Crítica: The Resident aprofunda personagens e mantém o ritmo com episódio 2×02

Imagem: Divulgação/FOX

Nada de correria nos corredores do Chastain… 

Para quem foi assistir o episódio 2×02 de The Resident, “The Prince & The Pauper”, esperando correria, sinto informar: quebraram a cara. Este talvez tenha sido um dos episódios mais parados, de toda a série. Mas isso não necessariamente quer dizer que ele tenha sido ruim.

Neste segundo episódio, tivemos algo que é importantíssimo para a relação do público com os protagonistas de The Resident – aprofundamento dos personagens. Na verdade, tivemos mais uma exploração de alguns lados pessoais, que poderão influenciar na trama ao longo da temporada.

Continua após a publicidade

Enquanto para uns, a trama do Dr. Pavesh tenha chamado sobre a chegada dos novos internos, me chama atenção a relação dele com Julian, a nova representante de produtos que chegou no hospital. O fato de termos sido apresentados a mais detalhes do casamento do médico deu indícios de que tudo pode mudar. Eu não sei vocês, mas senti uma tensão sexual bem grande entre os dois. Será que o “corretinho” Pavesh vai trair sua futura esposa?

Já para o lado de Nic e Conrad, tudo são flores. O casal está aproveitando o momento, respirando um relacionamento saudável entre eles – algo que não pôde ser explorado na primeira temporada. Eu acho os dois uma graça, e torço para que eles continuem estável, desse jeitinho. Eles se completam e a dinâmica entre eles fluem naturalmente. Faz bem para a série e para todas as tramas interligadas entre eles.

Para o lado do Dr. Bell, só “ranço”. Não basta ficar no pé dos médicos, agora temos de engolir uma prisão por favorecimento de prostituição. Claro, ele escondeu do hospital e assim pretende continuar. Mas acho que esse deslize vai se voltar contra ele, a qualquer momento. E isso poderá ser um trunfo usado por Conrad, caso Bell ainda queira voltar naquele acontecimento do primeiro episódio, em que um paciente foi aberto no meio do corredor.

Casos em segundo plano

Os casos da semana ficaram bem em segundo plano, mas nem por isso deixaram de ser bacanas. Entre o garoto que se acidenta e acaba descobrindo que tem câncer, com um histórico familiar nada animador, tivemos também uma garotinha que “assaltava” o hospital, atrás de insulina. Foi um caso bem interessante de acompanhar, e comprei a sua história.

Além disso, tivemos também a continuação da história de Micah, que parece andar num ciclo sem fim após o seu transplante na primeira temporada. Mas enquanto o relacionamento dele com Mina parece fluir, quem está de olho nisso tudo é AJ. Ao que eu entendi, o médico está desenvolvendo sentimentos pela sua colega. Honestamente? Já estou torcendo.

Money, Money, Money

Não poderia deixar de ressaltar como que a questão financeira ainda pesa para o roteiro de The Resident. Em nenhum momento, se esquece que trata de um hospital particular. O dinheiro corre solto, e o Dr. Bell está ali para lembrar disso.

Até um serviço de helicóptero para transportar pacientes foi criado. Tudo para faturarem ainda mais. Mas parece que o pai de Conrad está disposto a mudar isso. A guerra dele com o Dr. Bell será feia, e não duvido que até o final da temporada algo grave possa acontecer em decorrência disso.

Continua após a publicidade

Como disso no começo dessa review, o fato do episódio ter sido mais lento não condiz com uma ruim qualidade. Aliás, adorei esse episódio. Claro que The Resident tem um forte nos casos mais agitados, mas episódios como este fazem bem para o público respirar…

The Prince & The Pauper

Nota do Episódio: - 8.7

8.7

Crítica do episódio 2x02 de The Resident, The Prince & The Pauper.

User Rating: Be the first one !

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.