Shooter é cancelada após três temporadas pelo canal USA

Imagem: USA/Divulgação

Anúncio foi feito nesta quarta (18).

Shooter deu o seu disparo final. O TVLine confirmou que o canal USA optou por cancelar a série após três temporadas. Atualmente, a série vem sendo exibida nos Estados Unidos todas às quintas, às 22h. Mundialmente, ela vem sendo distribuída pela Netflix.

Continua após a publicidade

Semanalmente, a série vem atraindo um público de 740.000 espectadores e uma demo de 0.2. Tais números apresentam uma queda de 1.25 mil em relação a segunda temporada.

Baseado na série de livros de Stephen Hunter, Shooter é estrelada por Ryan Phillippe (Secrets and Lies) como Bob Lee Swagger, um homem altamente condecorado do Corpo de Fuzileiros Navais, um homem que foi colocado de volta à batalha quando seu ex-comandante Isaac Johnson (interpretado por Omar Epps, de ER) pediu sua ajuda para impedir uma conspiração de assassinato contra o presidente dos Estados Unidos. Mas quando Swagger percebeu a verdade – que fora incriminado – ele partiu em uma nova missão para limpar seu nome e manter sua família segura.

Continua após a publicidade

O elenco de Shooter também incluiu Shantel VanSanten como a esposa de Swagger, Julie, Cynthia Addai-Robinson (Arrow) como a agente do FBI Nadine Memphis, Eddie McClintock (Bones) como a nefasta Jack Payne, Josh Stewart (The Punisher) como um atirador de elite chamado Solotov, Jesse Bradford (The West Wing) como Harris Downey e Gerald McRaney (This Is Us) como Red Bama Sr.

Apesar da Netflix não ter se manifestado, não há chances dela ser resgatada pelo serviço de streaming.

Leia mais: “Team Swagger” começa a obter resultados nos últimos episódios de Shooter

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.