Crítica: Conflito em 5×08 de Vikings registra melhor episódio da temporada até aqui

Imagem: History Channel/Divulgação

A tão esperada guerra chegou. E trouxe tudo o Michael Hirst prometeu: Sangue, lutas, planos incríveis e cenas espetaculosas.

Nā0 tem uma terceira opção; ou você está do lado do Ivar, ou da Lagertha. Mas quais os critérios para uma pessoa tomar essa decisão? Simples: Coloquem as cartas da mesa. De um lado, Ivar, o caçula de Ragnar Lothbrok. Tomado pelo poder de tornar-se um dia, rei de Kattegat e ser temido por todos, luta para vingar a morte de sua mãe e  claro, fazer com que de uma vez por todas, as pessoas o olhem como alguém capaz. Do outro lado, Lagertha, a atual rainha de Kattegat e personagem que já conhecemos muito bem. Luta para manter seu reinado e pela sua vida – já que a mesma, assassinou a mãe de The Boneless.

Como havia dito anteriormente, a única pessoa que conseguiria parar Ivar, era Bjorn, e seu plano de pressupor o que irmão faria, foi excepcional. Não podemos esquecer que Ironside quando quer, é tão engenhoso quanto o pai foi.  Até mesmo a ideia de tentar um equilíbrio entre os lados, foi  interessante. Após um plot bem sem noção essa temporada, Bjorn que havia sido um personagem tão bem construído, perde espaço na série, o que é uma pena.

Ivar ter perdido a batalha nos indica que apesar de toda inteligência, um numeroso exército, ele não é invencível. Ele falhou em ter subestimado seus adversários, em ter seguido demais seus próprios instintos e pior, perdeu um grande aliado e guerreiro: bispo Headmund, que agora viverá do outro lado da guerra, podendo escolher lutar pela Lagertha, o que seria o pior dos cenários. Ou seria tudo parte de um grande plano de The Boneless? vimos anteriormente que ele não mede esforços para conseguir o que quer – até mesmo “perder” uma batalha para baixar a guarda de Lagertha e Bjorn.

O papinho de “Não vou lutar contra meus irmãos” chegou a ser bem forçado. O plot tinha tudo para dar certo em outra ocasião ou personagem, porém a série vem moldando Ivar como uma pessoa sem afeto por nada nem ninguém, que não importaria-se de matar o próprio irmão por poder. Embora  queira vingar a mãe, supre a necessidade de atenção e poder, causando um descontrole emocional e insano.

Bom, Ivar perdeu e Lagertha ganhou, mas foi somente uma batalha, a guerra está longe de terminar. A rainha de Kattegat pode esperar que uma vingança com certeza chegará.

Vikings volta na próxima quarta-feira (17), com o episódio intitulado “A Simple Story”. Assista a promo:

 

 

The Joke

Nota do Episódio - 9

9

Review do oitavo episódio da quinta temporada de Vikings, da History Channel, intitulado "The Joke".

User Rating: Be the first one !

About Letícia Garcia

Paulista, porém mora na Carolina do Norte. Jornalista e apaixonada por séries e futebol. Grey's Anatomy é a série da vida, mas também é fã de Spartacus, Supernatural, Vikings e Friends. No Mix de Séries escreve as reviews de Vikings, Prison Break, 13 Reasons Why e Riverdale.
  • MayB

    Meu, o Ivar pode ser inteligente que os outros. Mas o Bjorn conviveu, lutou e aprendeu muito com o Ragnar e é mais experiente, alguma vantagem tem que ter!! A Lagertha também!! Não queria que ela morresse, ela é muito foda!!! Eu não vou de jeito nenhum com a cara do Ivar, mimizento e chata pra caramba!
    Mas não tinha pensado nessa possibilidade que você apontou sobre o bispo “deixado” ser capturado. No episódio passado eles estavam engenhando alguma coisa naquele jogo, achei que fosse na batalha.
    #TEAMLagerthaSEMPRE