Precisamos falar sobre… o complexo das séries atrasadas!

Imagem: The Odyssey Online

Desde que me entendo por gente assisto a séries. Muito antes de ser esse seriador compulsivo que me considero hoje. Nos tempos mais primórdios, He-Man, Power Rangers e Tartaturas Ninjas eram o que preenchiam minha grade. Até mesmo Chaves, Punky, Três é Demais e Um Maluco No Pedaço, faziam parte da minha rotina.

Quando lembro essa, me vem um saudosismo, um divertimento descompromissado, um passatempo… E talvez, por conta dessa cobrança menor, assistir a séries era algo infinitamente mais prazeroso.

Já notaram como vivemos na ditadura das séries atrasadas? Hoje, virou o mantra do seriador. E é, justamente, sobre essa cobrança, que precisamos falar sobre…

Seriador que é seriador tem as séries “tudo atrasada”!

Esse mantra, volta e mexe, é compartilhado nas redes sociais. Até mesmo no Facebook do Mix de Séries, os memes que mais recebem compartilhamentos são aqueles que traduzem o drama da vida de todo seriador: as séries atrasadas. Obviamente, esse dilema é resultado de uma coisa: o acúmulo de muitas séries para assistir. Claro, o tempo é fator determinante, mas querer assistir a muitas séries de TV é, talvez, a grande cobiça do viciado em séries.

E não culpo a você, que se enquadra nesse quesito. Até porque, esse que vos escreve também se encaixa. É tanta série amorzinho que sai, tanto trailer que nos atiça a vontade. Adaptações, séries originais… A Netflix, inclusive, veio para piorar – para não dizer, melhorar – a situação.

Por isso, grande parte do tempo, você assiste, assiste, assiste episódios e tem a impressão que não sai do lugar, como se não tivesse assistido nenhum.  Muitas, muitas séries. Queremos todas, como fazer?

Já parou pra pensar que você não precisa assistir a todas as séries do mundo?

Como disse, um outro grande mal do seriador é querer assistir a todas as séries do mundo. É genuíno e, às vezes, involuntário, mas é algo que pode ser controlado. Esse impulso, além de fazer você se atrapalhar te pressiona a, cada vez mais, acumular mais e mais séries e, consequentemente, mais e mais episódios.

Por que não assistir descompromissadamente, sem qualquer pressão ou cobrança? Afinal, lembre-se que assistir a séries de TV não precisa se tornar uma obrigação ou trabalho. Ela tem que ser um divertimento, um prazer. Quando isso desaparece da prática, já não tem graça.

Não faz mal você largar algumas séries ou não assistir determinado título. Não é porque todos comentam Game of Thrones ou todos param aos domingos para assistir a The Walking Dead que você TEM de assistir, obrigatoriamente, para se encaixar nas tendências do momento. Assista ao que quer, mas sem cobrança, por divertimento.

Caso não se organize, as séries na sua vida estarão sempre atrasadas;

Vou lhe contar um segredo, que nem é tão segredo assim: as séries sempre estarão atrasadas. E elas sempre estiveram, desde a época em que assistíamos Power Rangers ou Tartarugas Ninjas. A diferença, entretanto, é que naquela época não era algo compulsivo ou pressionado. Nem tínhamos aplicativos ou sites que nos mostravam quando o episódio foi exibido e quando ele entrava na categoria de “muito atrasado”.

E não adianta nada querer colocar uma em dia, logo logo chega uma nova que deixará tudo acumulado de novo.

Há, porém, como se organizar. E deixar de lado este sentimento de que você precisa assistir tudo é o primeiro passo. O segundo, é seguir as dicas que fizemos em um post aqui no Mix de Séries, que lhe ensina como colocar as séries em dia (clique aqui). Tenho certeza que sua organização em relação as séries lhe ajudará muito!

É preciso abandonar esse complexo. Só falta você querer…

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.