Editorial

O estranho e o maravilho, ou porque esperar pela fantasia

  Recentemente, numa conversa de fim de noite, um amigo mencionou Labirinto – A Magia do Tempo, filme de 1986 que é estrelado por David Bowie. E embora essa traquinagem meio musical, meio aventura e beeem trash seja um título que, provavelmente, a maioria dos leitores nunca se quer tenha …

Read More »

Quando nos cansamos das séries

Pensando no tema do editorial me vi sem saída: não havia tema. Há uma série de assuntos bacanas para serem abordados… Toda a polêmica envolvendo a Fox, a segunda temporada de Stranger Things que começa a se desenhar, a nova série dos X-Men na Fox, o império de Shonda sendo …

Read More »

A autenticidade na expectativa

  Pensar na expectativa é sempre algo engraçado. E, desde já, não me entendam mal! Embora nada seja mais complexo ou profundo do que analisar teorias de consumo ou horizontes de expectativa e cultura de massa, não precisamos realmente nos enveredar por teorias que em nada atraem o público geral. …

Read More »

Dirk Gently, um detetive holístico para uma nova ficção

  Sempre imersas numa aura de soturnidade e mistério, as histórias policiais estabeleceram-se como um gênero marcante, rápido e cheio de figuras inusitadas, detetives icônicos e vilões grandiosos. E, como se em resposta, ou melhor, evolução do formato, Douglas Adams envolveu, em suas cores irônicas e ilógicas, um detetive que …

Read More »

Globo de Ouro: apostas (e algumas observações)

Prever o Globo de Ouro é uma droga. O fato de ser uma premiação um tanto imprevisível poderia torná-la mais interessante, mas não é o que acontece. Não é como tentar adivinhar os vencedores do Oscar e ser surpreendido aqui e ali; no Globo, os votantes simplesmente votam sem lógica, …

Read More »

Porque amamos as séries…

Quentin Tarantino costuma repetir um bordão em seus sets de filmagens. Para animar a equipe e lembrá-los porque todos estão ali, o cineasta pergunta o porquê de tudo aquilo. Todos respondem “porque amamos fazer filmes”. Não há outra explicação. Se você ama, não é pelo dinheiro ou status. Por que …

Read More »

Um Ano para Recordar

Ah, 2016… Parece que foi ontem que nos deliciávamos com “The Abominable Bride”, o episódio de Ano Novo de Sherlock e agora, sentamos juntos para o nosso último Editorial do ano. E não me entendam mal; apesar do título que descaradamente tomei do maravilhoso revival de Gilmore Girls (que me …

Read More »

A opinião da crítica importa?

Frente ao Critics Choice Awards, premiação voltada ao cinema e à TV e realizada por críticos especializados na área, uma velha questão surge aqui e ali: a opinião da crítica importa? Escrevendo sobre séries e filmes há um bom tempo, e muitos vezes criticando estas produções, já recebi vários tipos …

Read More »

A influência Geek na Cultura POP

Nesta semana aconteceu o maior evento nerd da América Latina: a Comic Con Experience 2016. E para aproveitar a vibe, decidi dedicar o Editorial Mix dessa semana a um assunto que merece sempre ser discutido: a influência geek no que entendemos como cultura pop. Para o bem ou para o …

Read More »

Falta um bom Sci-Fi na TV atualmente?

Depois de assistir A Chegada no cinema, um questionamento surgiu. O filme dirigido por Denis Villeneuve não só é a melhor ficção científica do ano como é um dos melhores longas de 2016. Calcado no desenvolvimento da trama, seus personagens e ideias, e não na ação ou nos efeitos visuais, …

Read More »