House of Cards – 5×12 – Chapter 64

Imagem: Netflix/Divulgação (Reprodução)

Um capítulo para deixar Nazaré Tedesco cheia de orgulho!

Como se já não bastassem as inspirações da política brasileira, parece que até a nossa dramaturgia vem influenciando House of Cards. O que foi aquela cena do Frank empurrando Catherine Durant das escadas? Sério que quando eu vi aquilo eu não acreditei que estava acontecendo. Mas ao meu ver, esse não foi o maior dos absurdos não. O maior deles é que ele não tinha motivo de se envolver pessoalmente nisso. Poxa, ele pode mandar fazerem por ele! Bem, já que temos de encarar a realidade, ficamos sem o depoimento dessa coitada que espero que retorne!

Só para não falarem que não falei de tudo: impossível acompanhar o ritmo dos acontecimentos nestes episódios finais. Eles saltam aos olhos, pois como já havia alertado, demoraram por demais com a eleição e agora fatos preciosos para a trama principal são contados de forma corrida. Mas isso não nos faz o apreciar menos. Acho que essa temporada poderia ter mais uns três episódios.

Outro forninho que caiu foi o do Doug. Sério que eu não esperava que ele passasse por essa. Chocado com o cinismo que os Underwoods o tratam. “É o seguinte, amigo, assuma a culpa de uns crimes que eu cometi aqui, que a gente te ajuda no futuro”. Até onde vai a lealdade desse cara? Sua luta não é por dinheiro, pois já o vimos recusar bilhões na temporada passada, mas por algo que é muito enigmático para entender ainda.

Imagem: Netflix/Divulgação (Reprodução)

Vemos por fim que é o próprio Doug que estava vazando as informações para o Hammerschimdt, mas ainda é difícil entender porque ele faria isso. Não pode ser remorso. Vemos ele confessar seu crime para a viúva daquele que deveria ter salvo pela doação… enfim, vemos que existe uma face desconhecida dele. Mas e aí, como isso será trabalho até o episódio final? Mais uma pergunta que deixo para pensarmos até o próximo capítulo.

Confesso que iria vê-lo morrer antes de assisti-lo fazer isso, mas sim, senhoras e senhores, ele renunciou. Entregou poucos de seus podres e espera o perdão presidencial para seguir sua vida, graças a um acordo com Daves para que tenha sucesso no ramo privado. Essa ideia pareceria absurda para mim se não fosse o fato de ter uma outra visão de poder, dada pelo próprio agora ex-presidente, em um show à parte. É para isso que eu pago minha Netflix todo mês! Para ter cenas maravilhosas como Kevin Spacey nos apresentou neste final. Épico. Incrível. Só faz eu querer ver mais ainda a season finale.

Façam as suas apostas: Claire se iguala a Frank cometendo um assassinato a sangue frio.
Quem vai ganhar: Essa sua atitude pode indicar que ela está se preparando para algo maior.
Quem vai perder: Desconfio que veremos Francis em maus lençóis.

Chapter 64

Nota do Episódio - 9.5

9.5

Review do décimo segundo episódio da quinta temporada de House of Cards, série original da Netflix, intitulado "Chapter 64".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Wellington Torres

Jornalista, Social Media e Escritor. Vida social? Um desastre. Sou um carioca que vive em SP, mas na verdade nasceu no Ceará. No Mix faço os reviews de 3% (Netflix), Emerald City (NBC), House of Cards (Netflix), Marvel's Iron Fist (Netflix), Shooter (Canal USA), Timeless (NBC) e Westworld (HBO).