Crisis on Earth-X: O maior crossover do Arrowverse valeu a pena!

Imagem: The CW/Divulgação

Os episódios crossovers anuais das séries da DC se tornaram uma marca poderosa para o canal The CW, que ano após ano tem se superado. Para 2017 não poderia ter sido diferente e Crisis on Earth-X superou todos os anteriores, mostrando-se um grande sucesso para a emissora e um grande presente para os fãs.

Neste ano, foram 4 episódios de 4 séries apresentados em duas noites especiais, com uma grande história que adaptou sagas e momentos conhecidos dos quadrinhos, sendo os dois principais o casamento de Barry e Íris e a Terra-X.

O casamento mostrado na primeira parte foi o que motivou inicialmente a união da maior parte do elenco das 4 séries que terminou levando os heróis a enfrentarem a opressão do exército de guerreiros nazistas vindo da Terra-X, uma dimensão paralela onde Hitler venceu a Segunda Guerra Mundial e agora é dominado pelos poderes do Führer Oliver Queen e da Overgirl, uma versão maligna da filha de Krypton, que vieram a Terra-1 através da aliança feita com o Flash Reverso Eobard Thawne. O motivo da invasão do vilões é a busca de uma salvação para a Overgirl, que está sofrendo com a alta exposição à radiação solar.

Esta história foi uma excelente oportunidade para momentos muitos especiais nesse crossover.

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS
Além de podermos ver versões alternativas de muitos dos personagens que estamos acostumados a acompanhar ano após ano, trabalhar com diferentes dimensões abre uma oportunidade especial para trazerem de volta alguns velhos conhecidos das séries que dificilmente voltariam a aparecer de outra forma, já que sua contraparte na Terra-1 já morreram.

Um personagem que se tornou querido por grande parte dos fãs desde que The Flash estreou foi Capitão Frio. Wentworth Miller esteve presente nas duas últimas partes do evento e trouxe para as telas o Cidadão Frio que nos quadrinhos foi um personagem alternativo de Flashpoint.

Esse especial também foi uma boa oportunidade para inserir um novo personagem do universo da DC na televisão que em breve estreará sua própria série animada na plataforma digital CW Seed. Estamos falando de The Ray, que foi um excelente acréscimo a esses episódios, um herói da Terra-1 que vive na Terra-X e aliado de Capitão Frio e a resistência.

Mas nenhuma participação especial surpreendeu tanto quando a de Tommy Merlyn, a quem os fãs desejavam ver de volta à Arrow há algum tempo já. Trazê-lo como a pessoa por baixo da máscara de Prometheus da Terra-X foi uma sacada incrível da produção, já que os fãs teorizavam que ele seria o vilão na quinta temporada de Arrow. Esse com certeza foi um grande fan service e um presente para nós fãs.

Imagem: The CW/Divulgação

ENCONTROS E REENCONTROS
Como citei anteriormente, esses episódios também marcam o encontro de pessoas que ainda não se conheciam e o reencontro de outros que em algum momento marcou uma das séries.

Oliver e Tommy, Barry e Kara, Cisco e Felicity, Mick e Snart (ou Leo), Sara e Alex e tantos outros que, seja através de um alívio cômico ou uma cena emocional, trouxeram cenas e falas marcantes para esses episódios.

DESPEDIDA
Nem só de alegrias e muita ação o crossover desse ano foi construído. Tivemos a triste despedida do adorável Victor Garber do universo da DC na televisão. O Professor Stein esteve presente desde a primeira temporada de The Flash e foi um membro fundador da série derivada Legends do Tomorrow, como uma das metades do herói Nuclear. Desde que anunciaram que o ator em breve deixaria o elenco da série, nunca imaginávamos que o perderíamos de forma tão chocante e triste, muito menos que seria durante este crossover. De qualquer forma, o personagem se despediu em um momento especial para as séries.

MOMENTOS ÉPICOS
Os momentos que todos mais aguardamos dentro desses especiais são sempre as cenas de ação e os embates épicos que marcam os episódios. Este ano a produção se superou, tanto em quantidade de super-heróis em uma mesma cena quanto na quantidade de cenas de ação.

Cada uma das quatro partes foram marcadas por tais embates. Tivemos o grande primeiro combate no casamento de Barry e Íris que reuniu pela primeira vez todos os super-heróis. Ainda tivemos os heróis que dão título as séries enfrentando os vilões da Terra-X, e também uma incrível luta entre Flash e Ray contra o Tornado Vermelho. Mas nada foi tão grandioso e super incrível quanto o combate final que encheu os olhos dos fãs e foi poderosamente orquestrado pela produção das séries.

PONTOS NEGATIVOS
Por se tratar de uma produção para a TV, que conta com um orçamente reduzido, nem todas as cenas que utilizam CGI e efeitos visuais saíram 100% perfeitas. Uma em específico acabou saindo visualmente vergonhosa, que foi a cena que mostra o Arqueiro Verde passando de um lado para o outro tentado evitar a queda do prédio em construção.

Cenas que costumam não serem muito boas também são aquelas onde os personagens são completamente construídos em CGI, como os Dominadores que até hoje não se saíram tão bem nas séries nem mesmo na rápida aparição da parte 1.

Apesar desses pequenos detalhes, o especial desse ano conseguiu se superar visualmente e esses pequenos pontos negativos não estragaram de forma alguma a experiência.

O MAIOR EVENTO DA DC NA TELEVISÃO
Os episódios deste ano formaram um crossover completo. Definitivamente foi o maior trabalho do canal e o resultado foi mais que positivo. Os roteiros foram bem escritos, as histórias bem distribuídas dentro das quatro séries, com muita ação, ótimos alívios cômicos, surpresas muito agradáveis, momentos marcantes, emocionantes e épicos. O mais interessante, caso não tenha notado, foi como conseguiram manter o clima e o tom específico de cada uma das quatros séries conforme a história ia passando entre elas dento das quatro partes. Tom mais leve e aventuresco em Supergirl e Legends of Tomorrow, mais épico em The Flash e mais denso e profundo em Arrow.

Com certeza será difícil superar o crossover deste ano na próxima temporada, mas se tem uma coisa que a produção da The CW tem provado é que elas estão preparados para o desafio. Que história será que nos aguarda e que nossos heróis terão que enfrentar no próximo ano? Só sei que estarei aguardando ansiosamente.

Enquanto isso poderemos rever quantos vezes for possível este incrível especial da DC…

REVIEWS DO CROSSOVER: PARTE 1PARTE 2PARTE 3PARTE 4.

Nota do Episódio - 10

10

Crisis on Earth-X

User Rating: 5 ( 1 votes)

Comments

comments

About Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.