Sense8 – 1×08 – We Will All Be Judged By The Courage Of Our Hearts

sense8108
Imagem: Arquivo pessoal

 

O final do segundo ato não poderia ter sido mais empolgante. Se nos quatro primeiro episódios – primeiro ato – tivemos a apresentação dos personagens e das situações, nos quatro capítulos seguintes tivemos o desenvolvimento de todas as peças colocadas sobre o tabuleiro. E toda essa criação foi coroada por uma belíssima sequência de ação que comprova mais uma vez: Sense8 é ótima em cena de ação e precisa nos mostrar mais dos sensates agindo em conjunto. Sim, temos a cada episódio várias cenas dos sensitivos interagindo, conversando, mas são poucos os momentos em que o grupo age realmente sob pressão e perigo, ajudando uns aos outros de forma orgânica e rápida.

Pois foi o que aconteceu: com Nomi se aproximando cada vez mais da verdade e do perigo, as saídas para a personagem vão diminuindo e se fechando. Ao ser encurralada pela polícia corrupta – aliada a Sussurros –, Nomi quase é pega. Não antes de ser socorrida pelos parceiros de grupo. E é simplesmente genial o momento em que Will, por sua experiência, antevê o que os policiais farão. Tudo fica ainda melhor com a chegada de Sun que entra em ação. Mas a sequência não para: Nomi foge em uma bicicleta e termina em um carro dirigido por Capheus (!!!). É sem dúvida um dos momentos mais empolgantes e bem realizados da série. Volto a elogiar, portanto, a competência dos roteiristas, diretores e editores do programa. Ver vários núcleos se cruzando em uma intensa cena é recompensador e garante ainda mais o divertimento com uma série que não teve ponto baixo até aqui.

We Will All Be Judged By The Courage Of Our Hearts é um episódio tão bom e completo que além de elevar as qualidades da série, ainda conserta alguns problemas, como a falta de desenvolvimento de Wolfgang. Tudo bem que o personagem segue sem ter um espaço no centro da história, mas é interessante acompanhar um pouco de seu passado, o que ajuda a construir um personagem complexo. E sua história ao lado do amigo, além de bela, nos ajuda a compreender a intensa amizade dos dois, além de conferir ainda mais peso ao incidente do último capítulo.

Dois núcleos que seguem muito bem e continuam me agradando são os de Sun e Lito. A primeira começa a conhecer um pouco mais sobre a realidade perigosa da prisão. Em uma espécie de Blue is the New Black, Sun vai crescendo na cadeia e, pelo que vimos neste episódio, pode conquistar o respeito das prisioneiras bem rápido. Já Lito continua tendo uma subtrama bacana de se acompanhar. Os problemas que começaram no capítulo anterior começaram a se encerrar e a gerar mais problemas. É triste ver a separação de Lito e Hernando, mas o sensate mexicano realmente pisou na bola ao se preservar enquanto a amiga segue sofrendo para reparar um erro. É uma situação delicada que pode render outros bons momentos mais à frente.

About Matheus Pereira

Matheus Pereira
Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.
  • Caroline Marques

    Essa cagada do Lito é miticamente reparada depois HASUHAUSHUASH <3 Amei, quero mais, muito S8