Audiência – The Resident, Grammy e mais: Análise de 25/01 a 02/02

Imagem: Fox/Divulgação; Timothy A. Clary/AFP; Win McNamee/AP

É “hipérbole verdadeira” que se fala, né?

Com o retorno da coluna #MixAudiência, temos muito o que colocar em dia. Teremos análises da TV aberta, da TV a cabo e de especiais que forem exibidos no mesmo período. Especialmente nesta semana temos audiência detalhada dos Grammys e também do State of The Union, com uma oportunidade única de fazer uma “checagem de fatos” do que o Presidente dos Estados Unidos disse recentemente.

ABC

The Bachelor caiu de 1.8 para 1.7, evidenciando que esse derretimento pode ser algo de longo prazer. Enquanto Match Game caiu na terça-feira de 0.8 para 0.7. Os resultados da quinta-feira, pelo menos, foram ótimos. Scandal marcou sua melhor audiência da temporada e bateu um Season High, enquanto Grey’s Anatomy How To Get Away With Murder ficaram estáveis (2.3 e 1.0 respectivamente). Na sexta-feira, muita estabilidade. Child Support com 0.7 e Agens of SHIELD com 0.6.

NBC

Imagem: NBC/Divulgação

The Brave despediu-se do com 0.7 no demográfico, o que são os mesmos números da semana anterior (0.7). Será que será um Season Finale ou Series Finale? Eu apostaria na segunda opção. Após uma semana de folga, The Blacklist caiu de 1.1 para 1.0, enquanto Law & Order: SVU perdeu 0.2 indo para 1.1, assim como Chicago PD ao cair de 1.4 para 1.2.

The Good Place terminou bem com 1.1 no demográfico, mesmos números fo final da primeira temporada. A.P Bio estreou bem em relação a média de Great News (0.8 x 0.7), mas isso não quer dizer que foi um começo próspero. Superstore com 1.1, Will & Grace com 1.2 e Chicago Fire com 1.0, perderam 0.1 em relação a semana anterior.

Na sexta-feira, (quase) tudo estável. Blindspot nos bons 0.6 e Dateline com 0.7 , mas Taken afundou ainda mais com num novo Series Low ao marcar 0.3. Vamos repetir – apenas 0.3 no demográfico de público alvo.

CBS

Na segunda-feira, Kevin Can Wait e Man with a Plan caíram 0.1 em relação a semana anterior, registrando 1.2 e 1.1 respectivamente. Scorpion subiu para 0.9, enquanto Superior Donuts ficou estável e 9JKL” were flat subiu 0.1. Na quarta-feira, The Amazing Race cresceu de 1.2 para 1.3, proporcionando o mesmo crescimento para Criminal Minds ao subir de 0.9 para 1.0.

The Big Bang Theory ficou estável com 2.8 no demográfico, mas Young Sheldon caiu para 2.3. Mom foi de 1.6 para 1.5 de agora, enquanto Life in Pieces e SWAT seguiram estáveis com 1.2 e 1.0 respectivamente. Na sexta-feira, MacGyver caiu 0.1 em relação a semana passada (0.9). Hawaii Five-0 estável e Blue Bloods também com 1.0 e 0.9 respectivamente.

Fox

Na segunda-feira, Lucifer The Resident caíram 0.1 em relação a semana anterior e ficaram com 0.8 e 0.9, respectivamente. Para série médica pode não parecer bons números, mas levando em conta a competição a estabilidade apresentanda desde a estreia ao variar apenas 0.2 é um bom sinal. Na quarta-feira, The X Files caiu 0.1 indo para 0.9, enquanto 9-1-1 manteve-se nos estáveis 1.6. Na quinta, The Four subiu 0.1 (para 1.3) em comparação com a semana passada, o que é ótimo. Já na sexta-feira, a Season Finale de Hell’s Kitchen ficou estável com 0.9 no demo.

CW

Tudo muito estável nessa semana. Apenas Supergirl Jane The Virgin subiram, indo para 0.6 e 0.3 respectivamente, enquanto Valor (0.2), Riverdale (0.5), Dynasty (0.2), Supernatural (0.6), Arrow (0.4) e Crazy Ex-Girlfriend (0.2) estacionaram nos números da semana passada.

TV a Cabo

Imagem: Divulgação

Sem muitos destaques nessa semana em razão do State of The Union, tivemos poucas algumas coisas interessantes. RuPaul’s All-Stars caiu 0.06 e ficou com 0.40. Nashville também caiu (pouca coisa) ao variar de 0.18 para 0.14. American Crime Story estabilizou com 0.39, apesar da pequena queda de 0.02.

Já a segunda semana de The Alienist, o drama viu uma queda. Variu de 0.51 para 0.46. Vale lembrar que a TNT vende como uma “minissérie”, mas vocês já sabem o que acontece quando a audiência vai bem. Vamos ficar de olho na oscilação desses números por mais umas duas semanas para tirar alguma conclusão.

Grammy

Imagem: CBS/Divulgação

Antes mesmo dos números da premiação forem divulgados, conservadores na Fox News já previam que seria “a cerimônia menos assistida dos últimos anos”. É verdade que eles estavam irritados pelo “tom político” e pela participação surpresa de Hillary Clinton, mas a previsão se mostrou certeira.

A manchete no The Holywood Reporter horas depois era – “2018 Grammys Tropeçam”. A cerimônia foi assistida por 19.81 milhões de telespectadores, que é a menor audiência que a CBS já conquistou desde 2009 e consequentemente 29% a menos que aquela registrada em 2017.

Em relação ao demográfico, os números são ainda piores. Foram 5.9 no demográfico de público alvo, o menor da história. Foram 24% a menos que a edição 59ª, a mais recente a ocupar a lanterninha.

State of The Union

Imagem: Joshua Roberts / Reuters

Se você acompanha o Twitter do Presidente dos Estados Unidos, você foi enganado nesta semana. Isso não é novidade, não é mesmo? Mas vamos aos fatos. Após ser elogiado no seu programa preferido, Fox & Friends na Fox News, Trump disse aos seus seguidores (abaixo) que o discurso dele ao Congresso “foi o mais assistido da história”. Mas é não é verdade.

Ele acertou em relação aos números da Fox News, uma vez que eles foram realmente espetaculares. Todavia ele não foi o mais assistido, mas sim o sexto. De acordo com a Nielsen, esse é o ranking:

1º. – George W. Bush (2003) – 62 milhões de telespectadores
2º. – Bill Clinton (1998) – 53 milhões de telespectadores
3ª. – George W. Bush (2002) – 51 milhões de telespectadores
4ª. – Barack Obama (2010) – 48 milhões de telespectadores
5º. – Bill Clinton (1994) – 45.8 milhões de telespectadores
6º. – Donald Trump (2018) – 45.6 milhões de telespectadores

Quanto aos números conquistados por cada canal, os números foram o seguinte:

Fox News: 11,705,000 milhões de telespectadores; 3,334,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)
NBC: 7,055,000 milhões de telespectadores; 2,590,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)
CBS: 6,990,000 milhões de telespectadores; 2,100,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)
ABC: 5,400,000 milhões de telespectadores; 2,074,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)
FOX: 3,600,000 milhões de telespectadores; 1,500,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)
CNN: 3,111,000 milhões de telespectadores; 1,321,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)
MSNBC: 2,674,000 milhões de telespectadores; 659,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)
Fox Business Network: 572,000 mil telespectadores; 102,000 (no demográfico de 25 a 54 anos)

Os números de Trump não foram ruins, muito sólidos aliás, mas o problema é que o presidente se preocupa demais com audiência.

Comments

comments

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.