Confira os 10 atores de séries de TV mais bem pagos de todos os tempos

Imagem: Divulgação (ABC/NBC/HBO)

Money, Money, Money… 

Certamente algumas estrelas podem se vangloriar de estrelar uma série de sucesso. Isso porque não é qualquer um que consegue entrar no hall dos atores de séries mais bem pagos da TV.

Anualmente, uma lista aponta os astros e estrelas que recebem valores astronômicos. Mas acredite, existem alguns que recebem valores inimagináveis. Porém, cabe a cada estúdio estimar o quão precioso e valioso é cada de um de seus atores.

Confira abaixo a lista dos 10 atores mais bem pagos da TV de todos os tempos.

10 – Ellen Pompeo, Grey’s Anatomy

Protagonista de Grey’s Anatomy, a atriz Ellen Pompeo fez valer um acordo milionário para que ela permanecesse na série por, pelo menos, até a décima sexta temporada. Dessa forma, a intérprete de Meredith Grey conseguiu um acordo com a ABC Studios para que ela faturasse a bagatela de 20 milhões de dólares, por ano. Isso daria, matematicamente, um valor aproximado de U$ 830 mil dólares, por episódio. Certamente, já vai dá para ela fazer um “pézinho” para quando a série acabar.

Imagem: Divulgação/ABC

9 – O elenco de Game of Thrones

De acordo com a Variety, Emilia Clarke, Nikolaj Coster-Waldau, Peter Dinklage, Kit Harington e Lena Headey teriam faturado, oficialmente, U$ 500.000 por episódio em Game of Thrones. Entretanto, o Digital Spy aponta como que este valor é pequeno, frente a imensidão da série e todo o lucro que ela rende para a HBO. Rumores apontam que, todos os atores citados, teriam recebido – por episódio – uma bagatela de 1 milhão de Euros. Mas, como tais números não são oficiais, eles permanecem “humildemente” nesta lista.

Imagem: HBO/Divulgação

8 – Ashton Kutcher, Two and a Half Men

Ashton Kutcher foi o incumbido de substituir Charlie Sheen em Two and a Half Men, após uma saída conturbada do ator. Além disso, na época, a série estava no auge, com 15 milhões de espectadores semanais. Logo, não tinha como o pagamento ser barato: Kutcher faturou, por episódio, em torno de 811 mil dólares.

Resultado de imagem para ashton kutcher two and a half men
Imagem: Warner/Divulgação

7 – Michael C Hall, Dexter

Os fãs de Dexter ficaram profundamente desapontados com o final da série, que viu o serial killer se mudar para uma floresta e se tornar um lenhador. Tédio. Até mesmo Michael C Hall chegou a afirmar que achou o final da série triste. Entretanto, temos certeza que ele superou este final rapidinho, por ter levado para casa quase 1,2 milhões de dólares por episódio.

Imagem: CBS/Divulgação

6 – O elenco de The Big Bang Theory

Foi relatado anteriormente que as cinco estrelas originais do programa da CBS – Kaley Cuoco (Penny), Johnny Galecki (Leonard), Simon Helberg (Howard), Kunal Nayyar (Rajesh) e Jim Parsons (Sheldon) – receberam mais de US$ 1 milhão por episódio em The Big Bang Theory – o valor correto seria U$1,187,139. Entretanto, para que todos os atores recebessem iguais, Mayim Bialik (Amy) e Melissa Rauch (Bernadette), que recebiam apenas 200 mil por episódio, as estrelas originais aceitaram ter seus salários diminuídos para a temporada final.

Imagem: CBS/Divulgação

5 – O elenco de Friends

Por muito tempo, os atores de Friends foram os mais bem pagos da TV. Isso se consolidou de forma absoluta durante a última temporada da série, em que cada um dos seis protagonistas conseguiram negociar o valor de 1 milhão de dólares por episódio. Ao todo, eles receberam 18 milhões de dólares pelo décimo ano do programa. Recentemente, revelamos em matéria que os atores recebem, até hoje, uma cifra de 20 milhões de dólares anuais por reprises. Uma bela aposentadoria, não acham?

Imagem: NBC/Divulgação

4 – Paul Reiser e Helen Hunt, Mad About You

Mad About You foi, por anos, uma das séries mais assistidas da NBC. Mas o preço para mantê-la no ar foi ficando cada vez mais caro para a emissora. A situação, em se tratando de pagamento, quando Helen Hunt ganhou o Oscar de Melhor Atriz, pelo filme Melhor É Impossível, em 1998. Assim, naquele ano, ela e Paul Reiser negociaram um valor de aproximadamente 1.9 milhões de dólares por episódio. Esta teria sido uma das razões que, um ano depois, a série fora cancelada.

Imagem: NBC/Divulgação

3 – Jerry Seinfeld, Seinfeld

Jerry Seinfeld se tornou um dos homens mais ricos da TV na década de 1990, por sua série Seinfeld. De acordo com a Variety, o ator recebia algo em torno de 2.3 milhões de dólares por episódio. Seus colegas de elenco, recebiam igualmente o valor de U$ 600 mil, por episódio. Mas Seinfeld poderia ter ganho mais. De acordo com ele, a NBC oferecera um acordo de 5 milhões por episódio, para que ele produzisse mais uma temporada da série em 1998. Entretanto, ele recusara.

Imagem: Divulgação/NBC

2 – Tim Allen (Home Improvement) e Charlie Sheen (Two and a Half Men)

O segundo lugar é dividido por duas figuras do mundo da comédia. Tim Allen fez muito sucesso na década de 1990 com a sitcom Home Improvement, que foi ao ar entre 1991 e 1999 pela ABC. Seu acordo foi próximo de 2 milhões por episódio – mas fontes oficiais afirmam que ele chegou a ganhar 2.5 milhões por episódio, nos últimos anos da série. Já Charlie Sheen, antes de ser demitido de Two and a Half Men, conseguiu extrair um bom dinheiro da CBS. Ele conseguiu negociar um valor próximo a 2.7 milhões por episódio, em 2011.

Imagem: Divulgação/ABC/CBS

1 – Ray Romano (Everybody Loves Raymond) e Kelsey Grammer (Frasier)

Ray Romano e Kelsey Grammer podem ser considerados homens de sorte – e de valor. Eles ocupam o posto de atores mais bem pagos da TV de todos os tempos. Romano, por Everybody Loves Raymond, faturou algo em torno de $3,034,316 por episódio, em 2003. Já Grammer carregou um legado, durante seus tempos de Cheers e Frasier: de acordo com o Digital Spy, ele faturou quase 3.1 milhões de dólares, por episódio, entre 2002 e 2003.

Imagem: Divulgação/CBS/NBC

 

Leia também: Confira as 10 séries de TV mais caras da história

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.