Lucifer – 3×01 – They’re Back, Aren’t They?

Imagem: FOX/Divulgação

Após muita espera, não é que nosso anjo favorito retornou com tudo? Lucifer voltou com tudo o que a série tem de melhor, com certeza. Maze e Trixie fizeram muita falta nesse primeiro episódio, mas o foco no momento foi nosso protagonista preferido.

Luci acordou no deserto com asas e sem noção nenhuma de que foi parar lá, mas a gente não contava que pra sair de lá, ele ia conseguir roubar um caminhão de um ladrão e fazê-lo sair correndo de cueca pelo deserto, só para dar o gostinho da liberdade. Só nesse momento a gente já sabia que o episódio não ia passar em branco. Linda fez uma visita de médico (na cadeira de rodas?) só para fazer Lucifer refletir sobre o que as asas significam.

Chloe voltou mais cética do que o normal e Luci com seus desabafos sobre o pai não ajudaram. Me expliquem porquê ele não mostrou as asas de uma vez? Ia ser tão mais fácil, é claro que ela não acredita na história de sequestro, acha que foi só mais um momento, entre tantos, de covardia do seu parceiro. Mas ele a convence a visitar a cena do crime (seu sequestro), que no final das contas, acabou sendo cena de outro crime.

Não é possível para nenhum de nós negar que Ella brilhou nesse episódio, seja protagonizando a morte da vítima, seja conversando com Lucifer, com Amenadiel, criando uma relação com Leo, descobrindo o carro do assassino ou até mesmo, batendo palmas para o novo tenente (o que nós também fizemos). Queria mais cenas com ela interagindo ao longo da temporada e quem sabe, pudêssemos conhecer um pouco mais sobre a perita.

E falando em Marcus Pierce (somebody saaaaave me…), o tenente já chegou sendo grosso e colocando cada um em seu devido lugar. Que ele é lindo, não vamos discordar, mas faltou um pouquinho de tempero no personagem, que só pareceu um babaca sem razão. Amenadiel revela que perdeu completamente seus poderes e o irmão não revela que recebeu novamente suas asas, acredito que por consideração mesmo, o que muda ao fim do episódio.

Imagem: FOX/Divulgação

Enfim, voltamos ao caso da semana e que explicação tosca do amiga da vítima, não acharam? Mas assim nossa dupla encontrou o grupo que sequestrou Steve e, provavelmente, o matou. Lucifer continua tentando desvendar quem foi que  o sequestrou mas não tem sucesso.

Sabíamos que ele estava incomodado com as asas, mas quando foi que imaginaríamos que ele as cortaria e elas cresceriam novamente? Que loucura tudo isso. Mas na tentativa de descobrir algo a mais, ele passa a perna em Dan e é sequestrado por dois criminosos de sentir vergonha.

Ao tempo em que Ella descobre que o verdadeiro assassino era Lancaster (o perito do começo do episódio), Luci descobre torturando os sequestradores, onde Sam (o sócio) vive e vai atrás dele. Assim, chegamos na reviravolta do episódio, foi Sam quem o sequestrou, mas não sabe como é que as asas foram parar lá, só fugiu depois de vê-las, enquanto executava o serviço para “O Pecador”, que aparentemente é o mandante de tudo. Sam é preso por Chloe e Dan, mas liberado sob fiança para ter aquele fim trágico, que cena horrível, não acharam?

Terminamos o episódio com várias interrogações, mas a maior delas é: Lucifer voltou a ser o anjo da luz e perdeu seu rosto amigável para sempre? Acredito que vamos descobrir ao longo da temporada. Espero também que eles parem com essa enrolação da revelação para Chloe, já passou da hora galera, a oportunidade está aí!

Nota: A Ella achando que era o Leo batendo na caixa, gente, socorro!

Nota 2: O Lucifer super feliz na foto, por ter sido sequestrado.

No próximo episódio, intitulado “The One with the Baby Carrot“, Lucifer tem um súbito interesse pelo caso, enquanto continua a perseguir o Pecador. Confiram a promo aqui em baixo e espero vocês na semana que vem, até lá!

 

They're Back, Aren't They?

Nota do Episódio - 9

9

Review do primeiro episódio (season premiere) da terceira temporada de Lucifer, da FOX, intitulado "They're Back, Aren't They?".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.