Game of Thrones – 7×02 – Stormborn

Got 7x02
Imagem: HBO/Divulgação

O domingo fica bem melhor com GOT, não acham? Mesmo que o episódio não tenha sido o mais agitado de todos, ou até mesmo mediano, GOT é sempre GOT e não tem como ser ruim. Talvez pelo fato de que tudo aconteceu tão rápido, sem lógica temporal nenhuma, o episódio tenha ficado um pouco atribulado, mas já devíamos ter acostumado com a falta de coerência de tempo e espaço da série, não é mesmo? Corvo está mais rápido que tweet, se deslocar a cavalo por Westeros nem se fala.

Logo de início, podemos ver que Sam está se saindo melhor que Meistres experientes. Para quem é apenas um estudante, ele foi bem ousado em tentar uma cura inédita e arriscada da Escamagris em Jorah. Doeu até em mim ver ele tirando aquela “casquinha”. Foi terrível! Será que deu certo?

Falando em Tarly, o pai de Sam, Randyll Tarly, foi encontrar Cersei e tentar se decidir de que lado ele lutará. Junto com ele foi seu outro filho, Dickon Tarly. Alguém reparou que o ator mudou? Game of Thrones tem dessas, né?! Mas falando sobre as estratégias da guerra, o patriarca da Casa Tarly sempre foi fiel aos Tyrell. Logo, seria uma traição lutar contra eles, mas a proposta de Jaime Lannister de ser o guardião do Sul é bem tentadora. O que ele fará?

Uma cena muito esperada era o encontro da Arya com a sua loba Nymeria. Apesar daqueles dentinhos afiados para cima da nossa guerreira, era ela mesma. Os olhares entre elas foi emocionante… quase chorei! A frase final que Arya pronuncia (“Não é você!”) é uma referência a uma frase que ela mesma disse na primeira temporada ao seu pai, quando ele menciona que ela vai casar com um Lorde e vai ter muitos filhos… “Esta não sou eu!”. Os produtores confirmaram tal referência e disseram que Nymeria não seria Nymeria se fosse domesticada. Ela é que nem Arya, bicho solto, livre… Que coisa linda, né?!

Aliás, Arya está dando um show a parte nesta temporada! Agora que está indo para Winterfell ao encontro dos irmãos, não vamos esperar menos destaque dela.

Porém, não podemos deixar de mencionar também a interatividade de Daenerys Targaryen. Nunca vimos ela interagir tanto com o elenco da série assim! Tyrion faz boas metáforas para dar conselhos, Olenna e Ellaria dão sua opinião, Varys é questionado, e até Melisandre encontra Dany! Acho ela bem diferente do pai, o Rei Louco, que foi muito tirano e sem noção. Ela é mais aberta ao diálogo, desde que não venha atacando-a, claro. Não acho que ela deva colocar fogo em tudo desta vez. Como disse Tyrion, ela tem que construir seu ninho, sua morada, e não ser a rainha que vive em cima das cinzas.

No Norte, Jon logo já recebeu o recado de Daenerys e analisou a hipótese de ir encontrar a Mãe dos Dragões. Todo mundo foi contra, até mesmo Lyanna. Ficou difícil convencer esta galera! E mais uma vez Sansa enfrentou seu irmão na frente de todos. O Rei do Norte, claro, não gostou, mas deu um jeito de convencê-la rapidinho. Até ele voltar, o Norte é dela! A menina Sansa ficou até surpresa, e aceitou. Com certeza é arriscado ir encontrar um Targaryen e um Lannister, mas temos que lembrar que Tyrion é um homem bom, e se for ver, Jon também é Fogo, só que ele ainda não sabe disso.. hehehe.

Agora, o que Mindinho ainda está fazendo em Winterfell? Vê-se que ele não toma partido, fica em cima do muro… tudo estratégia dele, né!? Caiu na besteira de mencionar Catelyn e Sansa… pra quê? Jon foi pra cima dele, que nem Ned fez no início da série, ameaçou Petyr Baelish. Na minha opinião, ele vai morrer logo logo. Está literalmente sobrando na história!

Por fim, encerrando o segundo episódio, Euron Greyjoy chega de surpresa e ataca o navio de Yara e cia. Achei esta batalha muito confusa, bem fraca mesmo. A la Sessão da Tarde! Fora que, como Euron sabia onde eles estavam? A ação resultou em Serpentes de Areia mortas, Ellaria e Yara capturadas e a fuga de Theon. Elas serão o presente para Cersei. Imagina o que a Rainha fará com a mulher que matou sua filha, hein?! Não quero nem ver.

Quanto a Theon, ele covardou e pulou na água. Porém, não teria muito o que fazer ali. Se ele reagisse, provavelmente os dois irmãos morreriam. Temos que lembrar que Theon ainda é traumatizado com o seu passado de torturas. Sua reação condisse com seu personagem e toda sua história. Acho que tinha que ter acontecido isso mesmo. No entanto, espero que ele ainda faça algo heroico para salvar sua irmã e surpreenda a todos com a superação dos seus medos.

Obs.: Vovó Olenna tem os melhores conselhos e as melhores respostas!

Obs.: 2: Mesmo sendo eunuco, Verme Cinzento mostrou que não decepciona! Missandei agradece!

Obs. 3: Já bastam os lobos morrerem, agora também os dragões? Faz isso com a gente não, HBO!

Stormborn

Nota do episódio - 7.5

7.5

Review do segundo episódio da sétima temporada de Game of Thrones, da HBO, intitulado "Stormborn".

User Rating: 5 ( 1 votes)

About Paula Reis

Paula Reis
Advogada e concurseira de plantão. No Mix, é editora de reviews e escreve a coluna Fashion Mix, as reviews de Game of Thrones e participa do Team Reality.
  • Bruno D Rangel

    Olenna incentiva Daenerys a partir pra guerra e Tyrion mais racional, a freando. Foi legal ver o embate entre Ellaria e Tyrion lembrando Oberyn. Melisandre volta pra onde começou sua saga.
    Outra coisa que aguardo é o reencontro entre Tyrion e Jon. Muito legal ver que a cumplicidade dos dois ainda persiste.

    No começo não havia entendido a frase de Arya para Nymeria, mas após a explicação dos produtores as coisas fizeram mais sentido. Arya partindo para o Norte após saber as notícias sobre Jon pelo Torta Quente foi empolgante. Pena que quando ela chegar ele já vai ter saído.

    O discurso de Jon é coerente em priorizar a Grande Guerra. O receio de Sansa é compreensível, visto o que aconteceu a Rickard e Brandon quando foram a Porto Real a pedido de Aerys. Jon não deveria ter deixado Mindinho em Winterfell.

    A cara de louco de Euron suja de sangue foi muito legal. Ele substitui Ramsay, que havia substituído Joffrey. Ele entregará a assassina de Myrcela pra Cersei (Ellaria). Será que Cersei vai se vingar?

    E quanto ao Theon, acho totalmente compreensível o que aconteceu. Ele não tinha o que fazer, não conseguiria salvar a irmã sozinho. Acho que ele acabará encontrando Gendry (que já foi confirmado o retorno dele pra série essa temporada).