MasterChef Profissionais – 2×03 – Casamento Grego

Imagem: Carlos Reinis/Band

O vídeo promocional do último episódio prometia algo fantástico e jamais visto no programa. Confesso que me empolgou, até porque uma promessa desse tipo é algo que você não vê diariamente na televisão brasileira além do noticiário, mas sempre mantenho a desconfiança por saber que eles precisam aumentar a tensão para que o telespectador possa voltar na semana seguinte, sentar-se em frente a TV e comentar qualquer asneira no Twitter. O veredicto? Apesar de ser realmente algo que o programa jamais fizera, nós já vimos esse tipo de desafio antes.

O que me chamou atenção positivamente foi a boa ideia de trazer um casamento como pano de fundo para um desafio como esse, pois não só aumenta o nível de dificuldade para os cozinheiros profissionais pela necessidade em entregar os pratos, mas também mexe com o lado emocional deles porque não querem estragar um momento todo especial para os noivos. É difícil eu admitir, porém a produção acertou em cheio com a proposta, com a execução e também com o desenvolvimento.

Passada essa fase os jurados escolhendo os destaques positivos da prova em grupo, temos a eliminatória que merece toda a nossa atenção. Antes dela começar, foi dito que o Clécio precisava escolher um participante para tirar-lhe cinco ingredientes escolhidos no mercado. E é aí que o jogo realmente começa, como muitos participantes pontuaram no decorrer no desafio eliminatório.

Algo que aprendemos em quatro temporadas de MasterChef, em duas temporadas do MasterChef: Profissionais e no caos político brasileiro e americano é que caos, discórdia e confusão são bons para os negócios, são bons para a audiência e também para os anunciantes venderem seus produtos, como a panela que não queima no chão (?!) por exemplo. No momento que Irina levou a escolha de Clécio para o lado pessoal, vimos uma rivalidade nascer e prováveis embates que deixará o Twitter enlouquecido.

Na temporada anterior o programa foi muito bem sucedido ao trazer a discussão do machismo à tona, a discussão foi importa e necessária, como sempre será, mas vocês viram os números de audiência dos episódios finais? Acreditem, aquilo não foi coincidência e não será de novo.

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.
  • Bruno D Rangel

    “No momento que Irina levou a escolha de Clécio para o lado pessoal”: Na realidade, Clécio tentou claramente prejudicar ela, tirando o leite de coco e o creme de leite (o único a fazer isso). É um jogo? Sim! Mas precisa jogar baixo? Acho que não. Tanto que no fim, o tiro saiu pela culatra e Irina arrasou na prova.

    Clécio e Franciso: dois embustes. Não aguento mais ouvir o puxa saco chamando o arrogante de paizão. Paizão se acha tão bom, confia tanto em si, que o pior desempenho foi sua praça.