Netflix frustra mercado com número baixo de novos assinantes

Imagem: PopSugar

Com a falta de um grande sucesso como House of Cards no primeiro trimestre, a Netflix apresentou um número menor de novos assinantes do que o mercado estava esperando apesar de ter crescido, consideravelmente, qual ao lucro total em 2017.

Segundo a Bloomberg, o serviço de streaming adicionou 4.95 milhões de novos assinantes nos primeiros três meses do ano, abaixo dos 5.49 milhões que Wall Street projetava. O motivo de tamanho alarde é que a gigantes da tecnologia precisa atrair mais e mais pessoas ao seu conteúdo para que possa, logicamente, gastar bilhões de dólares na produção de filmes, séries e licenciamento de outros.

A empresa, que prometeu em gastar 15.3 bilhões de dólares na produção de conteúdo pelos próximos cinco anos, não apresentou nenhuma indicação de que pode rever esse comprometimento visto que anunciou que aumentará sua dívida de longo prazo para continuar produzindo.

O baixo crescimento, segundo analistas, veio por conta da falta de um grande lançamento visto que foram lançados 17 especiais de stand up comedy, nove longas metragens e um grande número de novas séries adultas e infantis, mas nada que se aproxime de título como House of CardsOrange Is the New BlackMaster of None Unbreakable Kimmy Schmidt que serão lançados no segundo semestre de 2017.

Com os próximos três meses bem agitados e com custos se tornando um grande dilema na empresa, a Netflix projeta que durante o período seu lucro por ação negociada será de 15 centavos, abaixo dos 23 centavos que o mercado projetava. O lucro está previsto para ser de 2.75 bilhões de dólares, contra os 2.76 bilhões de dólares que Wall Street espera. Apesar de um calendário leve, foi a primeira vez que as operações internacionais geraram lucro ao invés de prejuízo.

Investidores permitiram que a empresa operação num modo de “equilíbrio” na expectativa de que ela continuará a crescer e expandir com rapidez, especialmente fora dos Estados Unidos. O CEO da gigante de tecnologia, Reed Hastings, prometeu “entregar materiais de mais rentabilidade neste ano”.

 

Fonte: Bloomberg

Comments

comments

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.