Preview: Marvel’s Iron Fist é um grande acerto e prepara território para Os Defensores

Imagem: Divulgação/Netflix

Finalmente o audacioso plano da Netflix e da Marvel será concretizado. Dia 17 de março estreia Marvel’s Iron Fist, ou Punho de Ferro aqui em terras brasileiras. A série completa a proposta de realizar seriados dos personagens parte do quarteto dos Defensores. Começamos com Daredevil, depois Jessica Jones e a mais recente Luke Cage. Ainda este ano, uma minissérie destes quatro deverá ser lançada. Nós do Mix conferimos os seis primeiros episódios e viemos contar para vocês, SEM SPOILERS é claro, o que esperar deste lançamento.

Tecnicamente, a nova produção tem uma excelente bagagem ao vermos Scott Buck como showrunner e produtor executivo da série. Ele tem em seu currículo a direção de séries como Dexter e Marvel’s The Inhumans – que será lançada pela rede ABC em setembro deste ano. A proposta do show é contar uma história de origem – conhecida por muitos fãs dos quadrinhos da Marvel, abordando o passado dos personagens e introduzindo novas tramas que possam abrir margem para, se for um sucesso, ter novas temporadas.

Talvez, este seja o grande acerto do show que te cativa logo de cara. Mesmo com uma história um pouco mais lenta, no início, Iron Fist se assemelha à Daredevil e Jessica Jones no quesito de explorar um personagem de forma inédita e prender o espectador a descobrir o porquê de seu personagem chegar onde chegou. Sentimento esse que, por incrível que pareça, os fãs mais céticos não conseguem enxergar em Luke Cage. Portanto, se você faz parte do público que gostou muito de Daredevil, de Jessica Jones, mas teve um certo problema com a condução de Luke Cage, certamente irá gostar da nova série Marvel/Netflix.

Imagem: Divulgação/Netflix

Falando da história em si, Finn Jones (que viveu Loras Tyrell em Game of Thrones) dá vida à Daniel Rand, ou para nós que somos íntimos, o Danny. Ele é um milionário que volta à Nova York disposto a retomar o controle da empresa de sua família. Como ele se depara com imensas dificuldades e pelo visto ninguém quer o apoiar, ele decide fazer justiça com as próprias mãos. Como em Doutor Estranho, Punho de Ferro traz o misticismo à uma história da Marvel, pois ele também revelará motivos “espirituais” para seu retorno depois de tantos anos.

Na produção o destaque vai, primeiro, para a agilidade como a história é contada. Quem é fã da HQ ou mesmo quem viu os trailers divulgados está ansioso para cenas de ação. E isso não demora a acontecer. Já somos inseridos, logo de cara, à cenas de lutas incríveis. Claro, nada tão impactante a ponto de já ter fito o circo pegar fogo, mas já vemos que assim como Matt Murdock, nosso protagonista não economiza nos golpes certeiros e ágeis. Confesso que desde Shooter, nenhuma série me fisgou de forma tão bem amarrada em uma series première.

Em segundo, a atenção aos detalhes é digna de cinema. A caracterização, falas curtas e que vão direto ao ponto, além da apresentação dos personagens principais foram ótimas! As atuações foram todas muito boas. Além de quê, no primeiro episódio, a maior parte do tempo nem sequer foi preenchido com diálogos, mas sim com a experiência de vivermos a aflição do Danny em busca da verdade sobre a morte dos pais.

Quanto à fidelização da história da HQ com a contada no início da série, existem mudanças sutis, mas que no geral não alteram a experiência sobre a vida de Danny. O que fizeram, na verdade, foi encurtar uma parte do enredo que certamente demoraria muito a ser contato (como o caso da perseguição policial), mas isso não nos impede de apreciar a produção pela redução de alguns poucos elementos.

Por fim, recomendamos, e muito, que assistam Iron Fist. A estreia mundial será em 17 de março (uma sexta) e teremos reviews diárias aqui no Mix de Séries, espaço para debatermos melhor a evolução da trama a cada capítulo. Esperamos vocês!

Comments

comments

About Wellington Torres

Jornalista, Social Media e Escritor. Vida social? Um desastre. Sou um carioca que vive em SP, mas na verdade nasceu no Ceará. No Mix faço os reviews de 3% (Netflix), Emerald City (NBC), House of Cards (Netflix), Marvel's Iron Fist (Netflix), Shooter (Canal USA), Timeless (NBC) e Westworld (HBO).

Check Also

This Is Us não pode se tornar uma série sobre “como Jack Morreu?”

This Is Us é uma das melhores coisas da TV. Ponto. Sua forma de narrativa …