Depressão de Eric Dane é mais um exemplo da doença que atinge muitos artistas

Imagem: TNT/Reprodução/Divulgação

No começo desta semana ficamos surpresos com a declaração de que a produção de The Last Ship havia sido pausada para que o seu protagonista Eric Dane pudesse tratar um quadro de depressão. Muitos fãs ficaram chocados com o diagnóstico ao ex-Grey’s Anatomy, tido como um dos grandes galãs da série, e adorado por muitos fãs.

Embora seja comum imaginarmos que os atores vivenciem uma experiência próxima a de seus personagens, muitas vezes isso não chega nem perto da realidade. O que está acontecendo com Eric Dane é apenas mais um exemplo da doença no meio artístico, que tem se tornado cada vez mais comum. Ele tornou-se parte de uma longa lista de celebridades que enfrentam problemas depressivos, como Jon Hamm, que estrelou Mad Men, mas que enfrenta um problema crônico de depressão após a morte de seu pai, além de David Arquette, Catherine Zeta-Jones, dentre outras que tornaram pública a sua condição.

De acordo com estudos feitos por psicólogos e psiquiatras norte-americanos, os atores tendem a ser extremamente vulneráveis aos fatores da depressão, e você pode estar se perguntando o porquê? Afinal, como um ator bonito, rico e famoso poderia ser infeliz? Pois bem, aí que mora o perigo e de acordo com alguns médicos, nem todo mundo que trabalha no mundo do entretenimento é uma celebridade. E para aqueles que possuem status de celebridade, muito do que você vê é o material de fazer imagem.

Como a depressão atinge estes famosos?

Recentemente, algumas publicações médicas têm levantado discussões sobre a propagação da depressão entre os famosos. São muitas as razões, desde a perda de entes queridos, à falta de trabalho e, o pior, a queda na carreira.

Nestes exemplos, a morte de Robin Williams, há 3 anos, levantou uma questão sobre a principal causa que pode levar uma celebridade à depressão: o ostracismo. Muitos acabam caindo no esquecimento, ou acabam em trabalhos com menos prestígios, sendo fatores que podem desencadear uma série de consequências. Além disso, há a pressão de ser tão bom quanto seu último papel, ou no caso de algumas, ficarem lembradas eternamente como uma figura. Matthew Perry, por exemplo, o eterno Chandler de Friends, enfrentou problemas com drogas durante anos e, mais recente, vem também enfrentando um quadro de depressão. Mesmo em atividade, o ator tem passado por problemas, ligados também ao fato de nunca ter emplacado um grande sucesso depois da comédia da NBC. Tudo isso abre possibilidade que proporciona a formação do quadro depressivo.

Mas no caso de Eric Dane, que passou anos em Grey’s Anatomy, e agora vem estrelando uma série de sucesso da TNT, o motivo pode ser outro. Além do constante julgamento que os artistas passam, sobre “o tom de um personagem”, ou uma “péssima interpretação”, fora os contratempos da vida particular, os holofotes em excesso podem incomodar determinada celebridade. Tudo isso acaba gerando um mal estar que desencadeiam em sérios problemas. Dane, em 2011, abriu sua privacidade ao assumir que frequentou reabilitação por conta de vícios em analgésicos após um acidente esportivo. Desde então, ator vem enfrentando altos e baixos no meio pessoal. E mesmo se fixando em The Last Ship, o ator estaria enfrentando problemas sociais e depressivos que o teriam levado a se afastar da produção.

Em recente publicação de um fórum médico de Chicago, um terapeuta ressaltou que as expectativas em cima de uma celebridade, além da pressão de se registrar tudo o que um artista faz, locais frequentados, ou mesmo a aspiração de seus passos, tornado-o uma imagem pública, desencadeiam quadros seríssimos de depressão que podem ser somados a outros problemas externos como bebidas, drogas, problemas familiares e até mesmo financeiros. Acredite, muitas celebridades possuem sérios problemas com isso. Coloque-se no lugar delas: imagine que você não pode sair para fora de casa sem ser fotografado, ou ir ao shopping fazer compras sem ser envolto por uma multidão. Imagine isso todos os dias de sua vida. É uma situação complicada.

Portanto, não adianta analisarmos a história superficialmente, a ponto de registrarmos apenas as coisas materiais que cercam a celebridade, ou a personalidade que conhecemos através de seus personagens, questionando-o se há mesmo razão para tal celebridade possuir esse quadro. A depressão é um sério distúrbio, e seus principais sintomas como tristeza, pessimismo, baixa autoestima, se tornam agravantes ao quadro, podendo atingir qualquer um – até mesmo o seu ator favorito de séries de TV.

Diante de tudo isso, fica a nossa torcida para que Eric Dane saia dessa logo, e consiga encontrar ajuda para enfrentar este problema – seja ele específico por um razão, ou não. Os fãs, com certeza, estão na expectativa para sua recuperação.

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.
  • Fernando Santos

    Depressão é o mal do século. Que este tema seja tratado até a exaustão para conscientizar as pessoas, porque a maioria ainda tem muita ignorância e preconceito acerca do assunto.