destaque desta semana foi o (re)lançamento de American Idol. Isso porque, desde quando o revival foi confirmado, as opiniões estão dividas. Há aqueles que apostam no fracasso e outros que preferem pensar positivo, seja como for, analisaremos a audiência de estreia com cuidado. Além do reality show, nós tivemos três estreias –  Deception e For The People na ABC e Rise na NBC. Sem contar ainda que vimos o início da March Madness e também noite de eleições.

Quer mais? Vamos aos números.

TV ABERTA

Com a análise dos números de estreia de American Idol abaixo, tivemos o restante da noite de domingo um tanto mediana. A estreia de Deception fez apenas 1.2 no demográfico alvo, o que é uma queda de 45% dos números do seu lead-in, mas mais do que Sharnk Tank fez no seu Season Finale (0.75). A segunda noite do reality show musical fez com que The Good Doctor subisse impressionantes 0.5 em relação a semana anterior, levado-o para 1.8, evidenciando que o drama médico é sim, um sucesso.

Se aproximando da despedida, The Middle caiu para 1.1 (-0.1), enquanto Fresh Off The Boat ficou estável com 0.9. black-ish teve uma hora na terça-feira, onde entregou 0.9 durante todo o período, o que é uma queda de 0.1 em relação a sua última exibição.

Na quarta-feira, Speechless perdeu 0.3 em comparação com a semana anterior ao exibir dois episódios na mesma noite (ambos com 0.9), o que pode-se explicar com a ausência de The Goldbergs às 20hAmerican Housewife perdeu 0.1 ao marcar 1.0, enquanto Designated Survivor finalmente subiu para 0.7. Um alívio. Já na quinta-feira, Grey’s Anatomy subiu (1.7 x 1.8), ao mesmo tempo que Scandal ficou estável com 1.1 e How To Get Away With Murder despediu-se do quarto ano com 1.0, o que é 0.1 a mais que na semana passada, mas 0.4 a menos que em 2017. Já na sexta-feira, tudo ficou bem estável. Once Upon a Time (0.6), SHIELD (0.5) e 20/20 (0.6).

E For The People, como foi?

A estreia de For The People foi mediana. Com apenas 0.8, o drama precisa subir ou pelo menos manter os números até sua Season Finale. É verdade que ser lançado após uma comédia não favorece ninguém, mas a estratégia é interessante quando precisa-se das mulheres para sobreviver. black-ish é forte justamente entre as mulheres.

A razão pela qual o novo drama da Shondaland não conseguiu números maiores foi a impossibilidade da ABC em atrair mais telespectadores na terça-feira. O estreante precisa, pelo menos, atrair a mesma quantidade de público feminino que Scandal atrai às quintas (algo em torno de 0.5). Uma vez que em termos comparativos, For The People está no mesmo patamar de quando The Catch retornou em 2017. E nós sabemos exatamente como que essa segunda temporada terminou.

Imagem: NBC/Divulgação

Precedida por três horas de um reprise estranha de American Ninja Warrior, a estreia da segunda temporada de Timeless trouxe apenas 0.8 no demo alvo, o que é menos em relação a sua Season Finale (0.9) e bem abaixo da média do primeiro ano (1.1).

lead-in provavelmente não ajudou em nada, mas na próxima semana com uma programação voltada para a família com o retorno de Little Big Shots e a estreia de Genius Junior, o drama talvez experimente uma subida.

Enquanto The Voice conseguiu algo impressionante, que foi praticamente manter seus números da estreia da semana anterior (2.4 x 2.5), não conseguiu manter Good Girls quente ao falhar em impedir que o drama fosse para 1.0 no demo.

Na terça-feira, uma noite agitada. The Voice continua impressionando ao manter mesmos números da semana passada (2.3). A Season Finale de This Is Us fez sensacionais 2.8, mas 0.6 a menos que o último episódio da primeira temporada em 2017. Os bons números das duas primeiras horas não foram capazes de dar bons números para Rise.

A série musical fez apenas 1.2, o que é um queda de 57% do lead-in. Os números da próxima semana serão definitivos para o drama pensar no futuro. The Blacklist caiu pouca coisa para 0.9, enquanto SVU cresceu para 1.3 e Chicago P.D. manteve-se nos 1.2.

Superstore ficou estável com 1.0, enquanto AP Bio subiu 0.2 para 0.9, assim como Will & Grace para 1.2. Champions conseguiu manter seus medianos 0.7 de estreia. Chicago Fire estava com uma reprise. Na sexta-, Blindspost ficou com 0.6 enquanto Taken ganhou 0.1 para 0.5.

