Powerless – 1×03 – Sinking Day

Imagem: Heroic Hollywood

A divisão de Charm City obteve um superavit (enquanto a série vai mal) de 35% desde janeiro. Isso tem nome? Para Van Wayne, sim: Van Wayne.

Quem está assistindo a série sabe que a Emily é a salvação da empresa, mas o boss quer todos os méritos e se mandar para Gotham o mais rápido possível, e é óbvio que utilizaria o gráfico positivo da sua equipe para escalonar sozinho seus objetivos.

Não surpreendeu também quando Van estragou tudo com um grande cliente e fez com que seu furioso pai (Corbin Bernsen, Psych) fosse condená-lo, desaprová-lo e, consequentemente, magoá-lo. Ainda que muito forçado, eu gosto do Van e acho que ele é um dos poucos (se não o único) personagem engraçado da série e foi legal vê-lo triste. Desde o Grayson de Cougar Town, eu amo personagens que fazem musiquinhas improvisadas com violão, e foi onde Van encontrou refúgio. Não sem antes pedir ajuda de Emily para reconquistar o respeito de seu pai.

Emily que entende bastante de pai e fica citando toda hora o pai floricultor/monge dono da sabedoria dela – inclusive interpretado por Marc McLure, o Jimmy Olsen dos filmes clássicos do Superman. O plano de Emily era simples: Se Van perdeu um grande cliente, agora ele tinha que conseguir um novo grande cliente. E foram com tudo pra cima dos representantes de segurança da cidade submersa de Atlantis.

Gostei demais do desfecho da história, onde Van mostra que mesmo sendo um pouco irresponsável ele ainda tem habilidades necessárias no mundo dos negócios e, graças às estas habilidades, que envolve mentiras e bajulações, consegue fechar o negócio e orgulhar seu pai.

Enquanto isso… Ron, Teddy e Jackie debatiam sobre a possibilidade do novo contratado da empresa, Alex, ser ou não ser o novo herói misterioso da cidade, Olympian. Achei mal feito, corrido, inconclusivo. Espero que utilizem mais sobre isso em breve. Mas a necessidade de todos os plots envolverem heróis é o maior vilão de Powerless. Tudo bem que eles não levam esse universo a sério, mas nem toda conversa precisa envolver o Superman, Batman e Flash. Espero que consertem isso e deixem as coisas mais naturais, pra série se desenvolver como comédia.

Portanto, com piadinhas desconexas e personagens insatisfatórios, Powerless ainda não empolga! Recheada de referências à cultura pop, o terceiro episódio de Powerless ainda não entrega aquilo que nos queremos, e é provável que muita gente que siga a regra dos três episódios abandone a série.

Eu não abandonaria, é comum as séries da NBC irem entrando no eixo ao longo da produção. Assim como Van recuperou a confiança do Van Senior, Powerless vai recuperar a nossa.

Sinking Day

Nota do episódio - 7.5

7.5

Review do terceiro episódio da primeira temporada de Powerless, da NBC, intitulado "Sinking Day".

User Rating: Be the first one !

About josejunior