Divertida e original, Barry é uma das melhores séries de 2018 até agora

Barry, HBO, Primeiras Impressões
Imagem: HBO/Divulgação

Fazendo sua marca com diversão, excentricidade e frescor…

O título do primeiro episódio de Barry é muito interessante – Make Your Mark (Faça sua Marca). Uma ordem que certamente esteve na mente dos roteiristas e dos criadores, porque esse início realmente serviu para surpreender, marcar e destacar mais um grande acerto da HBO. É verdade que ela ainda está longe de ser tão boa quanto Veep ou The Comeback, acredito que nem é essa a intenção. No entanto, em meio a rebootsrevivais e remakes, assistir algo diferente, inteligente e surpreendente é uma injeção de ânimo para qualquer seriador no início de 2018.

Barry, HBO, Barry, HBO, Primeiras Impressões
Imagem: HBO/Divulgação

A proposta é bem interessante. Barry é um matador de aluguel no meio oeste dos Estados Unidos que recebe uma nova missão em Los Angeles. O problema é que ao se deparar com a nova missão, ele é sugado por um mundo bem diferente do dele: o teatro. O personagem logo se vê num palco contracenando com outro ator que, por coincidência, também é seu alvo. Certo de que encontrou seu chamado na vida, Barry acredita que uma carreira de ator pode estar no horizonte. Ele flerta com a nova realidade, será que pode ser um ator de verdade?

A partir daí caro leitor fica fácil imaginar que as possibilidades são inúmeras. E o roteiro não falha. Isso porque quando o telespectador imagina que eles vão tropeçar no clichê, ele é surpreendido por uma proposta que jamais pensariam que seria usada quiçá funcionaria numa comédia. Confesso que me vi repetindo algumas cenas para ter certeza que era realmente aquilo que tinha acabado de acontecer. É ágil, é divertido e cresce a vontade de assistir mais com o intuito de descobrir o que acontecerá em seguida.

O despertar de uma estrela!

Um dos responsáveis por toda essa energia é Bill Hader. Ex-membro do elenco do Saturday Night Live, cujo raro sucesso ficava limitado a tipos tragicômicos. Num projeto solo ele mostra que foi pouco explorado no programa de Lorne Michaels. Usando e abusando da liberdade provida pela HBO, Bill consegue brincar com estereótipos, fazer graça com os “artistas” da cidade do cinema e dá um toque de originalidade singular e admirável. Tenho que confessar que não considerava o Sr. Hader engraçado, mas Barry é realmente um divisor de águas.

Não posso terminar sem antes destacar o quão bom é ter Henry Winkler de volta à TV. Ele ensaiou um retorno em 2014 com o projeto The Winklers, mas foi rejeitado pela ABC para produção de Dr. Ken. Acredite. Ter a oportunidade de vê-lo como o egocêntrico Gene Cousineau é um deleite e mais um motivo para você assistir Barry o quanto antes.

Tem certeza que vai perder uma das melhores comédias de 2018? Quando saírem os indicados ao Emmy, não diz que não avisei.

Chapter One: Make Your Mark

Nota do Episódio - 10

10

Crítica do primeiro episódio da primeira temporada de Barry da HBO, intitulado de "Chapter One: Make Your Mark".

User Rating: Be the first one !

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.