Shadowhunters – 2×14 – The Fair Folk

Imagem: Captura de Tela/Reprodução

Já na expectativa para a descoberta do reino Seelie, o episódio dessa semana trouxe coisas ainda mais inesperadas. A temporada está conseguindo desenvolver um bom plot independente dos livros., espero que consigam manter a qualidade associado a esta abordagem ampla do mundo Shadow. Mas, ainda bate aquele receio gigantesco de uma temporada com vinte e poucos episódios. Acredito sim que temos material para trabalhar, mas há um risco enorme de criar episódios que caiam facilmente no esquecimento.

Quase impossível fazer uma review e não enaltecer a genialidade da rainha Seelie. Primeiro que o fato da anciã ser uma criança já torna as coisas bem geniais. Geralmente, tenho uma opinião fixa de que crianças em séries ou vem pra botar medo ou vem pra detonar na atuação. Desta vez, tivemos um destaque positivo em cena. Toda a sagacidade da personagem sobre nossos personagens superou qualquer interpretação Seelie da série. A fotografia da série mais uma vez deve ser parabenizada, pois criaram um ideal de mundo paralelo bem interessante e curioso. Talvez com uma leve inspiração em Narnia ou algo parecido.

E foi justamente lá que aconteceu o famoso beijo “don’t mean nothing”. Mais do que claro as intenções de Clary né!? A personagem nunca teve seus sentimentos retraídos por Jace. Quando eles ainda eram irmãos até que ficava bem estranho esse sentimento. Contudo, agora nada impede que os dois sejam felizes para sempre – com aquela atuação meia boca que lhes é característica. Ainda não consigo me simpatizar tanto pelos protagonistas, o que não é muito incomum hoje em dia, mas eles se merecem apesar de tudo.

Imagem: Captura de Tela/Reprodução

Enquanto o mundo se acabava na corte Seelie, as coisas em NY não estão muito diferentes. Alec promove uma reunião com os chefes do submundo e nem tudo sai como esperado. Quando Luke recebeu aquele telefonema já poderíamos imaginar isso. Obviamente, sabemos que Sebastian é o grande organizador dessa confusão. O personagem realmente veio para balançar as estruturas dessa série. Apesar de ser fascinado por sua atuação, acho que estão colocando o rapaz muito informado na série. Qualquer pequeno acontecimento já é notificado ao “estranho de Londres” e ninguém se incomoda com isso. Acho que podemos dar uma equilibrada nisso aí.

E se esse episódio já foi um pouco movimentado, nem quero imaginar como será o próximo. Enquanto ainda não descobrimos quem Sebastian está aprisionando, apesar de já ter uma suspeita, vamos ter que aguentar a ansiedade. Na próxima semana veremos Simon de uma maneira um pouco diferente do que estamos acostumados. Os acontecimentos desse episódio realmente mexeram com ele. Em uma dimensão inferior, todos parecem estar desestabilizados emocionalmente e isso pode acabar ajudando os planos do mais novo vilão da série.

Shadow Notes 1: Meliorn falando que todos os Shadowhunters parecem iguais pra ele e confundindo Jace com Sebastian foi hilariante e traduziu o sentimento de muitos fãs com a semelhança kkkkk
Shadow Notes 2: A mãe de Izzy e Alec realmente está passando por uma barra. Estou até me simpatizando pela personagem agora que ela está menos chata, mas ainda tem um ponto de soberania que devem trabalhar ali.

E vocês, o que acharam do episódio?? Na próxima semana voltamos com mais uma review. Não deixe de acompanhar as notícias aqui no Mix. Até lá 😀

The Fair Folk

Nota do Episódio - 9

9

Review do décimo quarto episódio da segunda temporada de Shadowhunters, da Freeform, intitulado "The Fair Folk".

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Lucas Franco

Lucas Franco
Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, Shadowhunters, OUAT e DC’s Legends of Tomorrow.