A relevância Nerd nas séries de TV

Imagens: CW/CBS/ABC/ Divulgação

Dia da Toalha, Dia do Orgulho Nerd… Nunca foi tão bom comemorar esta data! E digo isso porque, atualmente, vivemos em uma sociedade que respira a cultura a nerd. Ser Nerd virou até tendência.

Está na roupa, no estilo, no modo de vida… É difícil, em até certo momento, definir o que é ser nerd nos dias de hoje. Pegando carona nesta tendência, observa-se como que a presença nerd é importante para o enredo e a relevância de diversas séries, atualmente.

O nerd parou de ser tratado como uma aberração e ganhou voz. Se antes, a reprodução da figura nerd era taxativa, hoje é representativa.

Nerd para dar e vender…

Como disse, o estilo nerd está imprimido na sociedade atual. Obviamente, isso se reflete nas séries de TV. Esse movimento já vem ganhando aderência há alguns anos. Talvez tenha sido visionado pela saudosa Freaks and Geeks, mas que não teve seu devido valor na época… Acabou se tornando cult só depois.

Me respeita, eu sou nerd!

Mas o crescimento da presença nerd nas histórias das séries é extremamente relevante. E quando digo nerd, não é a figura um tanto taxativa que séries como The Big Bang Theory retrata, mas sim no caráter e estilo de vida que muitos personagens apresentam.

Claro, alguns adereços como um óculos ou a fala rápida ainda é necessário para você ter certeza que se trata de um nerd, mas isso está cada vez mais diluído, mostrando um sinal que hoje existem mais nerds do que você pensa.

Coadjuvante, protagonista… O nerd é presença certa nas séries de TV!

Se ser nerd nos dias de hoje virou sinônimo de status, as séries querem usufruir isso ao máximo. Do coadjuvante ao protagonista, essa figura é constante em tais tramas.

Por exemplo, já notou o quão o time do Arrow estaria ferrado sem a Felicity? Ou o time do Flash sem o Cisco? Eles são a típica figura inteligente, que fazem piadas sobre o universo nerd, mas reconhecem seu lugar e obtém um devido respeito, seja pela inteligência, estilo ou relevância na vida dos outros personagens.

E as séries que giram em torno do protagonista nerd? The Goldbergs talvez seja o maior exemplo deste tipo de roteiro na TV atual. E olha que a série explora ao máximo o ser nerd, e em uma época que era difícil ter tal estilo de vida: nos anos 1980.

E daí se sou nerd, sou protagonista!

A propagação desta cultura, inclusive, torna a série de TV um instrumento de cultivo nerd. Afinal, ser um “seriador” nos dias de hoje se enquadra em uma característica nerd, principalmente com o advento da Netflix e outras plataformas de streaming.

Orgulhe-se Nerd!

Acho que para o Nerd que ama séries de TV, o dia precisa ser comemorado em dobro. O reconhecimento desta figura por parte destas produções é de se orgulhar. Difundir tal cultura de forma apropriada e com respeito, da forma como as séries fazem é uma grande conquista e só queremos que mais Adams, Felicitys, Ciscos e até mesmo os Sheldons, se multipliquem e mostrem que o Nerd veio para ficar.

Nosso parabéns hoje vai para todos os nerds: tanto os da vida real, quanto os das séries de TV (temos até uma listinha sobre eles, confira aqui).

Coloque sua toalha e orgulhe-se! A cultura pop e nerd sempre mereceu este espaço e nada mais justo do que as séries honrarem esta posição.

Feliz Dia do Nerd…

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.