Produtor admite que Friends seria “diferente” se fosse produzida atualmente

Imagem: Divulgação

Por outro lado, Kevin S Bright defende que “série envelheceu muito bem”

Recentemente, completou-se 24 anos desde que Rachel Green fugiu do seu casamento e entrou toda molhada no Central Perk. Quase duas décadas e meia depois, Friends continua a ser uma série extremamente popular em todo o mundo.

Mas mesmo tão popular, Friends não escapa de duras críticas do público que está conferindo a série pela primeira vez em 2018. Entre elas, o elenco ser completamente branco, piadas homossexuais e comentários sobre obesidade. Em entrevista ao Digital Spy, o produtor Kevin S Bright reconheceu essas críticas e destacou como Friends poderia ser diferente nos dias de hoje.

Friends em 2018…

Eu acho que, provavelmente, se alguma coisa mudasse na série, seria apenas para refletir mais o que está acontecendo no mundo que está acontecendo hoje, mas não de uma forma tópica – mais de uma forma cultural“, disse Bright.

Então eu acho que seria reflexo disso. Mas fora isso, eu não acho que muita coisa mudaria. É uma história universal. Nunca foi sobre truques ou alienígenas ou episódios de flashbacks loucos – embora tivéssemos alguns desses, eu acho que era sobre histórias simples de relacionamentos e pessoas tentando fazer isso no mundo – amores ganhos e perdidos.”. 

São histórias muito simples quando você pensa sobre isso, que se conectam a todos porque é assim que nossas vidas são.”, completou.

Alta popularidade…

Bright, que desenvolveu Friends juntamente com os criadores da série, David Crane e Marta Kauffman, e dirigiu dezenas de episódios em suas 10 temporadas, acrescentou que “a coisa que ele mais se orgulha é como a série continua se conectando com o público“.

Eu acho que é muito raro em uma série de televisão“, disse ele. “Há muitos outras séries daquele período que ainda não estão na TV, que foram esquecidas, que não têm festivais [como o FriendsFest da Comedy Central] construídos em torno deles.”, destacou.

Você sabe, quando começamos, me perguntaram: ‘Qual seria o seu sonho para a série?’ Eu disse que gostaria de ser a Lucy da nossa geração – que sempre que há um jogo de futebol no domingo e ele acaba cedo e eles têm que colocar alguma coisa, eles vão colocar um episódio de Friends, daqui a 50 anos.”, completou o produtor.

E finalizou destacando a importância da série estar na Netflix. “Agora, com toda essa exposição, isso realmente se transformou em algo que, eu tenho que dizer, nós nunca sequer sonhamos. Então, é tudo muito gratificante. Eu vejo o amor genuíno dos fãs da série continuar. É incrível“.

As 10 temporadas de Friends estão disponíveis no catálogo da Netflix.

Leia também: Anos depois, produtor de Friends revela que trama de Ross e Rachel seria diferente

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.