Dawson’s Creek: Uma doce Lembrança

Imagem: TuneFind

You know you love someone when you can spend the entire night, sitting by the fire, just watch them sleep“.

Com essa frase inesquecível nós começaremos a nossa viagem por uma das série que acaba de completar 19 anos de existência e que é a mais incríveis que eu já tive o prazer de assistir: Dawson’s Creek. Criada por Kevin Williamson em 1998, a série foi transmitida integralmente pela The WB, famosa pelos shows com temática adolescente. E é verdade, estamos a acostumados a assistir inúmeras séries com este tipo de história, mas DC foi diferente, desde o começo.

Dawson’s Creek era uma série singela, delicada, doce e muito sútil. Talvez um pouco em função da época, não fomos obrigados a lidar com apelação, coisa que estamos cansados de ver nos dias de hoje. Inicialmente, acompanhamos a vida de dois grandes amigos na faixa dos 15 anos, começando a viver a adolescência e descobrindo o mundo pela frente. Parece chato e cansativo? Parece, mas não é. Foi incrível acompanhar o crescimento de Joey e Dawson e como a vida interfere nos nossos planos na medida em que nós vamos crescendo.

Um dos pontos mais marcantes é o cuidado que a série teve em nos mostrar essa transição tão complicada entre a adolescência e a fase adulta. Pudemos acompanhar com muita calma a fase em que os personagens começaram a descobrir sentimentos além da amizade, a fase em que começaram a se apaixonar, o ciumes, as brigas, a maturidade que ia chegando aos poucos, até o momento em que todos puderam escolher o que queriam para sua vida.

Os personagens? Um show a parte. Impossível não se apegar e não se apaixonar por cada um deles. Dawson (James Van Der Beeck – Don’t Trust The Bitch), Joey (Katie Holmes), Pacey (Joshua Jackson – Fringe, The Affair), Jen (Michelle Williams – Brokeback Mountain), Jack (Kerr Smith – The Fosters). Cada um teve algo especial para entregar na história. Mas Pacey, este roubou a cena. Sabe o personagem secundário que acaba se tornando protagonista? Pois é. Costumo dizer que a história era sobre o Dawson, mas a série? Todinha do Pacey. E se você ainda não assistiu e decidir fazer uma maratona, tenho certeza que você irá concordar comigo.

Imagem: teleseries

Jen e Jack são dois personagens que se tornaram inesquecíveis. Jen sempre foi a típica adolescente, problemática, rebelde, mas que teve que amadurecer com os acontecimentos da vida e um dos grandes responsáveis por ajudá-la neste crescimento foi Jack, que se tornou parte fundamental em sua vida e os dois formam, até hoje, uma das duplas de amigos mais linda e emocionante que conheço.

Dawson’s Creek também teve o seu momento “Malhação” e tratou de assuntos importantes e até mesmo polêmicos para a época. Gravidez, homossexualidade, traições, mas tudo de uma forma clara e sem alarde. Tudo nesta série e nesta história foi tratado com muito cuidado e muito carinho. Talvez por isso soasse tão natural em uma época em que discutir tais assuntos era tabu.

O romance é outro ponto chave da história. Dawson’s Creek é uma série extremamente romântica e isso deixa tudo ainda mais lindo. Ainda não existia hashtags naquela época, mas, se existisse, certamente o mundo estaria dividido em #TeamPacey e #TeamDawson. Imaginem que Joey é a Elena de TVD daquele tempo e sim, a disputa foi praticamente a mesma. Claro, o mundo tem o seu preferido e não, não vou contar quem é e muito menos com quem a nossa protagonista ficou. Só posso dizer que durante algumas temporadas esse triângulo amoroso foi extremamente explorado e rendeu lindos e inesquecíveis momentos.

Dawson’s Creek é uma história sobre amizade, sobre amor, sobre família, sobre amadurecimento. Uma história que nos faz rir, se emocionar, chorar, sofrer. Uma história que comove e que entra no fundo da nossa alma e se torna, sem a menor dúvida, a história do nosso coração. Pra ser seriador de verdade tem de ter assistido e digo mais: vocês não sabem o que estão perdendo.

Assistam, curtam e se apaixonem!

About Jeh Mari

Vive sua história de amor através de Nathan e Haley. Acha que FRIENDS é a oitava maravilha do mundo (e ai de quem falar o contrário). Seu sonho: encontrar o seu Pacey Witter. Formada em Direito, mas deveria ter optado por comunicação, afinal, é geminiana. 26 anos, 7486 episódios assistidos.
  • porlapazyporlavida lc

    Pacey S2 melhor personagem de longe.