Modern Family – 9×05 – It’s the Great Pumpkin, Phil Dunphy

Imagem: ABC/Divulgação

“Eles são família.  O que você quer que eu faça?”

Eu sei que entra temporada, sai temporada eu renovo as esperanças em Modern Family, sempre criando forças para apostar nos episódios temáticos, uma das grandes forças da sitcom. Pode ter quem diga que é uma causa perdida, que eu sou muito apegada ou qualquer coisa do tipo, e em “It’s the Great Pumpkin, Phil Dunphy” (9×05) eu quase concordei com a  causa perdida. Não porque o episódio tenha sido ruim, afinal, o Halloween é uma das tradições de Modern, mas porque levou um tempo para a história engrenar.

Supostamente enxuto, o episódio se apresentou divido em dois núcleos principais, um na casa do Dunphys e outro na casa dos Delgado-Pritchett, com forte potencial para não prender a gente. Só que aí que vem a virada. Não estávamos apenas com duas tramas em questão, tivemos múltiplas tramas que se emaranharam de uma forma bem feita. Na casa dos Dunphys, os três irmãos participaram de experiências individuais. Luke, a trama mais “bestinha”, continua seguindo a linha do adolescente que quer ser o pegador. Ainda bem que as meninas não caíram nessa. Em paralelo, Alex e Haley levavam choques de realidade. Uma sobre o relacionamento meia-boca que vivia e a segunda ao descobrir que seu ego e talento podem ser inversamente proporcionais.  Enquanto isso, Claire e Phil enfrentavam as durezas da vida adulta e confesso que fiquei torcendo o episódio inteiro para que os dois ignorassem as opiniões alheias e fossem curtir o Halloween como bem queriam. Ainda bem que o desfecho foi esse, com direito a uma redenção dos filhos. Êta casal maravilhoso! Claire respondendo às criancinhas quando perguntaram de que eles estavam fantasiados foi um dos pontos alto do episódio.

O outro núcleo se baseou no mantra do “família por perto é ótimo até deixar de ser” e, sem dúvida, nos deu os melhores momentos do episódio. Subdividido entre Mitch/Jay e Cam/Gloria/Joe, essas tramas salvaram o episódio.  A ida de Cam, Mitch e Lily para a casa de Jay e Gloria durante a eterna reforma da cozinha foi uma boa sacada para juntar pares que funcionam por demais. Os diálogos entre Mitch e Jay estão cada vez mais escrachados e em muito têm refletido um novo patamar da relação que está sendo construída entre os dois. São diálogos carregados de uma sinceridade que por muito ficou agarrada entre pai e filho.

A outra trama ficou por conta da minha dupla favorita, Cam e Gloria, nos percalços de serem duas personalidades tão peculiares e estarem dividindo um teto – sem contar o fogão, o roupão e os cremes faciais. E são  dois agregados que vieram de outros cantos. Porém vou correr o risco de ser repetitiva (como se eu já não estivesse sendo) exaltando Joe em mais uma semana e dizer que ele é a alma de todo o episódio. Que criança espetacular! Crédito que muito vai também para um texto bem colocado para ele. Sério, esse menino precisava de cada vez mais espaço. E o mínimo que eu espero de Modern Family.

Agora, alguém mais com muita pena de Mitch por ter causado mais um incêndio?

It's the Great Pumpkin, Phil Dunphy

Nota do episódio - 7

7

Review do quinto episódio da nona temporada de Modern Family, da ABC, intitulado "It's the Great Pumpkin, Phil Dunphy".

User Rating: Be the first one !

About Melina Galante

Melina Galante
Produtora e realizadora audiovisual, no momento em processo acadêmico. 99% seriadora com aquele 1% noveleira. Divide as fases da vida em Buffy, a Caça-Vampiros, Gilmore Girls e Grey's Anatomy. Sua menina dos olhos, porém, é Penny Dreadful. No Mix de Séries escreve as reviews de Modern Family, Orange is the New Black, Scandal e o que vier.