Crítica: Arrow faz episódio nostálgico com 6×15 – Doppelganger

Imagem: The CW/Divulgação

A temporada passada, além de ter concluído um grande ciclo em Arrow, também homenageou de certa forma as duas primeiras temporadas da série. Dessa vez, o episódio dessa semana de Arrow começa uma sequência de episódios que faz conexão com a terceira temporada da série.

Foram tantos elementos presentes que nos deu certa nostalgia dessa época da série: Roy retorna a Star City. Thea volta a vestir o uniforme de Speedy. Relances da antiga Laurel com Sereia Negra se passando por ela. O antigo trio de vigilantes em ação. A Liga dos Assassinos voltando a dar as caras. Por mais que a terceira temporada tenha começado aos poucos uma queda na qualidade da série, teve seus grandes momentos.

Desde que anunciaram o retorno de Colton Haynes para a série, mesmo que fazendo apenas uma participação, a ansiedade era grande. Por mais que não tenhamos visto muito dele em ação neste episódio, foi o suficiente para nos trazer boas lembranças dele na série. Espero poder vê-lo em campo no próximo episódio e quem sabe até vestindo seu velho uniforme como Arsenal.

Thea foi quem roubou a cena no episódio. Finalmente a personagem teve seu momento nesta temporada. Não é de hoje que ela tem sido colocada de lado. Ok, Willa Holland não é uma das melhores atrizes. Nem tão boa assim em cenas de ação. Mas acho que ela ganha mais presença e importância na série vestindo o uniforme de Speedy do que apenas como a irmã do prefeito. Foi emocionante podermos vê-la de volta a ação, lutando lado a lado com o Arqueiro. Até mesmo tomando decisões precipitadas e às vezes imprudentes.

Imagem: The CW/Divulgação

Por mais que goste dos recentes heróis/vigilantes presentes no elenco, faz falta vermos mais personagens recorrentes das histórias originais do Arqueiro Verde. Afinal de contas se essa é uma série sobre um herói arqueiro, nada mais justo que termos seus aliados e coadjuvantes também presentes nela. Seria demais pedir o retorno fixo de Arsenal e Speedy? Ou quem sabe até mesmo a apresentação de outros sidekicks do Arqueiro Verde?

Fico curioso para saber como os roteiristas pretendem terminar esta temporada. Oliver e cia já sabem que Diaz é quem está por trás de tudo. Ele e Anatoly não tem se mostrado inimigos tão poderosos assim. Ainda por cima ambos caem e sobem, vão e voltam. E ainda faltam muitos episódios até a season finale. Está faltando aquele plot twist chocante para esta temporada e espero que os roteiristas não nos decepcionem este ano.

CURIOSIDADES:

– Para quem não se lembra, o membro da Liga dos Assassinos se refere a Thea como Herdeira do Demônio por causa de seu pai Malcolm Merlyn ter sido Ra’s al Ghul.

– Roy Harper disse que esteve escondido durante esse tempo na cidade de St. Roch. Nos quadrinhos, a cidade é atualmente o lar do casal Homem-Gavião e Mulher-Gavião, onde o arqueologista Carter Hall trabalha no Museu Stonechat.

Doppelganger

Nota do Episódio - 9

9

Review do décimo quinto episódio da sexta temporada de Arrow, da The CW, intitulado "Doppelganger"

User Rating: Be the first one !

About Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.
  • Victor Pires

    Esse foi o melhor episódio desta temporada

  • Marcos André

    sinceramente é tenso ver a Thea batendo nos caras com o dobro do peso dela, mais ainda ver o Ollie com medo de uns caras da SWAT kk