Homeland – 5×08 – All About Allison

360308
Imagem: Banco de Séries/Divulgação
 

“Não se pode enfiar a democracia garganta abaixo das pessoas”. Allison

Para explicar e conhecermos um pouco mais a personalidade e história de Allison os roteiristas usaram o velho recurso do flashback, não que isso seja ruim, pelo contrário. Pudemos entender e conhecer um pouco mais das atitudes dessa personagem que cresceu na série e é odiada por 11 em cada 10 fãs.

Para isso voltamos no ano de 2005, em Bagdá, onde Allison ocupa o cargo de chefe da operação “Iraque Livre”. Enquanto conhecemos uma Carrie com o semblante mais tranquilo, ansiosa para trabalhar, o oposto ocorre com Allison. Vimos o quanto ela está desgastada, desacreditada. Interessante essa jogada que eles fizeram, enquanto atualmente nossa própria Carrie mostra os mesmo sintomas.

Após descobrir que um dos seus contatos em Bagdá nessa época estava vivo depois de ser dado por morto pela própria Allison, Carrie recorre a ela, pois ambas trabalharam juntos nesse mesmo período. E então, alternando passado e presente, podemos ver o poder que o dinheiro exerce sobre as pessoas. Allison mesmo cansada da suposta vida que levava, acabou sendo jogada numa cama de gato onde foi obrigada a permanecer até hoje, claro que para isso levou muito dinheiro. Por um instante, imaginei que ela pudesse está arrependida de tudo o que fez. Ela poderia muito bem ter dado o sinal para executarem a Carrie, mas não fez. Talvez numa tentativa de não chamar atenção, quem sabe.

De posse do computador de Ahmed Nazari – o contato o qual ela achava que estava morto – Carrie consegue ligar todos os pontos e finalmente descobrir que foi enganada o tempo inteiro pela Allison. Uma pena que isso ocorreu após o encontro delas. Achei que ali mesmo ela sentiria, mas não. A feição dela nesse momento foi ótima. Creio que todos nós ficamos aliviados. Resta saber qual será seu próximo passo. Continuar fingindo que não sabe de nada? Marcar um encontro e dar uma surra nela? Contar para Saul? Aguardemos!

360114
Imagem: Banco de Séries/Divulgação

Enquanto isso, Quinn segue com o plano de levar os jihadistas até a fronteira da Síria. Obviamente que não seria tão fácil assim. Ao pararem num ponto para descansar, Quinn começa perceber que algo estranho está acontecendo. No fim, acabou numa emboscada e nós com o coração na mão. Os jihadistas estavam o tempo inteiro o enganando, agora nosso guerreiro vai precisar pensar rápido, pois eles estão voltando para Berlim na tentativa de cometer um atentado com carro-bomba com ele dentro.

Saul segue correndo por fora, fugindo de Dar, depois de forçar o sequestro no episódio anterior, o cerco acaba se fechando e mais uma vez ele precisa achar um lugar seguro. Enquanto Carrie não dá noticias só resta ele se esconder e torcer para que ela apareça logo.

Mais um episódio que serviu para ligar os pontos e deixar a tensão maior ainda. Estamos entrando na reta final e eu espero que seja explosiva.

Ficamos assim em mais uma review e até semana que vem.

P.S.: Carrie olhando a foto de Brody no quadro, alternando com as lembranças no presente. Como não sentir saudades desses dois?

About Equipe Mix

Equipe Mix
Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.