Mix Music: A Trilha Sonora de Marvel’s The Punisher

Imagem: Netflix

spin-off da série do Demolidor “chegou chegando” e agitando a cidade de New York. O grande problema é que o passado de Frank Castle nunca o abandonará e o novo seriado da Netflix em parceria com a Marvel tem tudo para deixar os fãs de HQ empolgados e ansiosos para uma nova temporada.

Mas não é só de um ótimo plot que a primeira temporada nos presenteou. Fãs da boa e velha música devem ter ficados encantados com a trilha sonora do justiceiro mais bad ass do momento.

Repleto de rock & rollhits, a trilha sonora de The Punisher (aka O Justiceiro) consegue agradar a todos e nos remeter a um festival de rock em segundos. É incrível o quanto a música consegue combinar com cada cena apresentada e se você já tinha gostado do Frank em Daredevil, não deve ter se decepcionado com a sua história apresentada esse mês na Netflix.

Com uma temporada de 13 episódios, estamos no aguardo para saber se teremos mais histórias do herói mais anti herói da Marvel, enquanto nos deliciamos com a ótima trilha sonora de sua primeira temporada.

Então, nada mais justo que deixar seu lado vingativo em mode on e apertar o play para curtir esse Mix Music para não deixar nenhum rock and rio de fora e curtir a ótima trilha sonora de The Punisher.

Top 5: Marvel’s The Punisher

1) “Hell Broke Luce” – Tom Waits (1×01)

A vida de Frank Castle nunca foi fácil, mas foi só perder a sua família para que ele acordasse para a realidade e decidisse se transformar num justiceiro obcecado por vingança. Ao som de Tom Waits, acabamos conhecendo um pouquinho mais sobre a vida de Frank, personagem apresentado em Daredevil e vimos o quão longe Frank pode chegar com a sua vingança. Emily Thorne (Revenge) é mera aprendiz perto de Frank Castle.

2) “Wish It Was True” – The White Buffalo (1×03)

Num episódio repleto de flashbacks, vimos um Frank Castle bastante emotivo e em choque, tentando recuperar a sua dor e se reencontrando. É nesse momento que conhecemos um outro Frank Castle ao se entregar a dor e lutar para sobreviver depois de sua grande perda. A música Wish It Was True” só deixa a cena mais emocionante e tensa, nos levando a sentir toda a dor que Frank está sentindo.

3) “I Feel Love” – Donna Summer (1×04)

A poderosa rainha da disco, Dona Summer aparece na trilha sonora do seriado para mostrar um outro lado de David e Frank. Os dois nem imaginavam o quanto o destino estaria brincando com eles, mas nós fãs já começávamos a prever o grande tsunami que chegaria no seriado.

4) “Fated, Faithful, Fatal” – Marilyn Manson (1×11)

O início do décimo primeiro episódio do seriado foi bastante tenso e nos apresentou um outro lado de Frank: um cara sem rumo e com medo de seguir em frente. Sentando em frente uma fogueira, nós mal podíamos imaginar o quanto essa simples cena poderia mudar o rumo do justiceiro mais temido do momento enquanto o rei do metal mais bizarro que conhecemos dava o ar da trilha sonora nesse momento único de Frank Castle.

5) “You Do Something to Me” – Paul Weller (1×12)

Realmente é impossível não sentir a dor de Frank ainda mais quando ele sonha com sua amada e relembra grandes momentos que passou com ela. A canção de Paul Weller só nos deixou mais angustiados e na torcida para que essa vingança de Frank Castle tivesse um fim digno de cinema. Infelizmente, isso estava longe de se acontecer e nem o conselho de Billy para que Frank pudesse seguir em frente foi o suficiente para que ele superasse a perda de sua família.

Menção Honrosa: “One” – Metallica

Nada melhor do que nos apresentar o novo seriado da Netflix com um trailer repleto de reviravoltas e muita porrada. E tudo ao som da canção clássica de Metallica, deixando The Punisher mais impressionante e nos levando a loucura para que o seriado estreasse logo na Netflix. Realmente, depois desse trailer, Metallica virou um hino para os fãs do seriado e se tornou a música de Frank Castle.

 

About Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.