Crítica: Episódio 4×11 de Murder mostra todos os monstros da família Castillo

Imagem: Spoiler Tv/ Divulgação

Voltamos ao ponto em que How to Get Away With Murder não avança em nada na história. Tivemos um episódio morno esta semana, porém, com uma luz no fim do túnel.

Chegou o dia do embate entre os Castillo, e a audiência para ver quem ficaria com o bebê de Laurel foi cercada de tensão e muito ódio. Se o mundo acha Annalise barra pesada, foi porque ainda não tinham conhecido o advogado de Jorge. Gente, sério! Que homem mais asqueroso e barra pesada. Estávamos cientes que o jogo ia ser duro, mas desse jeito, não! Laurel estava certíssima que ganharia a custódia do filho apenas com o depoimento de mamãe. Coisa que estava longe de acontecer…

Fomos então, apresentados a mais um dos muitos monstros que os Castillos escondem…

A matriarca chegou de uma forma desconfiada, mas muito plena, né? Para uma pessoa com doença mental, a mamãe Castillo não estava tão ruim. Conforme o desenrolar do episódio, entendemos toda a ligação de Laurel com a mãe. Principalmente, no depoimento ao tribunal.

Pudemos, enfim, entender tudo que as duas passaram nas mãos de Jorge. E o quanto nossa mini Keating foi forte em suportar tudo. Me emocionei bastante entendendo tudo que estava por trás do vicio, internação e etc…

Mas, indago aqui o que disse uma review atrás: até que ponto Jorge é culpado por tudo? Tudo bem que aquele sorriso sarcástico faz nosso coração parar de raiva. Juntando as peças, mamãe tinha Dominic como um filho., e ainda descobrimos que a mesma encontrou Wes. Aparentemente, Laurel estava lutando contra o inimigo errado. Basta ver a cara que a mãe faz quando olha para a foto de Wes. Desprezou meu Keating favorito (sim, eu amava o Wes, mesmo contra todos.) sem precisar dizer uma palavra.

“Wes, vai voltar para casa…quer dizer, o baby Wes.”

Foi com essa frase que trememos na base e inevitavelmente pensamos: seria possível ver Wes vivo? Não creio que para a história isso séria possível. Não conseguiria engolir que fui enrolada por tanto tempo. Mas, um motivo forte existe para que essa frase tenha sido dita. Eu não consigo nem apostar o que possa ter acontecido, e qual foi conversa entre mamãe Castillo e Wes.

Porém, hoje, aposto muito mais que tem dedo dela do que o de Jorge no assassinato. Jorge se defendeu da acusação de ter matado nosso menino,mas deixou claro que está atrás do HD e isso vai ser a moeda de troca pelo baby. Resta saber quem está com esse maldito.

Quero aqui destacar só mais dois pontos do episódio…

A história extremamente emocional do pai de Nate, dando a ele um plot digno. Fazia tempo que eu torcia para que ele saísse da sombra de Annalise, e parasse apenas de escutar as conversas. Eu fiquei sem chão vendo o acerto de contas entre pai e filho. E ainda não entendo o motivo de Nate ter esperado tanto tempo para tentar salvar o pai. Que Annalise consiga juntar os dois novamente, porque amor a gente viu que ainda existe.

Falo agora de Isaac, que sofreu na pele os efeitos colaterais de entrar na vida de Annalise. Gente, que cruel o que fizeram com ele no tribunal, sério! Para mim, Isaac entrou para ser um personagem forte, e não acredito de forma alguma que ele tenha feito qualquer coisa contra a filha. Esse é apenas o preço que se paga por tentar ajudar Annalise. Fico aguardando que ele consiga se levantar e não se deixe levar por palavras de um advogado tão cruel. Ele merece muito mais!

Não avançando na história mas se aprofundando em alguns personagens, Murder continua confundindo mas mostrando o caminho certo. Até o final da temporada salve-se quem puder. Os Castillo não estão para brincadeira.

P.S.: Bon Bon, Nate e Annalise. Parece que voltamos aos bons tempos da primeira temporada

P.S. 2: Oliver amiguinho, pare! Ainda bem que você tem o Connor para dar um balançada. Não é possível!

P.S. 3: Frank sendo deixado no vácuo pela sogrona! HAHAHAHA

He's a Bad Father

Nota do Episódio - 8.5

8.5

Review do décimo primeiro episódio da quarta temporada de How to Get Away With Murder, da ABC, intitulado He's a Bad Father.

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Renata Ribeiro

Renata Ribeiro
Publicitária, Alagoana e arretada! Faz cosplay de Meredith Grey . Apaixonada por One Tree Hill e O.C .Nas horas vagas é a Gossip Girl. XoXo
  • Bruno D Rangel

    Espero veementemente que o Wes tenha realmente morrido. Acho que ele não deixaria a Laurel sofrer por tanto tempo.

    Eu dei um grito quando mostrou a filmagem do Wes com a Sra. Castillo. Realmente não esperava por isso.