Masterchef Brasil – 4×09 – A treta da truta

Imagem: Band

Já tinha adorado a ideia do especial na serra gaúcha o início dessa temporada e fiquei ainda mais empolgando quando soube que teríamos o Centro Oeste como tema desse novo episódio. Acredito que a produção finalmente entendeu que esse não é um programa local de São Paulo e sim nacional, ampliando-o para todo o Brasil. A melhor parte? Descobrir que eles regionalizaram bastante na escolha e na sugestão das receitas e dos ingredientes. Resultado foi sensacional.

Entretanto, algo tornou esse episódio ainda mais divertido e interessante de se assistir – uma prova de grupos, cuja líder de um deles era Mirian em virtude dos resultados anteriores. O conflito entre ela e o Fabrizio é gostoso de assistir, como qualquer treta que acontece nos reality shows brasileiros, e movimentou as redes sociais. No final do dia, acredito que é isso que importa, não é mesmo? Briga e aprendizado ao mesmo tempo, só o MasterChef para nos proporcionar.

A prova de eliminação, entretanto, não me emocionou muito. Acho uma excelente ideia da truta e de avaliar as habilidades que determinada prova requer – filetar, cortar a cabeça do peixe na hora certa, cozimento de um peixe de água doce, acompanhamentos, enfim, compreendo o que eles querem analisar. Porém, fica cansativo, ou melhor repetitivo, ver que depois de uma prova dos grupos onde usou-se peixe, a produção vai lá e escolhe um peixe. Tenho certeza que, diante do que já vimos nas três temporadas anteriores e das internacionais, há territórios que ainda merecem atenção.

gif acima me representou durante boa parte do processo de degustação do processo da prova de eliminação. A gente sabe que comer um peixe cru sem que ela tenha sido feito para tal propósito, é a coisa mais estranha da vida. Felizmente não tivemos muitos maus exemplos como esse, visto que a maioria dos erros foi nos acompanhamentos e na maneira de se fazer, mas a apreensão é uma das melhores emoções que esse reality show nos traz e a gente adora isso.

Eu não vou mentir – já estava esperando que a Caroline saísse há muito tempo. A audição dela foi sensacional, impressionou todo mundo, inclusive esse que vos escreve, mas desde que a competição propriamente dita começou ela veio sobrevivendo uma semana após a outra. Adoro a personalidade dela, aconselho até que vocês deem uma olhada na sua conta do Instagram, é realmente muito divertido, mas não estava dando certo há algum tempo.

 

Por Bernardo Vieira.

Comments

comments

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.
  • Bruno D Rangel

    A Caroline era muito divertida mesmo e também concordo que a eliminação dela era pra logo.

    Como a Yuko pode ser tão fofa? hahaha. Ela sempre tá nas provas de eliminação.

    A sendo arrogante e dona da verdade e logo em seguida ela dando depoimento de que as pessoas são arrogantes é pra matar. Duvido que tenha alguém que ache que ela está certa. A única tarefa dela foi a única que não foi feita na prova em grupo. Douglas e seu grupinho mostrando-se bem venenosos, especialmente contra o Leonardo. Será que não viram as outras edições em que o público não gosta desse tipo de coisas e pode influenciar no resultado final? Os jurados podem dizer que não, mas tenho certeza que influencia, vide Bruna e Leonardo na edição passada.