Lucifer – 3×02 – The One With The Baby Carrot

Imagem: John P Flexor/FOX/Divulgação

Sinto dizer que parece que temos um retrocesso em Lucifer. Tudo que a série andou na última temporada, pelo jeito vai voltar atrás nessa. E a falta que Maze e Trixie fazem, não pode ser medida em palavras.

“The One With The Baby Carrot” nos trouxe um episódio bom, mas com quase nada no desenvolvimento do que deveria ser o plot principal da temporada, as atuações continuam ótimas e o caso teve a ver com o que Lucifer estava sentindo, mas será que a melhor escolha é o rumo que estão tomando?

Luci e Chloe me parecem mais distantes do que nunca e quando digo distantes, quer dizer que parece que nunca existiram os episódios em que os dois eram quaaaaaase um casal. Como já comentei na review anterior, nossa detetive voltou mais cética do que imaginávamos, assim, não há meios dela acreditar em Lucifer. Ele que já tem muito com o que se preocupar, parece que nunca sentiu nada por ela, sei que esse não é o objetivo principal da série, mas gente, o que fizeram com o meu OTP?

O caso da semana é a morte de um sub-comediante que estava acusando um comediante de sucesso de roubar todas as suas piadas. Ella, como o raio de luz que é, encarnou a fã nº1 e saiu em defesa de seu ídolo. Bobby Lowe se mostrou só mais um comediante entre tantos que estão infelizes no meio e querem sair, o típico clichê. Mas o que foi uma cena ótima, foi quando Luci invade a filmagem, aquele boneco chamando ele de Dr. Who, o japonês gritando quando ele tirou a cabeça do fantoche e a arma escondida dentro da marionete foram uma sequência de cenas ótimas. O humor de Lucifer faz tudo valer a pena no final, não acham?

Com o incidente e a bala de raspão, Bobby confessa que roubou sim o material de JD o que quebra o coração de Ella, que se sente traída. Mas com isso descobrimos que a vítima também tinha roubado as piadas, o que deu um nó na cabeça de todos.

Em paralelo, Dan bem que tentou se aproximar do tenente Marcus, mas não deu, o novo chefe só queria as informações sobre Lucifer. Para quê, nós não sabemos até o momento. Linda, que voltou mais estranha e traumatizada que não sei o que, encontra um Amenadiel perdido, o que acredito que ela também esteja. Amenadiel tende a acreditar que seu Pai tem um plano e que o objetivo é que ele aceite os poderes de Luci para que tenha os seus novamente, porém, até agora nada.

Amen, carinhosamente apelidado por Linda, acha novamente as asas de Lucifer cortadas e decide dar um fim nelas junto à doutora, que está cada vez mais preocupada com seu paciente se automutilando. Junto dela, ele consegue entender que seu teste é seu irmão em si, a quem tem que proteger, ajudar e vigiar sempre. O que isso muda para a dinâmica da série? Não se sabe também.

De volta ao caso, eles descobrem quem era o responsável por enviar os e-mails de ameaça para Bobby, de um jeito inusitado. Dan é o escolhido para fazer o show com o tema “micro-pênis”, mas Luci é quem rouba a cena. Não sei vocês mas eu ri alto com as piadas dele enquanto jogava tomates. No fim descobrimos quem era o autor dos e-mails mas ele não era o assassino. Após um breve momento usando a cabeça, descobrimos que a responsável pelo crime foi Sheila, a assistente/agente/secretária (?) de Bobby Lowe.

Mas meus amigos, é aqui que a coisa ficou boa. O tenente não só já ouviu falar como também encontrou o Sinnerman em sua antiga cidade e, ao que tudo indica, o vilão tirou alguém importante dele. Até o momento não sabemos muito, mas Marcus deixa bem claro que se Lucifer não fechar a boca, quem corre perigo é Chloe e sua filha. Vocês também acharam muito suspeito todo esse papo? Será que apelariam para o clichê de que o tenente é o vilão? Não sei, me parece muito simples.

Para fechar com chave de ouro, voltamos ao Lucifer que conhecemos e amamos. é claro que ele é quem inventou os acordos e não tinha ficado nada feliz por alguém tomar o seu lugar, mas ele está de volta. Com asas, sem a cara diabólica e com muitos favores para conceder. Só eu acho que dai não sai coisa boa? Nos resta esperar pra ver.

Nota: O Lucifer falando no telefone com a Maze foi ótimo. Pra gente ver como só de pronunciar o nome dela já faz diferença.
Nota 2: Quando ele deu um soco no rosto da Sheila, meu Deus, foi ótimo!

No próximo episódio, intitulado “Mr. and Mrs. Mazikeen Smith”, Maze viaja até o Canadá para descobrir mais sobre sua vida, mas Chloe desconfia que ela esteja sendo enganada por um golpista. Ansiosos pelo retorno dela? Nos vemos na semana que vem, até lá!

The One With The Baby Carrot

Nota do Episódio - 8.5

8.5

Review do segundo episódio da terceira temporada de Lucifer, da FOX, intitulado "The One With The Baby Carrot".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.