Globoplay lança “Ilha de Ferro”, nova série nacional

Imagem: Mix de Séries

Na noite de anteontem, 13, o Globoplay realizou um evento para apresentação da nova série da plataforma, Ilha de Ferro, com presença da imprensa e de convidados. O evento contou com uma apresentação da série, a exibição do primeiro episódio, seguido de uma breve coletiva com o elenco. Ilha de Ferro estreou no serviço ontem (14).

O Globoplay organizou um evento para apresentar a sua mais nova produção, Ilha de Ferro, à imprensa e convidados. Realizado no Teatro Riachuelo, centro do Rio de Janeiro, o evento contou com a presença de boa parte do elenco.

A série conta a história de Dante (Cauã Reymond) e Júlia (Maria Casadevall), que, assim como os demais petroleiros, vivem pelo menos duas vidas: uma no mar, outra na terra.

Acima de tudo, a série aborda o confinamento de um grupo de petroleiros na PLT-137, a Ilha de Ferro, localizada a uma hora de helicóptero da costa brasileira.

A aposta no Globoplay

Primeiramente, o diretor do Globoplay, João Mesquita, apresentou a proposta da plataforma e o papel da nova série no planejamento do streaming brasileiro. Em resumo, João indicou a aposta do serviço na diversidade do conteúdo nacional e internacional para fazer frente à concorrência.

Para tanto, o Globoplay tem se mobilizado para fazer parcerias com estúdios internacionais, além de importar bastante conteúdo da TV aberta para compor sua grade.

Além disso, há a perspectiva de serviços multi-tela e marketplace em médio e longo prazo.

Exibição do primeiro episódio

Em seguida, foi exibido o primeiro episódio da série, com acompanhamento do elenco. Entre os nomes presentes na produção, temos Cauã Raymond, Maria Casadevall, Sophie Charlotte, Klebber Toledo, Osmar Prado e Taumaturgo Ferreira.

Na série, Dante é coordenador de produção da PLT-137 e vê o sonho de ser promovido a gerente ser interrompido pela chegada de Júlia, nova ocupante do cargo.

Em paralelo, os protagonistas têm de lidar com seus conflitos pessoais em terra. Sobretudo, são problemas de ordem familiar, mostrando a dificuldade de viver entre dois lugares.

Além disso, o elenco conta com vários personagens em alto-mar, uma equipe heterogênea de petroleiros. Juntos, os petroleiros enfrentarão muito mais do que tempestades e riscos de vazamento de proporções amedrontadoras.

Diretor fala sobre aspectos técnicos

Imagem: Mix de Séries

Após a exibição do episódio, Afonso Poyart, diretor da série, falou sobre os desafios da produção.

Primeiramente, destacou a variedade de gêneros envolvidos na trama. Núcleos de ação, drama e suspense envolverão os personagens e devem criar um clima diferente para a série.

Acima de tudo, o diretor destacou o valor de produção. A dificuldade em conseguir filmar em plataformas petrolíferas exigiu criatividade e versatilidade da produção, envolvendo diferentes sets.

O uso de grande quantidade de efeitos visuais, set pieces bem elaboradas (como um acidente aéreo), entre outros aspectos, levou a um período de 30 mil horas e pós-produção.

Entretanto, não são apenas as cenas de ação que recorrem à computação gráfica. Os efeitos também foram utilizados em backgrounds psicodélicos de alguns personagens.

Elenco fala sobre a importância política da série

Em seguida, o elenco respondeu às perguntas da imprensa. Entre vários pontos abordados, o aspecto político saltou aos olhos.

Ao falar de sua personagem, Júlia, Maria Casadevall destacou a importância de papéis femininos fortes. Júlia enfrenta um ambiente machista e uma imagem patriarcal sobre sua indicação à gerência da plataforma.

Da mesma forma, Osmar Prado destacou a importância da série abordar um tema como a privatização do petróleo, a partir do ponto de vista dos petroleiros. Seu personagem é João Bravo, presidente do sindicato dos petroleiros.

Finalmente, Mauro Wilson, um dos roteiristas, explicitou bem o tom da série: “A série está do lado dos petroleiros”, disse.

Porém, isso não significa ignorar a complexidade do tema. Como comentou Casadevall, “o roteiro humaniza as diferentes perspectivas políticas”. O pai de Júlia é Ministro de Minas e Energia e pretende privatizar a PETROBRAS.

Renovação garantida

Ilha de Ferro entrou no catálogo do Globoplay ontem, 14, e será exibida no dia 19, próxima segunda-feira, na Tela Quente.

Certamente, a expectativa da produção é grande, pois a série já foi renovada para mais duas temporadas, antes mesmo de estrear. A informação foi dada por Adriana Lunardi, uma das autoras.

É importante ainda registrar que o outro autor da série, Max Mallmann, faleceu durante a produção. Ele foi lembrado durante o evento.

About Luiz Alves

Luiz Alves
Historiador, fã de histórias em quadrinhos e jogador de RPG de longa data. Tem interesse por séries de suspense, como Hannibal, The Killing, Luther etc., de fantasia, como Penny Dreadful; e de todas as séries baseadas em HQs.