Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. – 5×01/02 – Orientation

Imagem: YouTube/Reprodução

Marvel’s Agents of Shield chega para sua quinta temporada de uma maneira tão ou mais inusitada do que esperávamos. Tanto que, nos reunimos para falar sobre essa premiere dupla da temporada com um novo episódio já a nossas portas – do qual teremos review mais tarde nessa semana. Antes de seguirmos para a review em si, fica aqui o meu ­mea-culpa pelo atraso. Isso posto, vamos ao que interessa.

“Orientation” – repare como até o humor para os títulos não se perdeu, mesmo depois de um arco tão tenso para a trama quanto os LMD’s foram – chega inicialmente para fazer exatamente isso, nos (des)orientar na trama nova. Não me entendam mal, mesmo nesse cenário de futuro, espaço e no que só pode ser entendido como uma reutilização da ambientação de Inhumans epic fail e tudo o mais, a série não deixa de seguir o seu ritmo, apresentando personagens e contextos que, com toda certeza, figurarão ao longo da temporada.

Claro, a produção não perdeu a oportunidade de nos deixar com algo para construir nossas teorias. Ver o “rapto” do nosso time pelo ângulo dos captores foi interessante, e ver a melhor descrição da temporada feita por um personagem que particularmente não é um favorito meu foi inusitado. Afinal, Mack está certo.Espaço foi a única traquinagem não vivida em plenitude por Coulson e sua turma.

Sendo um fã de ficção científica, não tem como não achar toda essa ambientação de paranoia espacial, tão Alien que chega a ser maravilhoso, algo intrigante. E o desespero de May tentando se libertar só ajudou na construção dessa ambientação. Ah, não podemos esquecer a perseguição no corredor com direito a slow motion. Somando isso a paranoia amplificada por todos os problemas que a temporada passada deixou, e fica evidente que essa temporada será tão desafiadora quanto as anteriores.

A presença dos Krees, de novo, retomando a temática Inumana, nos dá a oportunidade de ver a série tentar reconstruir seus princípios. Bem ou mal, os mistérios vindos de um espaço tão bem explorado no MCU eram aquilo que nos movia quando tudo isso começou. E mesmo com tantas mudanças, essa nova gênesis da equipe e da história são importantes. Até porque, com o soco no estômago que é descobrir que estamos num futuro pós-apocalíptico da Terra nos dá tanto em que pensar que realmente precisamos de orientação.

Imagem: YouTube/Reprodução

Claro, esse cenário de revolta no espaço contra os dominadores e cruéis Kree não parece algo tão interessante… e não é. A repetição de alguns padrões, como a posição de “importância” adquirida tão rapidamente por Simmons, além da separação dos núcleos, todas essas coisas combinam elementos que já vimos antes – e que deram certo.

Mesmo com o fantasma da possível destruição da Terra ser culpa de Daisy e da ausência de Fitz – para não falar dos Krees mais… whatever até aqui – é evidente que a série está combinando receitas que deram certo, até em detalhes como as paletas, para uma temporada que corrija parte do resultado encontrado com Inhumans. E não sei vocês, mas eu quero muito saber onde essa trama nos levará.

Marvel’s Space Notes, Entry 01: O humor decididamente foi uma aposta para tentar manter a  trama próxima do expectador em vários pontos. Os vários momentos entre Coulson e Mack, Deke e até mesmo May e Simmons produziram boas risadas. Isso para não mencionar “I’m a biologist, but sure, I can invent time travel, just give me a minute.”

Orientation

Nota do Episódio: - 10

10

Review da premiere dupla da quinta temporada de Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D., da emissora ABC, intitulado "Orientation".

User Rating: Be the first one !

About Richard Gonçalves

Richard Gonçalves
Estudante de Letras, apaixonado por quadrinhos, música e cinema. Viciado em séries desde sempre. Fã de carteirinha de Doctor Who, House, Battlestar Galactica, Sherlock, 24 Horas, The Borgias, Penny Dreadful, E.R. e Lost. Aqui no Mix de Séries é editor de reviews, além de escrever as reviews de Marvel's Jessica Jones, Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. e The Originals.