Tentando frear a estreia de American Idol, a Fox exibiu a tão comentada fita “perdida” com a confissão de O.J. Simpson. O especial fez 1.2, o que é ótimo para quem não tem uma programação sólida no domingo, mas sem muito feito na ABC. Lucifer manteve-se firme nos 0.7, enquanto The Resident perdeu apenas 0.1 indo para medianos 0.8.

As comédias La to Vegas The Mick também ficaram estáveis com 0.7 e 0.6, respectivamente. The X-Files fez apenas 0.7 no seu penúltimo episódio da temporada, enquanto 9-1-1 se aproxima da conclusão do seu primeiro ano com ótimos 1.6.

Na quinta-feira, Gotham Showtime At The Apollo ficaram com os mesmos 0.6, o que para a primeira é uma queda de 0.1 comparado com a semana anterior. O dono da sexta-feira, MasterChef Junior, ficou firme com ótimos 0.9.

No domingo, as duas horas de 60 Minutes com uma embaraçosa entrevista da Secretária de Educação, Betsy DeVos, rendeu 0.9, o que é 0.1 a mais do que na semana passada. Retornando depois de uma folga desde 14 de janeiro, NCIS: Los Angeles (0.9) Madam Secretary (0.6) caíram 0.2 e 0.1 respectivamente, o que certamente confirma o desejo da emissora em fazer uma  mudança na grade para a próxima temporada. As únicas comédias da segunda-feira, Man with a Plan Living Biblically, fizeram 1.0 e 0.7, respectivamente. Dessas duas, lembro, só uma sobrevive.

NCIS subiu para 1.5, fazendo com que o resto da programação também subisse. Bull foi a 1.2 e NCIS: New Orleans com 1.1. Survivor repetiu seus fortes 1.7, enquanto Criminal Minds permaneceu nos 0.9. Com o campeonato NCAA de basquete universitário dominando a quinta-feira, a CBS viu seus números crescerem em relação a 2017. O primeiro jogo da TV aberta fez 1.7, que são bem acima do ano anterior (1.2).

Na sexta-feira, a segunda exibição do campeonato de 2018 fez 1.0, bem abaixo dos 1.7 do dia anterior.

Enquanto Legends of Tomorrow permaneceu estacionada nos 0.4 no demográfico alvo, iZombie subiu para 0.3, o que é 0.1 acima da semana anterior. The Flash Black Lightning também entregaram algo que os executivos adoram: estabilidade. A primeira repetiu os 0.7, enquanto a segunda ficou com 0.5.

Riverdale caiu para 0.4 (-0.1), enquanto Life Sentence (sem outra alternativa) repetiu os 0.2 da estreia.

Com com maior apelo entre o telespectador mais velho, Dynasty caiu mais uma vez para um Series Finale. O drama fez medonhos 0.1, enquanto Jane The Virgin ficou estável nos 0.2.

TV a Cabo

Imagem: Divulgação

No domingo, The Walking Dead parou de despencar. O drama caiu apenas 0.06, fechando com 2.80. O único drama roteirizado da noite na HBO, Here and Now subiu de 0.04 para 0.10. Na Showtime, Homeland subiu para 0.29 e The Chi variou oscilou positivamente para 0.25. Com o retorno dos roteirizados no E!, tivemos The Arrangement com 0.21 (bem abaixo da estreia de 2017 de 0.37 e do Season Finale de 0.26) e The Royals com fortes 0.20.

No caminho de ser renovada para mais uma temporada, The Alienist subiu para 0.42 (+0.05 em relação a semana passada), enquanto UnReal permaneceu nos 0.09 e Mary Kills People estreou com 0.07. Já MacMafia caiu de 0.12 para 0.06. No Season Finale de duas hora de duração, The Fosters fez 0.21 e 0.17. O penúltimo episódio de Versace subiu para 0.30. Atlanta caiu 0.09 para 0.27 no FX, enquanto a polêmica Season Finale de RuPaul’s Drag Race All Stars caiu de 0.31 para 0.27.

March Madness

O mês de março é conhecido como o “março da loucura” pelos fãs de basquete universitário pela quantidade de jogos. São inúmeras partidas exibidas em quatro canais diferentes. Na terça-feira, a competição foi ao ar apenas na TruTV e fez 0.64 e 0.36. Já no dia seguinte, e ainda no mesmo canal, foram 0.74 e 0.45. Na quinta, a TNT exibiu uma partida no final do horário nobre com 0.93, enquanto o jogo da tarde da TruTV fez 0.13.

