Os bastidores de Scream: curiosidades por trás das câmeras

Scream TV Cast
Imagem: Collider

 

Renovada recentemente para sua terceira temporada, Scream é muito mais do que um esforço da MTV para manter-se relevante ou ser mais uma das séries que bebe da fonte do gênero de terror. Diferenciando-se da enxurrada de entretenimento roteirizado na TV americana, a adaptação da franquia de filmes lançadas a partir de 1996 é uma homenagem à era de ouro de terror no cinema.

Exatamente por isso que o Mix de Séries resolveu dedicar a coluna “Bastidores” desta semana para essa série que, mesmo enfrentando desafios, nunca deixou de entregar aquilo que prometia e honrou, a cada episódio, um dos mestres do gênero chamado Wes Craven, falecido em agosto de 2015.

Problemas com a máscara

Scream TV
Imagem: TV Series Finale

Em entrevista antes da estreia de Scream, Wes Craven defendeu que a MTV não usasse mais a máscara no vilão e deixasse o Ghostface ter a cara de um Ghostface. Até porque, em setembro de 2014, a Fun World, que detém os direitos autorais da mesma, anunciou que ela não participaria da série de TV, mas a negativa não seguiu em frente e a emissora por sua vez fez questão que a máscara fosse mantida pois gostaria de manter a originalidade do filme. Craven divulgou na sua conta oficial do Twitter que a tal máscara seria diferente do longa metragem original e que ele mesmo seria o responsável por fazer o design do novo acessório.

Outra fonte de inspiração

ScreamÉ sabido que os filmes da franquia Pânico foram inspirados no caso do Estuprador de Gainesville, que em 1990, assassinou e mutilou cinco estudantes em uma semana, fazendo com que a cidade no centro da Flórida vivesse numa espécie de estado de sítio durante quatro meses, até que os detetives o encontraram e prenderam. A série, mesmo adaptando os longas para a televisão, bebeu de outra fonte para inspirar-se.

Os roteiristas debruçaram-se sobre o caso de Skylar Neesey, uma moça que desapareceu da sua casa na cidade de Star City, estado americano da Virgínia Ocidental por volta da meia noite no ano de 2012. Seus restos mortais foram encontrados em janeiro de 2013, na cidade de Wayne Township, estado da Pensilvânia. Em maio daquele ano, Rachel Shoaf confessou o assassinato e admitiu ter planejado o crime com a ajuda de Shelia Eddy, ambas amigas de Skylar.

Muito tempo e muito quente

Louisiana
Bandeira do estado da Louisiana Imagem: Wikipedia

 

Bella Thorne, que interpretou Nina no episódio piloto de Scream e reviveu a famosa cena de Drew Barrymore do primeiro filme Pânico, foi escalada, na verdade, para interpretar Emma Duval, mas ela declinou do convite da produção pois não queria se comprometer com o tempo de gravação, de abril a julho (de 2015), na Louisiana, porque teria outros compromissos em outras cidades americanas e não gostava do clima do estado americano. Willa Fitzgerald acabou ficando com o papel de protagonista da série.

Gestação longa 

MTV
Imagem: TV Series Finale

Foi anunciado em junho de 2012 que os ex-Presidentes de Programação da MTV, Tony DiSanto e Liz Gateley, estava procurando alguém para escrever um roteiro para uma série em potencial baseada na franquia de filmes Pânico. Apenas em 2013, foi anunciado que Jay Beattie e Dan Dworkin, veteranos roteiristas de Criminal Minds, teriam sido contratados para escrever o texto do episódio piloto, que agradou (e muito) a emissora, que posteriormente deu luz verde para a produção da primeira temporada.

Morte de Wes Craven abalou a produção do show

A morte do produtor e criador da franquia Pânico, Wes Craven, abalou a produção da série e, principalmente, do elenco. Craven, que morreu no dia 30 de agosto de 2015 por conta de um câncer cerebral, não havia oficializado a doença, o que pegou a todos de surpresa. “Todo mundo na série está meio atordoado”, afirmou a produtora, Jill Blotevogel, na época. “Pegou todo mundo de surpresa, e eu sei que ao resto do mundo também, porque ele não tornou pública sua condição de saúde. Eu ainda estou um pouco triste”. Mesmo com a morte, a MTV deu sequência ao show e, ao final da primeira temporada, foi prestado um tributo ao “mestre do terror”.

Imagem: Observatório do Cinema.

 

O legado a franquia…

Apesar de trilhar caminhos próprios, Scream bebe direto da fonte de sua ideia original. A influência dos filmes na história é clara, com peso inclusive na hora da escalação dos atores. Apesar de jovens, a produção da série cuidou para que cada um dos atores tivesse aspectos que lembrassem alguma característica dos envolvidos com o Pânico original.

Confira este vídeo com alguns insights dos bastidores do show…

 

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.