Lethal Weapon – 2×08 – Fork-Getta-Bout-It

Imagem: YouTube/Reprodução

“Estou muito velho pra isso!”.

Essa foi a melhor referência de todas até agora! Foi uma das primeiras frases de Danny Glover no papel de Roger Murtaugh, no primeiro filme da franquia. E Wayans ainda termina dizendo “vamos deixar isso para o filme” esse episódio não foi dos melhores, mas essa referencia elevou em 5 pontos a minha nota.

Um gordão da máfia é assassinado –  com um garfo – depois que avista um cara bonitão, e sua esposa em trabalho de parto, passarem pelo saguão do hospital no qual ele aguardava ser atendido para remover um anzol da sua mão. E foi assim que nossos detetives ganharam a oportunidade de enfrentam a máfia de Nova Jersey. Eu estava muito crente de que o agente do FBI estava atrás do Médico por motivos particulares. Foi um alívio ver que eu estava errado nessa parte, essa coisa de agente corrupto já está bem manjada.

O episódio começou bem e acho que as doses de humor proporcionada pelos personagens coadjuvantes deixou o lado cômico da série mais interessante. A começar pela discussão entre Roger e o vizinho sobre o cercado do detetive, que acaba com uma revelação curiosa sobre os gostos secretos do dentista. A rivalidade entre os dois é algo que tem sido bem explorado e proporcionado altas risadas. A preocupação dos dois ao saberem do romance entre seus filhos foi uma adaptação bem interessante de “Romeu e Julieta” que pouco antes do final do episódio recebe uma readaptação por ninguém menos que Scorsese, o legista.

Riggs e Molly então tiveram mesmo um começo de romance no passado, como eu suspeitava. Pelo que entendi, faltou pouco para namorarem, mas ela parece ser alguém que faz o coração de Martin bater mais forte, mesmo que ele não admita. A coisa é tão forte que Martin não se contenta em apenas dar dicas de irmão mais velho a Molly sobre seus encontros, como também dá um jeito de avacalhar as chances de rolar algo a mais quando abre a porta para ela no momento final do encontro e dá de cara com Chad, que se despede meio sem graça. No final, ela dispensa o cara e acho que logo mais veremos um romance entre os dois. O legal disso tudo é que, aos poucos, Riggs começa a dar sinais para a Dra. Cahill sobre o que ele tem sentido, coisa que ele jamais faria se fosse o Mel Gibson.

Imagem: YouTube/Reprodução

Um cara que sempre passa despercebido nas minhas reviews é o legista da série, o Scorsese. Já faz alguns episódios que venho percebendo a relevância dele para desvendar as pistas e contribuir com suas sacadas e saídas para dar suporte aos detetives. De uns episódios para cá ele parece estar se esforçando ainda mais para sintonizar no mesmo canal de afinidade de Martin e Roger. Tanto que até “estudou” a personalidade de Murtaugh, a ponto de conseguir terminar as frases do detetive e captar suas emoções com a maestria de um roteirista de filmes e ainda conseguiu colocar tudo isso dentro do seu roteiro de filme. Pretendo explorar mais sobre ele nos próximos textos.

Fico me perguntando quanto tempo os produtores vão esperar para fazer os Wayans e Crawfors se encontrarem com Danny Glover e Mel Gibson, nem que por um único momento. Vai ser sensacional!

Até a próxima!

Fork-Getta-Bout-It

Nota do Episódio - 9

9

Review do oitavo episódio da segunda temporada de Lethal Weapon, da Warner Channel, intitulado "Fork-Getta-Bout-It".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Albert Moura

Albert Moura
Jornalista e seminarista, além de pai de primeira viagem. Casado com a Ana, mas amante das séries. Atualmente acompanha Outcast, Better Call Saul, American Gods, Lucifer, Gotham, o universo Marvel e mais algumas, além de também ser um eterno fã de Friends. No Mix, escreve sobre as próximas temporadas de Preacher.