Spoiler Alert: Once Upon a Time, Grey’s Anatomy, The Brave, The Fosters e mais

Imagem: ABC/Divulgação (02); NBC/Divulgação

Com grande parte das séries dando adeus a 2017 e alguns percalços ao longo do caminho, temos algumas dicas do que deve acontecer nesses finais, assim como pensar no que será que vem por aí em 2018. Vamos em frente?

Confiança acima de tudo

Agora que Regina e Rumple estão acordados, será que eles vão trabalhar juntos em Once Upon a Time? Provavelmente essa é uma pergunta na qual muito dos nossos leitores devem estar fazendo. Sabe-se, todavia, que caso eles queiram ter algum envolvimento no futuro eles precisam ter confiança entre si, num momento que as memórias de e Weaver podem ficar no caminho.

“Há uma clássica cena Gold-Regina, indo de volta lá na primeira temporada,” sinaliza Lana Parrilla.

April vs. o mundo

Para os telespectadores de Grey’s Anatomy preocupados com o fato de que April ainda não teve o seu grande momento nessa temporada, fiquem tranquilos, ele está por vir mais precisamente em algum episódio de 2018 e de preferência envolvida em alguma questão social.

Nós vamos falar de assuntos muito sérios neste ano. Faremos um episódio focado no problema da polícia, além de violência doméstica. April está no centro do episódio que fala sobre as injustiças no mundo,” conta a showrunner Krista Vernoff.

Círculo completo

A ideia central dessa primeira parte da temporada de The Brave era promover uma espécie de círculo completo, tanto que o Winter Finale trará a história de volta ao piloto. O time sairá em busca do homem que eles acreditam foi o responsável pela explosão na praia. Porém, quando a situação fica complicada, Jaz não vai apenas desafiar ordens como também colocar-se em perigo até que sua missão seja concluída. De acordo com o produtor, “será um episódio intenso”.

Eu ouvi um finalmente? 

Para quem acredita que existe alguma possibilidade de não descobrirmos quem morre no Winter Finale de How to Get Away with Murder, sinto em lhes informar que sim, nós vamos descobrir quem morreu. Depois de tanto sangue e pistas que não revelaram muita coisa o telespectador vai entender muita coisa, mas não tudo. Sem contar com a participação de um rosto familiar.

Situações adversas, possibilidades infinitas?

A última vez que o telespectador viu The Fosters em setembro deste ano, Callie e A.J. estavam ajudando Ximena a se esconder numa igreja da polícia de imigração que, ao que tudo indica, queria lhe prender e “envia-la de volta”. Sabe-se que assim que a série retornar em janeiro, os três continuarão naquele lugar por mais algum tempo. O curioso é que tal situação abrirá a possibilidade para certos “ex-companheiros” colocarem a conversa em dia.

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.