Quantico – 2×09 – CLEOPATRA

Imagem: Tv Show Time
Imagem: Tv Show Time

 

Se você termina um episódio sem entender nada, mas ansioso para o que vai acontecer a seguir, pode ter certeza que Quantico está de volta. Um retorno conturbado, cheio de mistérios, bem típico da série. Ao meu ver, Alex ainda carrega a maior parte nas costas, mas os outros bem que dão uma forcinha. A trama está se desenvolvendo bem, mas os clássicos pontos de interrogação ainda ficam na cabeça de todos nós.

Depois do desfecho do último episódio, acreditei que já voltariam trabalhando com uma Alex toda confusa, ao ver seu ex-noivo ao lado dos terroristas. Mas não. Voltaram com uma personagem plena e decidida a ajudar o FBI com os ataques. Por mais firme que ela possa ser, acho que às vezes falta certa emoção e humanidade na personagem. Sei que seus sentimentos de tristeza e raiva por Booth estão lá, mas sua expressão facial esconde muito bem isso.

Em contrapartida, Shelby cada vez se mostra uma máquina de expressões e atuação. Gosto de ver a atriz trabalhando, e esse plot com Leon está bem interessante. As expressões de espanto, felicidade, tristeza… Tudo bem encaixado na personagem, nos momentos certos. Ela é, definitivamente, uma personagem que cresceu, e muito, com essa transição de temporadas. Ainda gostaria de ver Caleb retornando para mexer um pouco com os sentimentos da garota, mas é indiscutível o fato de que ela está muito melhor sem ele.

Imagem: Tv Show Time
Imagem: Tv Show Time

Em um jogo de enganação infinito, viemos com uma tarefa semanal bem divertida. O jogo da sedução é algo muito importante para se tornar um agente, e isso foi muito bem trabalhado. Cada personagem ficou com um alvo interessante e o modo como eles se desenvolveram na trama foi divertido. Gosto muito do jogo que eles criam entre Harry e Sebastian. Os dois opostos que tem uma química, mas um deles é incapaz de assumir por seus preceitos. Bem clichê, mas um assunto interessante a ser trabalhado na trama.

Leon e Dayana também tem uma química incrível. Acho que o rapaz trabalha melhor com a agente do que com Shelby. Contudo, depois desse episódio, vimos um lado inesperado de Dayana. A garota desesperada com os flashes de seu passado, escondeu, e muito bem, seu lado manipuladora. Sua interação com a AIC é muito maior do que imaginávamos, e isso ainda trará muito desenrolar para a história.

Enquanto a lealdade de Leon é questionada pela organização, Alex parece estar cada vez mais inteirada do assunto. Depois de descobrir o segredo de Booth, ela realmente não se abala e ainda surpreende a todos nós com um telefone semelhante. Será que agora ela também vai trabalhar com ele e Dayana, no lugar de Leon? Realmente não entendi muito bem o que eles pretendem, mas tenho medo que isso possa atrapalhar sua linha de pesquisa contra a organização.

Depois de tanta manipulação em um só episódio, eles jogam uma granada em nossas cabeças para confundir todos os nossos pensamentos. Miranda revelando ser parte da organização terrorista e “sequestrando” Alex não me convenceu. Ainda acredito que, no final, vão revelar que tudo não passou de um plano do FBI para se infiltrar nas organizações e salvar o governo americano. Enfim, só nos resta aguardar por mais informações, que provavelmente virão daqui a uns 7 episódios.

FBI Notes 1: Adorei a volta de Hannah para a série e gostaria de ver muito mais dela nos próximos episódios.
FBI Notes 2: Leon vendo Nimah saindo da casa de Shelby foi um plot twist incrível…

 

 

Continuem acompanhando as notícias e reviews aqui no Mix de Séries, e um abraço! 😀

CLEOPATRA

Nota do Episódio - 8.5

8.5

Review do nono episódio da segunda temporada de Quantico, da ABC, intitulado "CLEOPATRA".

User Rating: 4.35 ( 1 votes)

About Lucas Franco

Lucas Franco
Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, The Good Doctor e Legends of Tomorrow.
  • Beatriz Miranda

    Odeio a Nimah, a personagem dela é de longe uma das que eu mais odeio de todas séries que já assisti, creio que seja um mix de péssima interpretação com uma forçação de barra desnecessária. A forma que ela se expressa, o seu comportamento superior desnecessário são coisas que me tirão do sério, ela age ali dentro como se fosse a agente de maior experiência, a maioral, a boazona, isso realmente me irrita, ela me entedia.
    Fico feliz que que faltam poucos episódios para ter apenas uma linha temporal. Não entendi muito bem ql foi a do celular ali, se ela foi recrutada ou não e como isso se refletirá no futuro, as vezes a série é um tanto quanto confusa. Pra mim o relacionamento de Shelby com Leon é uma das coisas mais sem noção da série, para a AIC recruta-lo é pq ele tem algo a oferecer e eu só vejo ele como uma pessoa fraca e desestabilizada emocionalmente, ele como um recruta pra ser um espião, se mostrar tão vulnerável perante a Shelby, é uma coisa que não me convence, e acho tudo muito forçado.
    Tô achando que no final os terroristas serão os mocinhos da história, deve ser alguma causa a favor da justiça, anti corrupção ou alguma coisa do tipo.
    Vc sabe quantos episódios terão essa temporada? Serão 22 mesmo o irão reduzir?