Freddie Highmore comenta a expectativa de ganhar prêmios com The Good Doctor

Imagem: ABC/Divulgação

O sucesso retumbante e inesperado de The Good Doctor fez com que a série se tornasse um candidato muito interessante para a temporada de prêmios em 2018, principalmente no que se refere a performance de Freddie Highmore como o protagonista Dr. Shaun Murphy.

Sabendo dessa possibilidade, o Gold Derby, especialista em acompanhar qualquer tipo de premiação existente nos Estados Unidos, conversou com o ator para falar sobre prêmios, o que esperar do drama nos próximos meses e muito mais.

No mundo de hoje há muitos problemas numa base diária, a ideia de que alguém tem um coração grandioso e tenta fazer a coisa certa é alguém que atrai a atenção de todos,” explica Freddie sobre o sucesso do seu personagem. “O otimismo do Shaun é o que eu gosto dele. Sua visão esperançosa do mundo, a proposta de sempre ver o melhor no outro. Sem imediatamente julgar,” completou.

Em relação a premissa de The Good Doctor, Highmore comenta que “conhecia pessoas com autismo antes da exibição da série. Porém quando você conhece uma pessoa com autismo, você conhece uma pessoa com autismo. É importante lembrar isso com Shaun, construi-lo como um indivíduo. Ele não consegue representar todos com essa doença da mesma maneira que seu protagonista ‘normal’ não consegue representar aqueles na qual se parecem com ele“.

Quanto ao que esperar da reta final da primeira temporada, cuja primeira parte conclui-se na próxima segunda-feira (04), ele afirma que “a pergunta verdadeira agora que nos aproximamos do final dessa parte da primeira temporada é a independência, com Shaun percebendo que ele é quem ele sempre quis ser. E o racha entre ele e Glassman (Richard Schiff). Ele tem os melhores interesses do Shaun, mas ele não vê desta forma e a tensão entre eles estão crescendo.”

Quanto a possibilidade de ser indicado ao Globo de Ouro ou ao SAG (Screen Actors Guild) Awards, ele confessa estar bem surpreso com o sucesso. “É engraçado porque eu estou aqui em Vancouver onde estamos filmando. Construímos essas histórias pessoais em pequenas salas de hospital. Eu acredito que todos estão assistindo fora dessa bolha que estamos trabalhando“.

Comments

comments

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.