Sandra Oh promove sua nova série e comenta possibilidade de voltar à Grey’s Anatomy

Imagem: BBC/Divulgação

Sandra Oh está trocando a sala de cirurgia por casos de espionagem..

A ex-atriz de Grey’s Anatomy retorna à TV em seu primeiro papel regular em uma série desde que saiu de Shondaland, no novo thriller de espionagem da BBC America, Killing Eve.

Oh interpreta a analista titular do MI5, inteligente e esperta, que se apaixona por uma assassina implacável e ligeiramente desequilibrada chamada Villanelle (Jodie Comer). Basta dizer que Eve não é Cristina Yang – e é exatamente isso que Oh gosta nela. Inclusive, ao promover a nova série, Oh comentou se estaria apta a retornar para Grey’s Anatomy, em uma entrevista exclusiva ao EW.

Há muitas diferenças entre Cristina e Eve. Principalmente sobre a consciência, e ainconsciência. É ótimo interpretar um personagem completamente inconsciente, porque você pode ficar realmente confuso. Eva pode ser egoísta e pode ser prejudicial e não sabe porque, não sabe quem ela realmente e ela está lutando para descobrir. Ela precisa se encontrar através de seu relacionamento com Villanelle.“, disse Oh.

Dessa forma, acho que é muito diferente de Cristina. Há certos aspectos [semelhantes], com certeza, como se esses dois personagens fossem determinados. Mas o que eles querem e as circunstâncias, e o estilo e o gênero, são maçãs e laranjas. Um é um drama médico, para todos os efeitos, com uma linha de novela, e também é de longa duração. Já essa aqui é uma fera completamente diferente de um thriller de primeira temporada… é como se fosse um episódio de oito partes de um drama com um tom bastante absurdo e espirituoso.“, destacou.

Sandra Oh também foi perguntada se ela considera fazer uma aparição em Grey’s Anatomy. Ela deixou a série na décima temporada e, desde então, nunca mais fez uma participação.

É tão engraçado. Todo ano, é como se eu estivesse voltando para a série. De verdade. Mas o que eu percebo é que, de uma forma que eu estou realmente feliz e grata, é que a série continua com sua vida, e que as pessoas que ainda estão ligadas a série ainda estão ligados à Cristina. Significa muito para mim. Para mim como artista, estou seguindo adiante, e animada para este outro ‘relacionamento. Você consegue entender? É como se eu tivesse mudado meu relacionamento e estivesse tão comprometida com essa personagem, que é onde eu sinto que devo manter meu foco e minha paixão“.

Mas e o final?

Porém, quando questionada se ela sentia a necessidade de encerrar a historia de Cristina na série, ela completou. “É difícil pensar nesse final. Ele se mantém aberto de tantas maneiras, então não tenho certeza. Eu não posso responder da posição que eu estou, porque eu estou muito comprometida com Eve. A ideia de calçar os sapatos de Cristina, agora, não me parece a correta. Mas, quem sabe quanto tempo Grey’s ainda vai durar?”, finalizou.

A nova série estrelada por Oh chega às telinhas dos Estados Unidos no dia 08 de abril. Adaptada por Phoebe Waller-Bridge (Fleabag) do livro de de Luke Jennings, Killing Eve centra-se em duas mulheres: Eve, um oficial do MI5 furiosa, inteligente e altamente remunerada, cujo seu trabalho atrás de uma mesa não cumpre suas fantasias de ser uma espiã, e Villanelle (Jodie Comer de The White Princess), uma matadora talentosa que se apega aos luxos que seu trabalho violento lhe dá.

No elenco ainda temos Fiona Shaw (True Blood), Kirby Howell-Baptiste (Downward Dog), Kim Bodnia (The Bridge), David Haig (Penny Dreadful), Sean Delaney e Owen McDonnell.

Leia mais: Killing Eve, nova série com Sandra Oh de Grey’s Anatomy, ganha seu primeiro trailer

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.