Eleições

Sim! Nós tivemos tudo nessa semana, incluindo eleições. Visto como um teste de popularidade para o Presidente Donald Trump, as eleições especiais no 18º distrito da Pensilvânia dominaram as emissoras de notícia da TV a Cabo. A CNN venceu com 0.43 (18-49), 0.59 (25-54) e 1.8 milhão no total, enquanto a MSNBC fez 0.43 (18-49), 0.63 (25-54) e 3.4 milhões e a Fox News com 0.32 (18-49), 0.53 (25-54) e 2.7 milhões. Os dois primeiros canais cobriram a corrida impressionantemente apertada até a manhã da quarta-feira. O democrata Conor Lamb foi o vencedor, numa localidade onde Trump venceu com mais de 20 pontos em 2016.

Em comparação com noites de eleições recentes, os números foram parecidos. Na corrida especial para o Senado do Alabama em dezembro de 2017, a CNN também venceu a noite com uma média de 0.77 no demo alvo (18-49 anos), seguida da MSNBC com 0.51 e da Fox Neews com 0.43. Nesta, o democrata Doug Jones também impressionou ao vencer num estado onde Trump consagrou-se com quase 28 pontos.

Já em abril de 2017, uma eleição especial no 6º distrito da Georgia, viu uma republicana ganhar a corrida mais cara da história da câmara dos deputados dos Estados Unidos. Com uma cobertura tímida, a CNN também venceu com 0.28, seguida da Fox News com 0.25 e da MSNBC com 0.22.

Obs: Vale lembrar que não comentamos e divulgamos os números das Paraolimpíadas por um simples motivo: ninguém os transmite. A NBC, que é detentora dos direitos, sequer usa seu braço esportivo na TV a Cabo (a NBC Sports) para tal ao preferir a Liga Nacional de Hockey (ou NHL).

Análise Especial da Semana: American Idol

Imagem: ABC/Divulgação

Se você leu algumas análises nessa semana, vai perceber que tivemos espaço para vários pontos de vista. Positivas. Negativas. Catastróficas. E algumas sóbrias. Seja como for, todos os analistas concordam que a aposta em trazer o reality show de volta era alta. Talvez alta demais.

Sabiamente utilizando o Oscar para divulgar a estreia, a audiência de início foi boa. Ao marcar 2.3, observa-se uma queda de 0.7 em comparação com a estreia da última temporada na Fox. Todavia, uma subida de 0.1 da última Season Finale. Vale lembrar, entretanto, que em 2016 o mercado de televisão era outro. À época, Scandal ainda marcava 2.15 enquanto hoje entrega suados 1.1. Já NCIS ainda flertava com os 3.0, e hoje está firme e forte nos 1.4.

Tais números são os melhores da ABC numa noite de domingo desde 2012. Isso mesmos, 2012. Desde lá o canal se viu apostando erroneamente em novelões como Blood & Oil ou séries insossas como Resurrection. Se o reality show manter os números acima de 2.0 ou próximos dele, será uma vitória. Além, claro, de manter Channing Dungey e Robert Mills nos seus respectivos cargos.

Na segunda noite tivemos uma queda importante de 0.5, deixando o programa com o mesmo demo de The Good Doctor e atraindo menos telespectadores que a série médica. Porém, o futuro de American Idol será definido nas próximas semanas. Ficaremos atentos.

Top 06:

15ª temporada: 3.0 no demográfico alvo; 10.96 milhões de telespectadores (2016).

14ª temporada: 3.1 no demográfico alvo; 11.20 milhões de telespectadores (2015).

13ª temporada: 4.6 no demográfico alvo; 15.19 milhões de telespectadores (2014).

12ª temporada: 6.0 no demográfico alvo; 17.93 milhões de telespectadores (2013).

11ª temporada: 7.4 no demográfico alvo; 21.93 milhões de telespectadores (2012).

10ª temporada: 9.7 no demográfico alvo; 26.23 milhões de telespectadores (2011).

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.
  • Kaio

    Obrigado pela analise, é um dos tópicos mais interessantes de acompanhar.
    Pra dinasty sobreviver acredito que somente caso se torne 100% original netflix como fizeram com tarvelers. Quando a série voltou do hiato com os dias de exibição mudando pra sexta logo na 1º temporada e com essa audiência…