Crítica: Bonnie e Nate ganham destaque no episódio 3×02 de Murder.

Imagem: ABC/Divulgação

Que essa volta de Murder está lembrando muito a primeira temporada, ninguém duvida. E a volta dos casos com os alunos da clínica só reafirmam isso. Fiquei felizona vendo que tínhamos um caso daqueles para resolver. Então… vamos lá!

Michaela, ou a gente ama ou a gente odeia

Nossa, Annalise ainda está sendo pisoteada por todos os Keating’s, pelo que aprontou com Simon temporada passada. Michaela conseguiu derrubar seus coleguinhas e ficar com o caso. Que coincidentemente era para defender uma imigrante lésbica, o que lembrou Simon na mesma hora.

Até chegar à vitória, Michaela comeu um pãozinho bom de mamãe Annalise. A arrogância e prepotência da moça, às vezes, não deixa que ela enxergue que não precisa imitar ninguém. A bicha é brilhante, mas é muito egoísta. Amei que ela soube baixar a cabeça para Annalise e dar a oportunidade de salvar realmente uma vida. Foi uma forma bonita de se redimir com os amigos e com Simon.

Enquanto isso… temos Frank, tentando a todo custo entrar na vida de Gabriel – gostoso e prepotente – Maddox. O que Frank não contava era que o gatão está mais ligado que todos nós. Minha gente, quem ainda usa um telefone antigo daquele? Gab sim! Parece que o garotão sabe onde se meteu. Anotem aí… Esse cara não é nenhum inocente na história. Ele sabe de muito mais coisa do que aparenta. Agora, o que está me corroendo é quem seria ‘”the one” no telefone de Frankão? Com quem ele tanto fala sobre Gabriel? Meu povo, que nó está minha cabeça!

Maddox, tão parecido com tudo que já vimos antes!

Imagem: ABC/Divulgação

Como o suposto filho de Bon Bon está em pauta, vamos ao que interessa. Nate começou a crescer desde o final da temporada passada, o que achei super válido. Agora, está metido até a alma nesse CSI filho perdido. Já adiantando o final do episódio um pouco… A forma como Bonnie fala de Nate, sabemos que vem treta. Vocês estão ligados que eles vão ser os grandes nomes da temporada, ? Apostem alto e criem suas teorias. Pois Nate descobriu que o filho de Bonnie foi sequestrado… pela própria Bonnie? Gente, minha cabeça bugou!

Será mesmo que a fiel escudeira de Annalise escondeu seu filho por tanto tempo? O moço descobriu e agora busca vingança por algo que a gente ainda não sabe o que é. Eu sei que está difícil de acompanhar, mas tem muita coisa se desenrolando. Muitos enredos e muita bagaceira ainda vai rolar por todos os lados.

Asher trabalhando com o novo boy de Bonnie. Annalise e Bonnie jantando juntas e, como sempre, tudo terminando em lugares escuros. Quero as duas unidas de novo, oxê! Está bom já, de tanta briga.

Por fim, e não menos importante, “Whose Blood is That, Bonnie?”. Quem apostou em Michaela ou Laurel, se enganou… No jogo do resta um, elas já estão salvas. Pelo nervosismo de Bon Bon, quando foi perguntada sobre Nate, já nós dá uma pista de que ele investigou mais do que deveria. Só não acredito que ela teria coragem, muito menos força física para acabar com um homem daquele tamanho sem ajuda. O filho perdido pode ter ajudado sua mami? Eu não duvido de nada!

Me contem as teorias de vocês para essa temporada tão nostálgica e cheia de mistérios. Até semana que vem!

P.S.: A colega de quarto de Gabriel passou foi bem, dormir com Frank e ainda ganhar uma bolada. Me compra Frank, nunca te pedi nada!

P.S. 2: Connor e Oliver tentando descobrir se Gabriel é gay, maravilhosos demais!

P.S. 3: Laurel e suas chantagens chatas estão me cansando. Feliz está Frank que não casou com ela.

Whose Blood is That?

Nota do Episódio - 8

8

Review do segundo episódio da quinta temporada de How To Get Away With Murder,da ABC, intitulado"Whose Blood is That?"

User Rating: Be the first one !

About Renata Ribeiro

Renata Ribeiro
Publicitária, Alagoana e arretada! Faz cosplay de Meredith Grey . Apaixonada por One Tree Hill e O.C .Nas horas vagas é a Gossip Girl. XoXo