Legends of Tomorrow – 3×08 – Crisis on Earth-X (4)

Imagem: TV Time/Divulgação

Não podiam conseguir encerrar um belo crossover de maneira mais intensa e perfeita. Nosso encontro de super-heróis anual termina de um modo emotivo e inesperado, com situações totalmente surpreendentes. Arrisco dizer que foi o melhor de todos até o momento, desde o primeiro encontro de Arrow e Flash há 4 anos. Tenho orgulho de ver Legends of Tomorrow tão bem representado durante a semana e ainda mais com o grande impacto deste final. Mas vamos detalhar um pouco mais sobre os acontecimentos, então pegue um copo de suco, relaxe na cadeira e segue a leitura…

Desde o começo, fiquei curioso ao ver a presença ativa de Firestorm nos quatro episódios da série. Tudo bem que ambos foram inicialmente revelados em The Flash e nossa união se baseou no casamento da série. Mas, ainda assim, acreditei que alguma coisa estava desajustada, quando o foco em Martin foi tão evidente. Claro que imaginei uma associação com a saída do ator da série, mas o que veio a seguir me deixou bem impactado. O tiro no final do episódio de The Flash me fez ficar alguns minutos refletindo antes de iniciar este episódio que vos escrevo. Ele não podia morrer, ele não ia morrer… Tudo não passaria de um drama para que sua vida fosse salva e ele pudesse abandonar de vez a carreira como Firestorm. Não poderia estar mais enganado!

Sim, ele se foi… E com ele a alegria de todos dentro de nossa amada série. A vida de nossas lendas sem a presença de Martin não será a mesma por um bom tempo, principalmente para Jax. Foi difícil segurar as lágrimas durante a despedida dessa grande dupla icônica, ou com as belas palavras do garoto no funeral de seu velho amigo. Acredito que a decisão de morte foi impactante e, mesmo que seja difícil de aceitar, necessária para movimentar ainda mais os eventos desse crossover. Martin possuía uma ligação interessante com os outros tripulantes e claramente as coisas estarão balançadas no próximo episódio.

Imagem: TV Time/Divulgação

Voltando aos acontecimentos gerais, a batalha final foi um dos pontos auges com toda certeza. Os heróis em fila, Killerfrost sobrevoando os céus, as uniões inesperadas de pessoas que nunca tiveram contato entre as séries para destruir a ameaça nazista. Tudo muito bem trabalhado, bem detalhado para que possamos nos orgulhar de momentos incríveis das produções da CW. Contudo, nem tudo são flores e houveram decepções. Barry deixou Eobard escapar como se não tivesse acontecido nada e isso foi muito revoltante para mim. As mortes de Overgirl e Fuhrer foram muito bem trabalhadas e adicionadas no momento exato. As batalhas entre dopplegangers realmente impulsionaram a dinâmica do episódio.

Falando em cópias, aproveito para deixar uma grande salva de palmas para Wentworth Miller, que voltou a série como Leo. O ator fez suas últimas gravações na série, mas ainda estará conosco na próxima semana. Primeiro devemos enaltecer a sincronia com The Ray. Ambos formaram uma dupla e tanto e já conseguiram me empolgar para assistir a série animada. Contudo, ainda gostaria de ver o herói mais vezes por aqui, apesar de entender sua função de restaurar a paz na Earth-X. Além disso, as cenas com Mick são sempre hilárias e foi interessante ver a perspectiva de união entre os personagens, mesmo em mundos diferentes. Estão de parabéns produção…

Mais uma vez o mundo foi salvo e não poderíamos esquecer de uma das melhores partes de todo o crossover: a união Alex + Sara. Claro que a química estava instalada desde o primeiro papo no CCJITTERS, lá no primeiro episódio. Apesar disso, foi bom shippar esse casal badass e sofreremos com a distância de ambas. Mas é quase que um amor impossível pela distância e sentimentos reais de ambas por outras. Sempre há espaço para um booty call em nossas vidas e nós, como verdadeiros fãs, amamos quando nossos personagens fazem algo fora do contexto padrão.

O fim nos traz bons momentos e até questões inesperadas. O casamento Olicity foi bem oportuno e impulsivo. Claro que os eventos mexeram um pouco com a cabeça de nossa querida nerd e a fez repensar sobre seus reais sentimentos por Oliver. Barry e Iris finalmente realizaram seu sonho e agora podem viver felizes, quer dizer, se DeVoe permitir que isso aconteça. Cada um volta para suas vidas normais e nós também, apesar da saudade falar mais forte e a vontade de vê-los juntos é cada vez maior. Um excelente trabalho que rendeu bons frutos de audiência e trouxe ainda mais a essência do Arrowverse para as telinhas!

REVIEWS DO CROSSOVER: PARTE 1PARTE 2PARTE 3PARTE 4.

Na próxima semana, voltamos com uma pegada Vikings e, pelas fotos promocionais e pela promo, parece que encerraremos o ano em grande estilo. Aguardo vocês lá e fica aqui a preview para dar um gostinho de quero mais. Não deixem de acompanhar as notícias e reviews aqui no Mix… Até lá! 😀

Crisis on Earth-X (4)

Nota do Episódio - 10

10

Review do oitavo episódio da terceira temporada de Legends of Tomorrow, da CW, intitulado "Crisis on Earth-X (4)".

User Rating: 4.6 ( 2 votes)

Comments

comments

About Lucas Franco

Lucas Franco
Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, Shadowhunters, OUAT e DC’s Legends of Tomorrow.