Gypsy – 1×08 – Marfa

Imagem: Netflix/Reprodução

Chegamos ao momento em que já podemos ver a merda feita, a gente já consegue ver milhões de maneiras que podem causar a explosão da bomba-relógio que Jean criou, mas como no final das contas a gente gosta mesmo é do barraco, vamos aos acontecimentos de Marfa.

Jean tentou jogar um verde pra colher maduro com Alexis falando do Texas, a mulher é uma psicóloga manipuladora e vocês acham que ela não conhece um climão quando vê? Me poupem. Quase deu dó da secretária quando ela olhou pros dois lados e viu os dois homens casados com quem ela se envolveu, mas aí pensei melhor e vi que foi bem feito pra ela, acabou sozinha.

Depois das emoções no evento, o casal apelou pro baseado e relembrou um pouco do passado, até a Catherine surgiu na história. Depois de incorporar a Sidney soltando a fumaça na boca dele, Jean jogou um balde de água fria com o “estou cansada”. Michael até tentou disfarçar, mas a decepção dele tava mais clara, do que não sei o que. É claro que tudo isso se resume à Sidney, afinal a terapeuta vai bater uma no banheiro pensando na garota.

Mas Sid não é nada boba e já percebeu que tem algo de errado com Diane. A garota vai tentando tirar informações e anotando tudo, pra depois procurar. Em pleno 2017, quem é que não tem uma foto na internet, minha gente? Ainda mais, considerando que Diane é uma jornalista que tem bastante dinheiro, supõe-se que ela é famosa e não tem uma foto? Impossível. Aliás alguém entendeu se ela comprou o tal quadro ou se imprimiu a foto que tirou?

A consulta com a Claire começou muito bonita, ainda que a paciente tenha uma visão totalmente distorcida de quem é sua psicóloga. Quando Diane procurou Rebecca, a intenção era de fazê-la entender que a mãe podia e tinha mudado, o que no final das contas acabou surtindo um efeito positivo. Mas Jean não contava que fosse mediar uma conversa entre as duas, ela até tentou sair pela tangente mas não foi dessa vez e teve que concordar em encontrá-las. Essa mulher é tão boa em disfarçar, nem dá pra acreditar que ela ficou nervosa.

Já nosso querido Michael, tentou ser decente, mas acabou levando a fama mesmo assim. A rejeitada Alexis espalhou pela empresa que os dois tiveram relações no Texas, o que o leva a confrontá-la. Ela como a descarada que é, dá uma de desentendida e se faz de coitada, mas ninguém se importa, muito menos o Michael, então…

Larin já tinha percebido que alguma coisa estava errada com Jean e resolveu confrontar a psicóloga. Por um lado, ela está certa achando que Jean está traindo o Michael e por outro, não, afinal, é Diane quem está com a Sid. É bem claro vermos as mudanças entre as duas, Jean não seria capaz de trair o marido, enquanto Diane não se importa e nem sente nada por ele. Foi fácil vermos isso quando Jean está na frente da cafeteria e se pergunta o que está fazendo.

Sidney confessa ter procurado sobre Diane, mas ela acredita que algo aconteceu para a jornalista não ter nenhum tipo de registro na internet. Quando Sid tirou aquela foto, eu já previa a merda feita, não sei vocês, era óbvio que ela não ia apagar a foto. A menina ainda sugeriu que elas fugissem e Jean como a bela louca que é, já tinha tudo planejado para uma viagem só de ida à Marfa, Texas. Achei a cena meio bizarra, como ela parece a Diane falando, mas sempre se atendo aos fatos da vida de Jean. Toda aquela história das jóias do ex e etc, tô com o psicológico meio abalado com essa série.

Allison teve mais uma recaída depois de sair da casa de sua amiga e correr para o Tom. Jean com seu coração mole, deixou ela ficar no apartamento de Diane, sua amiga que está fora da cidade. Gosto das duas, apesar de achar extremamente errado o fato de Jean ocupar, sentimentalmente, o lugar da mãe da garota. Tem um limite pra tudo nessa vida. E claro, era idiotice ela pensar que a menina não iria mexer nas coisas, afinal, quem deixa a chave de uma gaveta em baixo dessa gaveta com uma fita crepe? Me ajuda a te ajudar Jean, por favor.

Já que o que não falta na vida de Jean, são mentiras, agora ela tem um caderninho onde ela anota todas. Imagina se alguém encontra? Deus me livre. Já da Dolly ninguém pode reclamar, a menina é a coisa mais linda e vai ser o Peter Pan na peça da escola, além de tudo, ainda tem uma mãe pra ensiná-la como interpretar perfeitamente, que ironia.

Falando de coisas bizarras, Sam agora tem sonhos eróticos com a terapeuta e Sid enquanto está na cama com Emily. Pra mim aquele tapa não foi algo muito normal e nem ele é, mas vida que segue. Jean, que de normal não tem nada também, começa a tirar de Sam detalhes de vida sexual com Sidney e se excitar com o que ele conta. Ainda bem que eu não faço terapia, senão, eu ia ficar traumatizada com isso pra sempre. De quebra, ainda descobrimos que quem treina boxe é Diane e junto com o irmão de Melissa, que está prestes a sair de Bellevue, tô começando a ficar nervosa.

Além disso, Diane foi fazer uma visita a Rebecca para convencê-la de não ir na consulta com a mãe. Eu não sei se a Jean é muito esperta ou se todo mundo é muito burro, como ela consegue manipular as pessoas dessa forma? A carta para Claire era péssima e praticamente pisava na mãe da nova hippie do pedaço, nem contar que está grávida, ela contou. Mas Diane rouba a carta dela, só não sabemos com que intenção.

Imagem: Netflix/Reprodução

Michael, que também não está com muita sorte, escuta de Scott umas verdades. O advogado foi dando liberdade e criando intimidade com Alexis, agora tá reclamando que ela dá em cima. Não acho que o caso seja que ela está apaixonada, mas sim que criou expectativas, levou um fora e quis dar um gostinho de quem ela realmente é. Na tentativa de salvar seu casamento, Michael vai até a cafeteria preferida de Jean e é atendido por quem? Isso mesmo, o destino tarda mas não falha, não acham? Ele sai de lá com o café e o panfleto da banda de Sidney, que agora, conta com uma foto de Diane em seu Instagram.

Sidney bem que ficou esperando Diane do lado de fora de seu apartamento, mas a jornalista não apareceu. Porém, Allison está lá dentro e alguém bate na porta. Será que foi Sidney em um momento repentino de coragem ou Tom encontrou a ex e está pronto para matá-la? Não sei o que pensar.

Jean, bem longe dali, leva um susto com a embalagem de café mas, mais uma vez, consegue disfarçar bem. O que foi aquela cena com Michael no chuveiro? Ela estava incorporando Emily, Sam, Sidney ou Diane? Gente, eu estou muito louca com essa mulher!

Nota: A gente também não perde um open bar por nada, Alexis. Te entendo.

Nota 2: Estou começando a ficar em dúvida se a mais descarada é a Jean ou a Alexis.

Nota 3: Jean falando para Larin que é Michael quem está traindo-a, que estava falando com outra no banheiro. MULHER, COMO TU É MENTIROSA!

Nota 4: A merda está prestes a ser jogada no ventilador, que Deus me ajude a aguentar até lá!

Faltam só dois episódios, vocês estão nervosos? Eu estou e muito! Nos vemos amanhã para review do penúltimo episódio.

Marfa

Nota do Episódio - 9

9

Review do oitavo episódio da primeira temporada de Gypsy, da Netflix, intitulado "Marfa".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.