Chicago PD – 4×07/08 – 300k Likes/A Shot Heard Around the World

Imagem: Arquivo pessoal.
Imagem: Arquivo pessoal

 

Episódio duplo, fall finale, vocês já sabiam que seria pesado certo?! Trouxeram um caso antigo para dar mais drama, Oliver riquinho metido continua matando e estuprando mulheres e agora eliminou a testemunha que o colocaria na cadeia. E de quebra colocou a culpa no melhor amigo de Tariq, Amir. Tudo bem bolado para que Oliver saísse limpinho da história.

Muito interessante a linha de interrogatório dos scripts de PD, tentaram levar Amir ao erro, pensando que ele poderia estar com ciúme do sucesso de Tariq, e como se encontrou na pior, pediu dinheiro ao amigo e quando ele negou teria o matado. Claro que logo notamos que Amir não tinha nada a esconder a não ser a vergonha pelo seu fracasso e medo de voltar para o Sudão deportado. Nosso time imbatível conseguiu colocar ele fora da cena do crime durante o tiroteio ouvido e denunciado. Pronto, agora era só linkar o riquinho com o resto. É revoltante quanto o dinheiro consegue comprar e subornar.

Leo, o irmão, acabou sendo entregado por um ex-policial, pois estava atrás da testemunha para salvar o irmão. Achei mesmo que o ex-cop estava escondendo algo, Jim acabou sendo preso na mentira, ele recebeu dinheiro para saber quem era a testemunha a fazer com que ele mudasse apenas o depoimento. Não foi premeditado? Al deu um show de atuação no “A arma plantada e os 300 mil foram premeditados?”. HAHA, isso foi um dos “créus” desse episódio. Outros muitos vieram de Erin com Oliver. Ela foi lentamente desmontando a confiança inabalável dele. Confiança, essa baseada apenas no dinheiro, comprando a justiça toda. Oliver não contava com Chicago Justice vindo aí, com ASA Stone lindo e muito competente. Presinho e desmascarado, que lindo!

O segundo grande plot foi a execução de policiais que se abateu sob Chicago. E aquele clima de que alguém está vingando as mortes de pessoas negras pelas mãos da polícia fica sempre pairando, sempre a primeira opção. Mas a pessoa fazendo isso é muito esperta, a armadilha do beco, o automóvel, os rádios, tudo tão bem planejado. Muito triste. Dois blues mortos. Quando prederam o primeiro cara já deu para notar que era um lunático. Mas um policial filho de policial? Duro. Voight claramente abalado, pois não conseguiu evitar a morte do garoto.

Paralelamente, com o plot de Antonio fechando, abriu-se o de Burgess. Esse episódio foi só para terminar de ferrar com o Mike parceiro idiota que arrumaram para a Kim. Achei graça do coitado que foi preso com o cinto de castidade, mas é claro que isso não é coisa de se postar nas redes sociais, como se o homem fosse um animal de circo né? O tiroteio assustou o passarinho e ele resolveu voar embora. Kim na Inteligência? SIIIIIM!

E claro que teríamos um pouquinho de melodrama com Erin, dessa vez com Jay querendo conhecer a mãe, Bunny e no finalzinho sobre um pai ausente que está na cidade e quer conhecer a filha. Vamos ter uma desestruturada novamente. E o pessoal de Med presente também sempre deixam tudo melhor! Ótimo episódio para esperar até ano que vem.

Comments

comments

About Caroline Marques

Caroline Marques
Engenheira de Alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Chicagos. Reviewer de Chicago PD, Vikings, Narcos e Bloodline.

Check Also

The Big Bang Theory – 10×16 – The Allowance Evaporation

O episódio dessa semana recuperou um pouco do fôlego depois do episódio mais ou menos …

  • Anderson Narciso

    Adorei essa fall finale. Mas sem dúvidas que a segunda parte foi mais empolgante que a primeira. Fiquei bem aflito com a trama dos assassino de policiais. Aquela cena final, com a execução autorizada pelo Voight foi angustiante.

    Foi uma despedida bem bacana pro Antonio, personagem que vem desde Fire, passou por PD e agora vai brilhar em Justice. Foi como Voight disse, “nunca segure uma estrela em ascensão”. Apesar de ter estado um pouco apagadinho nesta temporada, o persongem tem muito potencial, sempre teve. Me lembro do piloto, ele atrás do bandido que sequestrou seu filho… Antonio sempre brilhou.

    E agora, finalmente, Burgess na inteligência. Algo que a gente quer desde sempre. Tadinha, a mais sofrida da série, a que mais se ferra… tem finalmente sua chance de brilhar. Fiquei muito feliz pela personagem..
    Ansioso pelo retorno em janeiro e com os muitos crossovers que acontecerão com Justice.

    • Caroline Marques

      Meeee Justice está logo ali! :O