How To Get Away With Murder – 3×08 – No More Blood

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

DO IT! PULL THE TRIGER!

Menina do céu, não estamos nem no episódio 9 e How to Get Away With Murder já nos entregou o melhor episódio da temporada. Que série é essa, minha gente? Será que nossos corações aguentam até o fim?

O episódio foi conduzido ao redor do Wes e de sua liberação para depor no tribunal. O rapaz mantém fielmente sua farsa ao dizer que viu o filho de Mahoney na mesma hora em que seu pai foi baleado. Aliás, a frieza desse garoto é de impressionar. Além de mentir na cara dura no tribunal, ele ainda foi capaz de fazer a denúncia anônima de Annalise. Quer dizer, a advogada faz de tudo para vê-lo bem e defendê-lo, e em troca ele não mede esforços para mandá-la para cadeia. Que coisa, não?

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Enquanto isso, a saga Connor e Oliver continua. Quando você pensa que os dois vão finalmente começar a se entender, algo acontece e bum! já não estão mais juntos.  Tem muita coisa que já não vai indo bem no relacionamento deles, e aqui isso ficou bem evidenciado. Desde sempre, Oliver se sente mal por Connor não contar tudo para ele. Na discussão rolou uns conceitos de amor pra lá, outros para cá… Mas o que importa é que ao final Olie disse que, na verdade, Connor não o ama, que ele está mais com um “emotional demage” do que apaixonado. Não sei vocês, mas achei isso bem pesado de se falar. Ainda assim, não justifica o que Connor fez ao final do episódio, mas ainda vamos chegar lá.

Frank é o exemplo do famoso “pau que nasce torto nunca se endireita”. Neste, o rapaz quase mata a mulher que ofereceu o dinheiro que culminou na morte do bebê de Annalise. Já sabemos que o Frank está profundamente abalado psicologicamente, e que muito provavelmente isso não tem mais volta. Só que essa cena dele com Annalise foi de partir os corações até mesmo dos mais frios. A entrega foi tanta, o show de atuação foi de uma grandeza, que ficamos até sem palavras. De um lado vemos Frank, com a arma apontada para a própria cabeça prestes a “corrigir todo o erro que já cometeu”. Do outro temos Annalise, transmitindo uma emoção muito profunda ao dizer para ele apertar o gatilho logo. Que cena. Que atriz. Que mulher. Deem os Emmys logo para ela. E, por favor, passem essa cena na hora da entrega do prêmio.

Ao final do episódio, descobrimos mais uma pessoa que está a salvo do incêndio. E agora é a vez do Connor. Bom, se era pra ter visto ele vivo fazendo o que fez, preferia que ele estivesse naquela maca… Brincadeirinha! Mas eu bem que queria ter desvisto aquela cena, porque olha, a gente sabe que o Oliver foi babaca, mas transar com o Thomas… aí é demais. Assim não tem como defender.

Enfim, Murder consegue entregar um ótimo episódio, e agora resta apenas um para sabermos quem morreu no incêndio: Frank ou Nate. Algumas teorias andam rolando por aí dizendo que a morte do Wes e do Connor não pode ser descartada. Isso se deve ao fato das cenas em que eles aparecem “depois” do incêndio não serem mostradas logo em seguida da cena deles na casa incendiada. Quer dizer, há um corte aí. Nada nos garante que isso aconteceu simultâneo ao incêndio ou depois, pode ter acontecido antes. E sabemos muito bem que de Murder devemos esperar tudo! Então agora só nos resta aguardar o próximo episódio.

P.S.: Sobre Asher e Michaela: amo e irei protegê-los.

Comments

comments

About Izabella Viana

Izabella Viana
Enfermeira, viciada em séries, apaixonada por livros e que tem como melhor amiga a menina Netflix. Daquelas que trocam uma noite de balada pelo conforto de sua casa assistindo a um bom seriado. Do coração: Friends, Dexter, Breaking Bad e Grey's Anatomy.
  • Diogo Azis

    MEU CONNOR TA VIVOOO!!1 E FAZENDO MERDA…..

  • Melina L. Galante

    VIOLA RAINHA, LIZA PRINCESINHA.

  • Eduardo Nogueira

    VIOLA DONA! O que foi a cena entre ela, Frank e Bonnie? Simplesmente que eu não conseguia fechar minha boca com tanto tiro feat. samba. Estou mega ansioso por essa fall finale, e algo me diz que o corpo encontrado é de Nate, e quem incendiou a casa pode ter sido Frank ou até mesmo Wes (de novo o encosto querendo ferrar nossa rainha mãe). Iza, assim como vc, também defenderei Michaela e Asher até o fim. E o flash forward do Connor me deixou revoltado, dele sendo bem filho da puta com Oliver.

    • Eduardo Nogueira

      PS: Liza Weil merece ser indicada como atriz coadjuvante de drama no Emmy, beijos de luz!

  • Bruno

    É muito bom voltar a ver o melhor trio da TV, Annalise, Bonnie, Frank, trabalhando juntos de novo.

    Frank não pode morrer. Tem que ser o Nate (ou outro qualquer).