Crítica: Arrow revela identidade de novo Arqueiro em 7×08 “Unmasked”

Imagem: The CW/Divulgação

Após um incrível episódio que encerrou o arco da prisão Slabside em clima de season finale, era de se esperar um episódio mais calmo e mediano. Mas em se tratando de Arrow, Star City nunca dá uma trégua para Oliver. O último episódio trouxe ação, novos status para os personagens e revelações interessantes.

Enfim a identidade do novo Arqueiro Verde se confirmou: Emiko Queen. A informação talvez não tenha sido um grande choque para os mais atentos, já que há algum tempo soltaram o spoiler no título do episódio 10, “My name is Emiko Queen”. Apesar de terem alterado o título, a suspeita já estava solta. A introdução de Emiko pode ser mais um ponto muito alto para a sétima temporada, dependendo de como a usarem. Mesmo sendo irônico introduzirem a personagem criada como a versão de Thea Queen dos quadrinhos, sua apresentação dá a oportunidade de vermos bons arcos serem adaptados. Tais como A Morte e Vida de Oliver Queen, o Nono Círculo e o recente Emerald Outlaw.

Novas tramas para Arrow

Como este oitavo episódio iria encerrar a primeira metade da temporada antes do hiatos de inverno, alguns pontos precisavam guiar a trama para o que virá a seguir (também conhecido como janeiro). Após os últimos acontecimentos, eu esperava que Diaz demorasse um pouquinho a mais para voltar a dar as caras. Mas entendo que precisavam usá-lo neste episódio como gancho para o restante da temporada.

O arco da prisão foi uma fase muito ousada e especial para esta temporada. Talvez por conta disso o episódio dessa semana pareça ter destoado do restante da temporada. Quase como se fizesse parte de outra época da série. Até como se estivéssemos começando uma nova temporada. O que pode ser bom para Arrow, por se tratar de uma temporada longa. O Nono Círculo pode ser o próximo grande grupo de antagonistas desta temporada. As pistas que Diggle e Lyla irão seguir com a ajuda de Diaz poderá os levar a associação secreta em breve.

Os flashfowards deste episódio também apresentaram uma nova personagem: Blackstar. Como visto, Maya não tem relação com nenhum personagem dos quadrinhos, e apesar de muito ainda continuar sem respostas, desconfio grandemente que ela possa ser filha de Oliver e Felicity. A personagem tem muito das características e personalidade de ambos. Além disso, foi revelado que esses eventos que temos acompanhado se passam 20 anos no futuro e o que significa enfim a Marca dos Quatro. Resta saber agora quem mais além de Dinah tem a tatuagem.

Olicity

O grande foco dado em Olicity até condiz com o que vínhamos vendo no desenvolver de Felicity. Chegaria o momento em que Oliver descobriria como ela tem agido e ter que lidar com essas mudanças, que ao que tudo indica será definitivo já que vemos consequências disso nos flashfowards. Só espero calorosamente que essa trama não se arraste e ganhe maior destaque. Por outro lado, será interessante vermos como será a dinâmica de Oliver agindo em aliança com a polícia. Só estranha o casal não ter buscado William de volta agora que ambos estão em segurança.

Após o crossover especial na semana que vem, Arrow se encaminha para a segunda parte da temporada com boa promessas. Arrow parece estar bastante no comando de suas história nesta temporada, e tem uma boa base para os episódios futuros. Agora é aguardar até janeiro para descobrirmos o que a produção tem preparado para o show.

Imagem: The CW/Divulgação

CURIOSIDADES:

– Nos quadrinhos, Emiko Queen foi introduzida durante os Novos 52 na edição 18 em 2013, durante a primeira temporada de Arrow. Emiko foi criada como uma adaptação de Thea Queen já que essa for criada originalmente para a série. Emiko também é uma meia-irmã de Oliver, filha ilegítima de Shado e Robert Queen. Foi criada por Simon Lacroix, o Komodo. Já adulta, ela o mata e passa a atuar ao lado de seu irmão Oliver como Arqueira Vermelha.

– Este episódio marcou o retorno de Max Fuller que apareceu pela última vez no terceiro episódio da série, “Lone Gunmen”.

– Este é o primeiro oitavo episódio de uma temporada de Arrow que não inclui a participação de Grant Gustin (Barry Allen) desde “Vendetta“, da primeira temporada. Ou seja, é o primeiro que não é o episódio de crossover.

– Referências Nerds:

  1. Curtis cita a série The Mentalist.

Unmasked

Nota do Episódio - 8.5

8.5

Review do oitavo episódio da sétima temporada de Arrow, da The CW, intitulado "Unmasked"

User Rating: Be the first one !

About Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.